Skyrion: O top 11 dos melhores discos de Metal com vocal feminino

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Richard Navarro, Fonte: BMU / ASE Press Music
Enviar correções  |  Ver Acessos

Mulheres talentosas são destaque em todas as áreas, e no Heavy Metal não é diferente. Seja tocando um instrumento ou cantando, existem inúmeros exemplos de mulheres que servem de inspiração para muitos músicos e bandas que existem hoje. O grupo carioca de Heavy Metal Skyrion, que atualmente conta com a excelente Clarissa Moraes (ex Illustria), bebeu na fonte das grandes divas do Metal mundial. "Sempre fui fascinado por mulheres na música, é uma coisa que sai do lugar comum. Super interessante a energia que passam, principalmente na parte vocal. Os timbres e toda a sonoridade que agregam às composições me agradam muito. Em todas as suas variações, de Angela à Tarja", conta o guitarrista Guilherme de Siervi, um apaixonado por Metal com vocais femininos.

Noisecreep: os 10 clipes mais assustadores do heavy metalRed Hot Chili Peppers: as melhores músicas segundo o Loudwire

O líder do Skyrion elegeu seus dez favoritos álbuns de Heavy Metal, com mulheres nos vocais.

Mystery of Illusion - Chastain (1985): "Conheci a Leather via Luiz Syren, meu companheiro da minha outra banda, Syren. Esse é o primeiro registro dela com o Chastain. Cara, como gostei desse álbum! Que refrãos e riffs de guitarra que esse disco tem, maravilhosos! Metal puro, clássico e verdadeiro. Leather Lane junto com a Magali Luyten são na minha opinião as vocalistas mais injustiçadas dessa lista. Quem não conhece nenhuma das duas, por favor procure o material delas. Vale muito a pena!"

Triumph And Agony - Warlock (1987): "Clássico máximo do Warlock na minha opinião. Já começa com o vozeirão da Doro na cara, com aquele sotaquesão alemão, lindo! Metal tradicional direto com muita qualidade e bom gosto, não tem como não gostar. Você pode escutar esse disco hoje, mais de 20 anos depois, e ainda vai sentir a grande energia dele. Ouso dizer que não tem uma música ruim nesse disco!"

Wishmaster - Nightwish (2000): "Sei que muitos vão dizer que esse não é o melhor disco, com melhor produção e etc. Mas foi esse disco que me fez virar fã de verdade do Nightwish. A mistura do vocal lírico com os riffs de guitarra pesados e os teclados melódicos me cativou de verdade na época. Ouvi esse disco muito mesmo! As vezes ainda me pego cantando todas as melodias desse álbum. Sei elas de trás para frente até hoje!"

Decipher - After Forever (2001): "Disco que mais ouvi deles até hoje. O álbum que tem as músicas que mais gosto, arranjos muito marcantes. Esse álbum tem uma energia muito boa. Quando penso em Afterforever, já me ligo a esse disco automaticamente. As partes orquestradas desse álbum, harmonias e rítmicas são bem interessantes. Muito cativantes na minha opinião. Gosto muito do clima de todo o álbum!"

Comalies - Lacuna Coil (2002): "Muita gente pode ate falar que o 'Karmacode' é melhor. A produção é realmente mais legal, mais pesado também. Até entendo esse pensamento, mas o 'Comalies' tem um lance de nostalgia bem importante para mim, Músicas que marcaram muito a época. Aposto que 90% das pessoas que ouvem falar Lacuna Coil, vão cantarolar 'Swamped' na cabeça. Então acho vou optar por esse!"

The Phanom Agony - Epica (2003): "Imagino que é de opinião geral que esse é o álbum mais clássico deles, um álbum que marcou época que influenciou muita gente. É bem difícil você achar alguém que teve sua juventude nessa época que não tenha ouvido pelo menos uma música desse álbum ao menos uma vez, mesmo não curtindo o estilo. Além de contar com uma das vocalistas de metal mais carismáticas dessa lista e talvez de todos os tempos, por que não?!"

The Silent Force - Within Temptation (2004): "Se a Sandy entrasse em uma banda boa de Heavy Metal, você teria algo como o Within Temptation (rs). Mas, brincadeiras à parte, esse álbum é um primor. A produção é fantástica, as orquestrações são geniais, e são o destaque principal do álbum (as melhores de qualquer álbum dessa lista). O clima desse disco é mega cinematográfico, sensacional. Um item mais que obrigatório para qualquer pessoa que curta o gênero!"

