Mustaine: "não somos tão grandes como eu gostaria"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Molina, Fonte: Rust In Page, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/06/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Michael Oliveira do The Canadian Press entrevistou Dave Mustaine. Confira abaixo alguns trechos da entrevista.

646 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosO futuro do Rock nacional: bandas autorais devem "se tocar"

Sobre como ele anda mais interessado em escrever como se sente sobre política, e não tratar de coisas mais sombrias que é algo tipico de letras no heavy metal:

"Quando você começa a falar sobre coisas intensas ou relacionadas à fantasias você começa a diminuir seu público. Tento cantar sobre coisas que todos passam e sentem."

"A maioria das pessoas não que ouvir sobre assassinatos, selvageria e brutalidade, ou sobre a maioria das coisas que algumas bandas cantam - O AC/DC toca na rádio por ser uma banda de rock'n'roll. Então poder tocar para um novo público é algo interessante para mim, poder me expôr para genêros diferentes."

"O intuito de bandas como DISTURBED e GODSMACK é serem popular e pesadas ao mesmo tempos, e são duas coisas que nós também somos."

Como a religião o ajudou a mudar sua vida e a remontar o Megadeth novamente há quase uma década atrás:

"Não somos tão grandes como gostaria que fossemos, mas tomei algumas decisões, tanto na minha vida pessoal quando como líder da banda e homens de negócios, que teriam sido decisões melhores se tivesse feito a opção contrária da que realmente tomei. Mas estou certamente 100% feliz com quem eu sou agora. Não quero soar como alguém amargo. Não me sinto infeliz com nada neste momento, estou tão feliz que nem consigo imaginar como minha vida era antes disso."

"Não queria estar em uma banda maior agora, estou totalmente feliz com quem eu sou."

Sobre o fim do contrato do MEGADETH com a Roadrunner Records e se a banda vai lançar álbuns por conta própria, como faz o Radiohead:

"Eu acho que o negócio das gravadoras é igual qualquer outro, irá se arrumar sozinho, o problema é que todos os porcos estavam no comando e eles tiveram o que mereciam. Músicos que dizem que não se importam, que dão as coisas de graça são estúpidos, nunca tiveram gana nenhuma.

"Se você pretende ir ao mundo e ser negligente e irresponsável e deixar que façam download de suas músicas de graça e não se importar, isso vai influenciar na sua longevidade."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Dave Mustaine classifica os guitarristas da banda

646 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa471 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3374 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Dave MustaineDave Mustaine
Existe uma música do Led Zeppelin que ele não suporta

Dave MustaineDave Mustaine
Ele ajudou o Metallica a entrar pro Hall da Fama

Exportando metalExportando metal
Músicos brasileiros que atuam ou já atuaram em bandas gringas

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

O futuro do Rock nacionalO futuro do Rock nacional
Bandas autorais devem "se tocar"

Guns N RosesGuns N' Roses
A trágica história do baixista fundador que morreu afogado

Judas PriestJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal!

5000 acessosGuitarristas: 15 músicos que provavelmente você não conhece5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosLGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais4347 acessosPantera: a verdadeira história por trás da capa do "Vulgar Display of Power"5000 acessosDream Theater e Guns N' Roses: 30 anos, uma no auge, já a outra...5000 acessosLucille chora sua viuvez: a história da guitarra de B.B. King

Sobre Daniel Molina

Nascido em 79, professor de inglês e tradutor. Conheci o metal e suas várias vertentes através de um amigo do meu irmão no final dos 80, onde em 89 acabei me deparando com Megadeth dentre os vinis que estava ouvindo e foi amor à primeira ouvida, uma paixão que dura 20 anos. Apaixonado por thrash metal, especialmente Bay Area e East Coast mas também aficcionado por NWOBHM, Hard e Death. Com o passar do tempo percebi que o rótulo é o que menos importa e sim o tipo de música que nos agrada, mas apesar de tudo, thrash sempre acima de tudo. Já trabalhei com vários sites, cobrindo shows e fazendo entrevistas mas sempre tocando a Rust In Page por amor ao Megadeth, e hoje além de dedicação total ao meu trabalho salvo bastante do meu tempo para manter a página rolando firme e forte e mantendo os Droogies brazucas informados.

Mais informações sobre Daniel Molina

Mais matérias de Daniel Molina no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online