Lyric Video: por que cada vez mais as bandas aderem?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Richard Navarro, Fonte: BMU / ASE Press Music
Enviar Correções  

O videoclipe sempre foi um das maiores cartões de visita e ferramentas de divulgação do trabalho dos artistas da indústria da música. Muitos de nós tivemos o primeiro contato com trabalho de nossos ídolos em seus clássicos clipes transmitidos em programas como os saudosos "Som Pop", "Clip Trip", "Realce", "Super Special" e o "Fúria Metal" da MTV. Normalmente, artistas já consagrados, ou aqueles cujas gravadoras providenciavam tal veiculação, coisas inerentes ao show business. No entanto, com o advento da tecnologia e o surgimento do Youtube, a coisa se tornou um pouco mais democrática, e permitiu que artistas independentes pudessem veicular seus clipes na plataforma de forma gratuita e expor sua arte ao mundo. E assim o Youtube se tornou a "nova TV", que permite que pessoas de todas as partes do planeta possam conhecer e assistir videoclipes de bandas e artistas de todas as partes do mundo, a qualquer momento, e quantas vezes quiser. Desta forma, o clipe se tornou provavelmente o maior veículo de divulgação do trabalho de uma banda, que associado à facilidade do Youtube e a poder das mídias sociais, aproximou o artista do público, quebrando monopólios e fugindo do eterno ciclo vicioso de se pagar "jabá" para rádios e TV aberta, que continua sendo privilégio dos peixes grandes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Considerando que o videoclipe é um formato audiovisual que deve vender a música e imagem do artista, no que diz respeito ao público de "boa música" (sobretudo Metal), a apresentação é algo que deve ser levado muito em conta. No entanto, produzir um clipe numa qualidade profissional requer equipamento, equipe, locação, roteiro e todo etc. Ou seja, tempo e custos, mesmo que seja tudo na base do "faça você mesmo". Talvez por isso, artistas do mundo todo resolveram apostar num novo formato para apresentar sua música internet afora: o prático e dinâmico "lyric video". Basicamente, um vídeo trazendo uma animação de letra e áudio da música em sincronia. Os tipos e níveis de "lyric video" são dos mais diversos, desde personalizar "templates" mais sofisticados, animando e distorcendo as letras conforme o ritmo e intensidade da música, até apresentações de forma mais trivial. Por exemplo, com uma imagem congelada ao fundo, imagens aleatórias em movimento, cenas da banda em estúdio e shows, e a letra no rodapé do vídeo no tempo da música, simplesmente, sem grandes animações.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entre as bandas brasileiras, o "lyric video" também vem se tornando popular, em estilos bem variados também. Conheça abaixo algumas bandas que investiram no formato, e o porquê da escolha ao invés do tradicional formato videoclipe:

"É um formato que me agrada, pois mexe com a imaginação e todos os sentidos de quem acompanha o vídeo pela primeira vez. Os ‘lyric videos’ são uma ferramenta maravilhosa para o público ter uma interação completa com a letra e a composição como um todo. É um modo de ouvir, ler, entender e assistir a música todos ao mesmo tempo. Imagino que muitas vezes em termos de entender a essência do que o artista realmente quis passar pode até ser mais fiel do que um videoclipe comum" (Guilherme de Siervi - Skyrion)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- Skyrion:

publicidade

"Ao invés de apenas soltar uma prévia do novo álbum, Guadalajara, no Soundcloud nós resolvemos fazer um ‘lyric video’, com a participação de Gisela Bacelar e direção de Priscilla Zamarioni. É curioso por que o vídeo, editado por Ângelo Capozzoli, tem um ar de videoclipe, traz uma filmagem com cara de cinema, mas é um vídeo com a letra da música Shine. A ferramenta é útil, serve para o seu propósito, mas é mais uma. Não descartaria jamais a gravação de um clipe propriamente dito" (Roger Lombardi - Goatlove)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- Goatlove:

"Como diz o ditado ‘uma imagem vale mais do que mil palavras’. Então esta imagem em movimento pode contar histórias, emocionar e engajar pessoas de uma maneira infinitamente mais poderosa do que as palavras e imagens paradas, ou simplesmente a música. Hoje o Youtube é a rede social que mais retém a atenção das pessoas. Sorte nossa pois temos uma ferramenta poderosa para divulgação, e isto faz com que o videoclipe e o ‘lyric video’ sejam tão importantes para o artista quanto a própria música" (Nuno Monteiro – Liar Symphony)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- Liar Symphony:

"Vejo como uma ótima e prática opção para o artista divulgar seu trabalho. Além do baixo custo, os ‘lyric videos’ proporcionam uma interessante interação com os fãs, com imagens da banda ou temáticas e revivendo o bom e velho sing along!!!" (Fabio Schneider – Dreadnox)

- Dreadnox:

"Acredito que tanto o ‘lyric video’ como o videoclipe são essenciais, pois unem música e imagem da banda sendo que a maioria das vezes o ‘lyric video’ tem um custo bem menor para o artista do que um videoclipe, possibilitando-o de ter mais material para o público conhecer ainda mais o seu trabalho" (Tiago Claro – Seventh Seal)

- Seventh Seal:

"Além do custo infinitamente menor do que um videoclipe, o ‘lyric video’ é a forma mais direta e rápida para lançar uma nova música e despertar o interesse das pessoas para o resto do material. E não é uma exclusividade das bandas brasileiras que, obviamente, tem um orçamento muito mais baixo que as grandes bandas estrangeiras e que são suportadas por uma gravadora. Grandes artistas tem usado esse novo formato para divulgar seus singles antes do lançamento dos álbuns. Chegou para ficar!" (Alexandre Grunheidt – Ancesttral)

- Ancesttral:

E você? O que acha dos "lyric videos" como forma de apresentar ou conhecer o trabalho de um artista?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da MarshallLindo Demais
Conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall

Guitarras e Baixos: Perguntas e RespostasGuitarras e Baixos
Perguntas e Respostas


Sobre Richard Navarro

Jornalista e Produtor de Eventos, responsável pelo festival ¨BMU¨ (Brasil Metal Union) e o antigo fanzine Heavy Melody. Foi co-fundador da Brasil Music Press, e por muitos anos colaborador oficial da revista Roadie Crew, onde se especializou em matérias com bandas nacionais.

Mais matérias de Richard Navarro no Whiplash.Net.

GooInArt Goo336 Cli336 WhiFin Goo336 Goo728 Cli336 Goo336