Bret: "adoram fazer drama sobre o Poison e o Mötley Crüe"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/07/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

John Benson do The Vindicator entrevistou recentemente o vocalista do POISON Bret Michaels. Seguem alguns trechos da conversa.

1542 acessosLayne Staley: ele mudou nome do meio graças a Tommy Lee5000 acessosCapas de álbuns: algumas curiosidades e histórias

The Vindicator: Naturalmente 25 anos juntos é uma marca importante para vocês. Os fãs deveriam estar surpresos por vocês estarem comemorando abrindo shows para outra banda?

Bret: Tem sido incrível até agora estar em performance na turnê de verão com o MÖTLEY CRÜE e o NEW YORK DOLLS com a minha banda. Quando eu estava solo no último outono eu disse ao público, "Não seria legal o POISON and MÖTLEY fazerem uma turnê juntos?" E tudo aconteceu. É uma marca incrível para nós e ver todas essas gerações de fãs juntos é de pirar a cabeça e incrível. A energia que o público traz é ótima e isso, para mim, é a melhor sensação.

The Vindicator: Algumas lembranças engraçadas do MÖTLEY CRÜE de décadas atrás? Houve uma rivalidade entre as bandas?

Bret: Estamos nos divertindo demais e sempre nos divertimos. Quando nós estávamos começando era sempre divertido demais e cheio de pirotecnia e uma energia incrível. As pessoas gostam de ficar fazendo drama sobre o POISON e o MÖTLEY, mas honestamente somos apenas duas bandas levando música aos fãs.

The Vindicator: Já faz algum tempo que o POISON lançou material novo. Alguma idéia de quando os fãs podem esperar seu próximo álbum.

Bret: Não sei ao certo quando isso vai acontecer. Mas tenho certeza que vai acontecer algum dia. Eu adoro compor música, e eu adoro aqueles caras. Quando for o momento certo e a inspiração bater eu tenho certeza que vamos estar no estúdio juntos de novo. A música é, sem dúvida, o que me faz seguir em frente.

Leia a entrevista na íntegra (em inglês) no The Vindicator:
http://www.vindy.com/news/2011/jul/28/25-years-and-counting-...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Layne StaleyLayne Staley
Ele mudou nome do meio graças a Tommy Lee

743 acessosConsequence of Sound: 10 discos de Hair Metal que "não são ruins"1434 acessosHair Metal: dez álbuns que valem a pena485 acessosMötley Crüe: como crianças de hoje reagem ao som da banda?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motley Crue"

Mötley CrüeMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Rock e MetalRock e Metal
Algumas das exigências bizarras das turnês

Motley CrueMotley Crue
Joe Elliot explica comentários depreciativos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Poison"0 acessosTodas as matérias sobre "Motley Crue"

Capas de álbunsCapas de álbuns
A história das artes de alguns dos maiores clássicos

Bizarre MagazineBizarre Magazine
Quão bizarro é... Ronnie James Dio

SlayerSlayer
Quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista

5000 acessosSlayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo5000 acessosRock Cristão: as principais bandas nacionais5000 acessosSlipknot: Mick Thomson esfaqueado em briga com irmão3553 acessosIn Flames: conheça o 2112, bar dos membros do grupo5000 acessosFoo Fighters: baterista toca discografia da banda em 5 minutos5000 acessosZakk Wylde: "Quem quiser carreira longa, que imite Jimmy Page"

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online