Slash: ele não tem afinidade com Poison e cena glam metal anos 80

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Music Aficionado
Enviar Correções  

O guitarrista Slash voltou a falar sobre o seu malfadado teste para entrar no Poison, antes de ter se juntado ao Guns N' Roses, na década de 1980. Em entrevista a Leslie West (frontman do Mountain), publicada no site Music Aficionado, o músico do Guns N' Roses destacou que não tem afinidade com a banda que o rejeitou, nem com a cena hair metal de Hollywood, consagrada naqueles tempos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Sempre estava começando bandas e buscando pessoas para compor junto, mas nunca achava um cantor. Um cantor ruim faz uma boa banda soar terrível. Em certo ponto, esse cara, Matt (Smith), era o guitarrista original do Poison, uma banda com a qual eu não tinha a menor afinidade, me ligou e disse que estava saindo e voltaria para Pensilvânia. Precisavam de um substituto", contou Slash.

O músico revelou ter pensado por um tempo e, enfim, ter decidido "colocar o orgulho de lado". "Ao menos, eu estaria fazendo shows - eram a maior banda da Sunset Strip na época. Aprendi quatro músicas deles e saí para tocar com eles. Tínhamos uma grande diferença de opinião sobre tudo - imagem, roupas. Eu sabia que não funcionaria. Perguntaram se eu planejava usar jeans e camiseta no palco, e eu disse que sim", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Enquanto Slash saía de cena, C.C. DeVille aparecia. "Ele se maquiava, tinha seu cabelo todo feito, era o cara para aquela vaga. Bobby Dall (baixista) me ligou e disse que pegaram o cara, e eu não me surpreendi. Se tivesse dado certo e eu ficasse com a vaga, não teria durado muito tempo", disse.

Slash disse que o foco principal da cena glam metal de Hollywood não era "integridade musical". "Eles só queriam saber das roupas e da imagem. É isso que eu odiava em West Hollywood. O Guns N' Roses foi o resultado direto de nós odiando essa cena. Fomos atraídos por isso. Gostávamos dos Dolls, Bowie, Aerosmith e Stones da década de 1970. Não curtíamos delineador e roupas", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Robert Plant: quase saí do Led quando meu filho morreuRobert Plant
"quase saí do Led quando meu filho morreu"

Roger Moreira: resposta bem humorada a crítica no Agora é TardeRoger Moreira
Resposta bem humorada a "crítica" no Agora é Tarde


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336 CliIL Goo336 Goo336