Steven Adler: mãe do batera conta sua trajetória em livro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Giovanni G. Melo, Fonte: Loudwire, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 03/07/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Steven Adler, ex baterista do GUNS N´ROSES, teve sua quota de altos e baixos ao longo de sua carreira. Desde a tumultuada separação da lendária banda para tratamento contra abuso de drogas, sua vida tem sido um verdadeiro passeio de montanha russa e, agora, alguém muito próximo do baterista pretende narrar sua jornada do ponto de vista pessoal.

824 acessosGuns N' Roses: visita dos músicos a Jerusalém é cancelada5000 acessosSeparados no nascimento: Phil Lynott e Tiririca

De acordo com o site Blabbermouth, no dia 28 de agosto, a mãe de Adler, Deanna Adler, planeja lançar um livro chamado "Sweet Child of Mine: Como perdi meu filho para o Guns n´Roses", que contará a história de ascensão e queda do filho do ponto de vista materno. O livro mostra como uma mãe vê seu filho se tornar membro de uma das bandas de rock mais famosas de todos os tempos e como ela lida com a auto-destruição que se seguiu.

Deanna fala sobre os problemas de Adler na juventude, sua ascensão ao estrelato e sua batalha pública contra o vício em drogas, além de suas batalhas judiciais, fracassos financeiros, dois ataques cardíacos, tentativas de suicídio, um AVC e as várias passagens do baterista por clínicas de reabilitação.

Apesar de Adler não se pronunciar sobre o livro, a obra está sendo encomendada incluindo cópias autografadas pelo baterista e por sua mãe, o que mostra que ele está de acordo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 03 de julho de 2012

Guns N RosesGuns N' Roses
Visita dos músicos a Jerusalém é cancelada após ataque terrorista

1427 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1573 acessosFabio Lima: 13 músicas pelo Guns N' Roses0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Guns N RosesGuns N' Roses
Dave Kushner acreditou que estaria em reunião

Guns N RosesGuns N' Roses
Assista os primórdios da banda em 1986

Guns N RosesGuns N' Roses
"Axl é um dos melhores frontmen e compositores!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
A bizarra semelhança de Phil Lynott e Tiririca

SaúdeSaúde
Mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

CensuraCensura
53 nomes que você não pode dizer em uma rádio

5000 acessosJames Hetfield: O equilíbrio entre Metallica e vida familiar5000 acessosLed Zeppelin: "Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?5000 acessosNamore um cara que goste de Metal5000 acessosRolling Stone: os cem maiores álbuns de Metal de todos os tempos5000 acessosSlash: falando dos comentários de Simmons, que o "rock morreu"5000 acessosScott Weiland: Duff McKagan salvou vocalista em outra época

Sobre Paulo Giovanni G. Melo

Mineiro de Belo Horizonte. Fã de Hard Rock e Heavy Metal, especialmente a partir dos anos 80, não dispensa um disco ao vivo destes estilos. Entre várias de suas bandas preferidas estão Ratt, Aerosmith, Buckcherry, The Cult, Whitesnake, Whitecross, Guns N´ Roses e Motley Crue.

Mais matérias de Paulo Giovanni G. Melo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online