WASP: Blackie Lawless deixa palco chorando

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O frontman/fundador do WASP, Blackie Lawless, caiu em prantos enquanto tocava ‘The Great Misconception of Me’, do álbum ‘The Crimson Idol’, num recente show do grupo em Tillburg. Lawless teria chorado por saber, pouco antes do show, que seu irmão Clifford falecera.

O vídeo com o ocorrido pode ser visto abaixo:

publicidade

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bob Kulick: causa da morte do guitarrista, enfim, é divulgada - e não foi suicídioBob Kulick
Causa da morte do guitarrista, enfim, é divulgada - e não foi suicídio

Rodz Online: Os 36 anos do álbum de estreia do WASP (vídeo)

Blackie Lawless: por que toda banda de rock após 1983 tem dívida com o Quiet RiotBlackie Lawless
Por que toda banda de rock após 1983 tem dívida com o Quiet Riot

Frankie Banali: baterista do Quiet Riot, W.A.S.P. e outros morre aos 68 anosFrankie Banali
Baterista do Quiet Riot, W.A.S.P. e outros morre aos 68 anos

Aquiles Priester: A trajetória coberta em entrevista à Revista FreakAquiles Priester
A trajetória coberta em entrevista à Revista Freak


Blackie Lawless: por que toda banda de rock após 1983 tem dívida com o Quiet RiotBlackie Lawless
Por que toda banda de rock após 1983 tem dívida com o Quiet Riot

Hard Rock: alguns dos clipes mais clichê do gêneroHard Rock
Alguns dos clipes mais clichê do gênero


Top 5: Os roqueiros mais chatos da históriaTop 5
Os roqueiros mais chatos da história

Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011Mayhem
Banda levou restos humanos para o palco em 2011


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin