Visual Kei: nazismo e cabeleiras no gênero mais extravagante do metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Willba Dissidente, Fonte: Leather Rebel Blog
Enviar correções  |  Comentários  | 

Quem assistiu ao documentário "Global Metal", 2008, de Sam Dunn, certamente notou, no segmento filmado no Japão, que os headbangers da Terra do Sol Nascente se dividem entre os que aprovam o subgênero do Visual Kei e os que os desprezam, como não sendo digno de ser chamado de Metal. Mas como definir esse tal de Visual Kei? A resposta pode ser encontrada no blog Leather Rebel, que após nos apresentar o improvável Dark Glam, fez uma listagem das bandas que o site considera as mais significativas do Visual Kei.

5000 acessosSilverchair: a história por trás da capa de Freak Show5000 acessosAerosmith: Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro

De acordo com o Leather Rebel, considera-se que o Visual Kei tenha começado com a banda X-JAPAN, que criou um estilo diferenciado, se baseando no movimento Dark Glam do Ocidente, em meados nos anos oitenta e dai tenha se espandindo. "A velha guarda do J-Rock e do Visual Kei combinam Speed Metal, Glam, Hard Rock, Heavy, Pop, Música Clássica, Punk Rock e outros estilos experimentais", num visual extravagante como o do Hair Metal, com direito a longos cabelos armados e coloridos, arrebites, botas e maquiagens andróginas, mas não sendo, necessariamente, temas soturnos, bizarros e sinistros, como no Dark Glam. Assim como os primeiros grupos do Metal japonês, os representantes do Visual Kei cantam em japonês, somente com os refrões e alguma outra palavra em inglês; não obstante os nomes da músicas, álbuns e bandas serem em inglês.

Confira abaixo as dez bandas elencadas pelo site Leather Rebel. Tomamos a liberdade de organizar a lista por ordem alfabética e acrescentar um vídeo de referência a cada grupo; além de algumas informações que achamos pertinentes.

01 . AFTER IMAGE

"Speed Metal neoclássico com teclado proeminente" é como pode ser definido som desde quarteto que durou entre 1993 e 1996 e nunca teve um baterista; nos shows eles usavam gravação da bateria. O grupo lançou uma demo, um EP e uma Fita VHS antes de encerrar as atividades e os membros migrarem para a banda AMADEUS. Ainda que curta, a existência o AFTER IMAGE conseguiu persistir na memória dos fãs.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

02 . AION

Começando a carreira em 1983, após uma infinidade de lançamentos, o AION atingiu o topo de sua popularidade com o quarto disco, um álbum auto-intitulado de 1992, que os tornou um dos grupos mais bem sucedidos do Visual Kei durante toda década de 1990. O grupo, que começou como Thrash Metal, foi migrando ao longo da carreira, passando pelo Power Metal e o Hard Rock. Ainda que não lance um disco de inéditas há dez anos, o AION continua na ativa.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

03 . LUNA SEA

Com carreira começada no início em 1989, o sucesso começou a bater na porta do LUNA SEA quando eles foram descobertos pelo finado Hide, guitarrista do X-JAPAN, em 1991, e assinaram contrato com o mesmo selo dele. Desde então, eles se tornaram uma das bandas mais populares do estilo, até o fim, em 2000. Contando com 14 singles e sete álbuns oficiais, o LUNA SEA passou na carreira por muito experimentalismo, indo do punk ao rock progressivo.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

04 . MEIN KAMPF

Tendo existido só no ano de 1985, o grupo que tem como nome a autobiografia de Adolf Hitler, usava a suástica em suas vestimentas de palco como uma forma de chocar a platéia. Classificados como "Speed Metal", quando a banca acabou, o guitarrista partiu para o AION e nunca mais se interessou pela imagem nazista (ainda que a política do regime autoritário nunca tenha aparecido nas letras do grupo).

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

05 . ROMMEL

Forte no Thrash Metal, esse é o segundo grupo do Visual Kei a usar a imagem nazista com o propósito de chocar o público, alegando que isso não influência na sua música. O ROMMEL durou dois anos, período em que lançou três demos.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

06 . ROSENFELD

Terceira e última banda da lista a usar suásticas como visual, o ROSENFELD surgiu em 1986, tomando o nome de uma pequena cidade alemã para o seu Speed Metal com vocais que beiram o Death Metal. Sobre os membros da banda usarem símbolos nazistas, o ROSENFELD se referia a isso como uma piada. "Olhe quão nazista eu pareço com esse cabelo e essa roupa". A banda teve dois discos oficiais (um de estúdio e o outro ao vivo), quatro demos e duas fitas VHS lançadas antes de encerrar as atividades em 1994.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

07 . TOKYO YANKEES

Surgidos em 1988, o grupo foi formado por dois ex-membros do ROMMEL (já sem a indumentária nazista), tendo lançado cinco discos de inéditas, um single, um EP, um dvd e uma coletânea. O Heavy Metal com vocais à la Lemmy do MOTÖRHEAD, foi bem popular no Japão entre 1991 e 1993. O TOKYO YANKEES acabou em 1995, voltando cinco anos depois e continuando tocando esporadicamente.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

08 . THE DEAD POP STARS

Formado em 1992 por um ex-integrante do ROSENFELD, que esteve no grupo até 2000, o THE DEAD POP STARS é mais conhecido pelo seu comportamento violento no palco do que pelo sua música, propriamente dita, que mescla Punk Rock com Heavy Metal. O grupo continua na ativa, lançando discos e se apresentando pelo underground.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

09 . VELLADONNA

Durando de 1997 a 2001, período em que lançou um disco de estúdio, quatro singles e duas demos, o VELLADONNA, assim como muitos outros grupos nessa lista, se dedicava ao Speed Metal. Ainda que esse estilo seja identificado quase que exclusivamente aos anos oitenta, o VELLADONNA lançou um bom disco em 1999.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

10 . X-JAPAN

Chegamos ao final com o grupo de rock mais popular do Japão. O X-JAPAN teve inúmeros lançamentos desde seu surgimento em 1982, batalhando para seis anos depois soltar seu debut. "Violência psicodélica, o crime do shock visual" é o slogan utilizado pela banda em seu terceiro disco, num chavão que acompanhou o grupo, que já passou por todos estilos de metal que existem, mais as músicas que podem ser combinadas com piano. Um dos muitos créditos da carreira do grupo, que também inclui algumas tragédias, é de ter sido a primeira banda a lotar o gigantesco estádio Tokyo Dome.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Site relacionado (em portugês):
http://pt.wikipedia.org/wiki/Visual_kei

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias

SilverchairSilverchair
A triste história por trás da capa do álbum Freak Show

AerosmithAerosmith
Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro

Iron MaidenIron Maiden
O pior momento de Bruce Dickinson no palco

5000 acessosCristina Scabbia: cantora fala sobre seus seios e Playboy5000 acessosOzzy Osbourne: comendo oferenda de macumba no Rock in Rio5000 acessosBlack Metal: o cotidiano fascinante dos fãs adolescentes4976 acessosArch Enemy: Jeff Hanneman nunca será esquecido, diz Gossow5000 acessosDave Mustaine: estou ficando melhor na guitarra graças a Kiko4574 acessosIron Maiden: vídeo dos bastidores da remasterização dos 15 álbuns

Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online