Judas Priest: Ian acha que as bandas de hoje não são versáteis

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em uma nova entrevista com o Music Feeds, o baixista do JUDAS PRIEST, Ian Hill, foi perguntado se alguma vez fica frustrado com o cliché de mete fechada dos metalheads: "Sempre esteve lá, não?", respondeu. "Eu acho que de certa forma, seres humanos são partidários, não são? Sim, você segue uma banda ou um time de futebol, ou um time de rugby."

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosAC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele continuou: "A coisa é que recentemente, bem, nos últimos 15 ou 20 anos, o metal meio que se fragmentou, não? Foi para diferentes locais. As bandas mais velhas, como nós mesmos ou o MAIDEN ou o SABBATH, nós somos bem versáteis. Nós fazíamos coisas que lhe faziam chorar e coisas que lhe deixavam assustado, e tudo que morava no meio disso. Mas hoje em dia, ou você é uma banda de speed metal ou uma banda de metal gótico ou grunge, e é tudo que eles fazem. Não que tenha algo errado com isso - não me entenda mal - mas não há versatilidade em uma banda nesse momento. A versatilidade está lá, mas está em diferentes locais."

Hill adicionou: "Eu acho que seria ótimo se uma banda pudesse chegar e não ter medo de fazer algo comercial, algo lento, uma balada. É tudo parte do metal ao fim do dia. Mas as únicas pessoas que fazem isso são as bandas mais velhas."

O músico também falou sobre como os membros do JUDAS PRIEST puderam evitar se tornarem cínicos ou gastos, mesmo após décadas de gravações e turnês. Ele disse: "Estagnação. Isso é algo para se evitar. Com cada álbum e turnê, nós sempre tentamos ficar um passo à frente de outras bandas. Bandas conseguem uma fórmula e sempre tentam fazê-la. As pessoas adoram. Nós nunca fizemos isso, sempre tentamos algo novo. [...] E eu acho que esse é nosso segredo para não ficarmos estagnados. Tentar seguir em frente."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Judas Priest"


Judas Priest: em vídeo, os dez maiores riffs da bandaJudas Priest
Em vídeo, os dez maiores riffs da banda

Tony Iommi: opiniões sobre Dio, Rhoads e HalfordTony Iommi
Opiniões sobre Dio, Rhoads e Halford


The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos

AC/DC: os últimos dias do vocalista Bon ScottAC/DC
Os últimos dias do vocalista Bon Scott


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336