Minuto HM: visitando a Exposição Let's Rock em São Paulo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eduardo Bianchi Rolim e Suellen Carvalho, Fonte: Minuto HM, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 13/04/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O Minuto HM esteve presente em duas oportunidades (06 e 08 de abril) na Exposição Let’s Rock, que começou no dia 04/abril/2012 na Oca (Parque do Ibirapuera), em São Paulo. A exposição pode ser conferida até 27/maio/2012.

5000 acessosAC/DC: setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose5000 acessosKing Diamond: o "Rei Satânico"

Na primeira oportunidade, de onde são as fotos ao final do post (exceção para a foto do Bruce, tirada no domingo), o local estava com uma fila grande aos que estavam comprando ingresso na hora. Já a retirada dos ingressos para quem tinha escolhido o canal internet foi bastante tranquila.

A entrada é por um corredor em forma de linha do tempo, iniciando na década de 50 e procurando mostrar os fatos mais marcantes dos períodos como, por exemplo, surgimento das bandas, lançamento de discos, shows emblemáticos e até mesmo as mortes dos artistas. A partir dos anos 60, vê-se uma grande preocupação da exposição em dar visibilidade também ao rock nacional, inclusive chegando a ocupar espaços que poderiam ser usados por outras bandas internacionais que, sinceramente, acabaram não tendo o devido espaço por ali.

Vale deixar claro que isso não significa, de maneira alguma, que o rock nacional não devesse sim estar por ali – e coisas como a Jovem Guarda / Rei Roberto Carlos (com seu clássico “É Proibido Fumar”), passando ao surgimento de outros ícones nacionais, como Raul, Titãs, Os Mutantes e até mesmo os Mamonas Assassinas marcaram presença. E apesar da exposição ser mais genérica quando falamos o termo “rock”, achamos lamentável a ausência de grandes nomes como Black Sabbath e Deep Purple por ali (apesar do Led Zeppelin estar representado em fatos como o lançamento do primeiro álbum e a morte de Bonham na década de 80).

A exposição segue com centenas de lindas fotos de artistas e bandas de rock, com um pouco de hard e metal. Há alguns pequenos probleminhas de logística em poucas fotos x legendas (por exemplo, uma foto do Iron Maiden no Rock in Rio 3, de 2001, identificada como Iron Maiden em 1996 – notavelmente uma legenda trocada com o Philips Monsters of Rock, ou ainda uma foto do Axl Rose onde a legenda diz que foi tirada no Rock in Rio 2, de 1991, mas que é na verdade uma foto dele no show em Brasília, em 2010 - nem dá para confundir isso, não? :-) ), mas nada que chegue a incomodar de verdade.

O espaço também conta com containers que servem como túneis ligando seções da exposição. Cada container possui referências a uma década específica também, começando nos anos 50. Outra coisa legal destes containers é curtir sons relacionados – muita gente aproveita para dançar curtir por ali, hehehe.

Há também uma parte da exposição com painéis, onde uma interessante seleção de itens de todos os tipos pode ser conferida, por exemplo, instrumentos, discos, autógrafos, revistas, posters, jornais, roupas e itens de colecionador em geral. Eles são classificados como “Heavy 80″, “Grunge”, “Progressivo”, “Alternativo”, “Invasão Britânica”, entre outros, além dos dedicados exclusivamente a algumas bandas. Apenas achamos que o Red Hot Chili Peppers estava deslocado na parte de “Heavy 80″ em detrimento a outros possíveis nomes desta década de ouro para o metal.

No último andar, há a “Experiência Let’s Rock”. Trata-se de uma parte mais multimídia, onde os presentes deitam em puffs e, com fones de ouvido, podem conferir rápidos clipes de bandas e trechos de shows projetados no teto arredondando do local. Entre eles, o riff de Seek & Destroy é marcante. :-)

Por fim, mais para a saída, há um stand da Tagima, que mostra um pouco da matéria-prima para se chegar ao resultado final de uma guitarra / baixo e, claro, onde o público pode aproveitar para se “envolver” mais com a marca, uma vez que há um espaço grande onde as pessoas podem plugar uma guitarra, por exemplo, em mini-amps e tocar usando fone de ouvidos. E, no melhor estilo parques norte-americanos, as pessoas saem da exposição por uma lojinha com camisetas, posters, CDs, DVDs e outros itens.

Curtir a exposição foi como fazer também uma mini-viagem pelos posts do blog. Como vocês podem conferir nas fotos abaixo, há vários assuntos que já cobrimos por aqui de uma forma ou outra como, por exemplo, a tour do Sabbath por aqui em 1992 ; o The Soundhouse Tapes ; o Philips Monsters of Rock de 1996 ; o show do Kiss em 1983 por nossas terras (mas na exposição fala-se do show no Estádio do Morumbi) ; os famosos M&M’s do Kiss ; Bob Gruen e sua importância no trabalho com o Kiss ; a invasão japonesa do Kiss, entre outros.

A exposição tenta abranger um pouco de cada estilo. Claro que há alguns pequenos “furos”, mas mesmo assim, é um passeio muito divertido a ser feito por todos nós, que apreciamos a boa música. O preço da exposição é justo, a organização em geral é boa e ainda há alguns dias onde palestras e até mesmo shows de bandas nacionais são realizados.

Para ver links dos assuntos acima mencionados e uma galeria de fotos exclusiva, acesse a matéria no Minuto HM:
http://minutohm.com/2012/04/11/minuto-hm-visita-a-exposicao-...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias

AC/DCAC/DC
Setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose

King DiamondKing Diamond
Ele é satanista, e não meramente marqueteiro

RacismoRacismo
Metalheads saem na porrada contra white-powers na Califórnia

5000 acessosEllen Jabour: Slayer, Metallica, Guns e Judas no seu Top105000 acessosMötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda5000 acessosAC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott5000 acessosMetallica: James Hetfield elege suas bandas de Thrash favoritas5000 acessosElvis não morreu: seria este o Rei do Rock agora em 2017?5000 acessosÁlbuns Conceituais: Loudwire elege o Top 10 do Metal

Sobre Eduardo Bianchi Rolim e Suellen Carvalho

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online