Doomsday Machine - Arch Enemy (2005): "Que soco na cara! Muita porradaria e muito bom gosto nas melodias. Escolhi esse disco porque, na minha opinião, é o auge de bom gosto da banda. A produção é muito boa, composições muito boas, músicos fantásticos. Está tudo certo, não tem erros. Angela berrando igual um demônio, como sempre! Foi o disco que mais ouvi deles e imagino que ainda vai ser o que mais escutarei por muito tempo!"

The Unespected - Beautiful Sin (2006): "Tentei citar somente as bandas mais conhecidas, mas não tem como. O disco só pela voz da Magali Luyten já vale a pena, mas o álbum é muito bom mesmo. Para quem não conhece, recomendo demais! Meio na onda do Masterplan, Atvance: músicos super competentes, grandes guitarristas, além do digníssimo senhor Uli Kusch na batera. Um pena não terem muito material gravado!"

Halestorm - Halestorm (2009): "PUTA QUE PARIU... desculpem a expressão, mas não tem outra melhor para explicar o que é essa mulher cantando! Se existe uma versão feminina do Russel Allen (meu vocalista favorito hoje), é ela. Disco fantástico em todos os sentidos, produção top, composições top, bom gosto top. Se não ouviu isso ainda, vai correndo atrás dessa banda!"

Com "peso na consciência" de citar apenas dez clássicos, Guilherme de Siervi quebra o protocolo: "Estava vendo aqui meus CDs e achei um que tenho que incluir na lista de qualquer forma!"

Suicide by My Side - Sinergy (2002): "Basicamente é o Children of Bodom com um vocal feminino! Apesar da proposta aparentar ser mais leve, você vai notar que o álbum é bem pesado. Talvez o CD com arranjos mais técnicos dessa lista. As músicas são rápidas, pesadas e melódicas. A 'fritação' instrumental rola solta, super energia. Kimberly Goss, que tem um timbre diferente e super interessante, deixa esse trabalho ainda mais atrativo. Uma pena não terem muitos registros gravados!"

O músico ainda fez questão de acrescentar um adendo: "Os álbuns não estão em ranking de preferência, só coloquei em ordem cronológica. Menção honrosa para Battle Beast, Kttie, Otep e Cruciefied Barbara, que também gosto bastante. Mas como era pra ser um 'top 10', aqueles são os de cabeceira mesmo", conclui.

Apesar de ser o guitarrista de sua banda e não esconder sua preferência por vocais femininos, Guilherme também é um grande vocalista. O vídeo dele cantando "sem compromisso" o clássico "We All Die Young" da banda fictícia Steel Dragon, do filme Rock Star, deixa esse talento bem evidente. Confira:

No entanto, Guilherme confiou esse posto para a bela e excelente vocalista Clarissa Moraes, que acabou de gravar os vocais do novo CD do Skyrion. "The Edge", o segundo álbum do grupo, já está totalmente pronto, em negociação com uma gravadora no Japão. Enquanto prepara terreno para o lançamento no Brasil e na "Terra do Sol Nascente", o grupo acaba de colocar no ar um novo site, onde revela a belíssima capa e o nome das faixas de seu segundo trabalho oficial.

Acesse:
www.skyrion.net



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Skyrion"


Skyrion: O top 11 dos melhores discos de Metal com vocal femininoSkyrion
O top 11 dos melhores discos de Metal com vocal feminino

Lyric Video: por que cada vez mais as bandas aderem?Lyric Video
Por que cada vez mais as bandas aderem?


Noisecreep: os 10 clipes mais assustadores do heavy metalNoisecreep
Os 10 clipes mais assustadores do heavy metal

Red Hot Chili Peppers: as melhores músicas segundo o LoudwireRed Hot Chili Peppers
As melhores músicas segundo o Loudwire


Sobre Richard Navarro

Jornalista e Produtor de Eventos, responsável pelo festival ¨BMU¨ (Brasil Metal Union) e o antigo fanzine Heavy Melody. Foi co-fundador da Brasil Music Press, e por muitos anos colaborador oficial da revista Roadie Crew, onde se especializou em matérias com bandas nacionais.

Mais matérias de Richard Navarro no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin