Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemAndreas Kisser conta quais os dez álbuns que mudaram a sua vida

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"


Stamp

Mulheres: elas representam 50% dos novos guitarristas, diz estudo

Por Igor Miranda
Fonte: Rolling Stone
Em 17/10/18

Um estudo divulgado pela fabricante Fender apontou que as mulheres representam 50% dos novos aspirantes a guitarristas. A pesquisa foi realizada, em parceria com a Egg Strategy, com amostras representativas nos Estados Unidos e no Reino Unido. Outros detalhes, como dados de idade e informações demográficas, não foram revelados.

O resultado não surpreende as empresas fabricantes de guitarra - em 2015, outro estudo feito na América do Norte já havia indicado que as mulheres representavam 50% do mercado. Desde então, a própria Fender já tem adotado estratégias promocionais diferentes, como o lançamento de linhas de instrumentos mais atrativas para o sexo feminino, maior destaque para mulheres em campanhas de marketing e relacionamento mais estreito com artistas femininas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista ao site da revista Rolling Stone, o CEO da Fender, Andy Moooney, disse que o "fator Taylor Swift" já não é mais tão representativo nos dados obtidos pela pesquisa. A cantora pop é citada com frequência como uma grande inspiração para que aspirantes a guitarristas procurem o instrumento pela primeira vez, já que é - ou era - comum vê-la no palco com guitarras ou violões.

"Havia a crença sobre o que as pessoas chamam de 'fator Taylor Swift', talvez transformando esses 50% em algo de curto prazo e fora da curva. Na verdade, não é assim. Taylor seguiu em frente, acho que está tocando menos guitarra no palco do que tocava antes. No entanto, jovens mulheres ainda estão guiando 50% das novas vendas de guitarra. O fenômeno parece ter pernas próprias e está acontecendo no mundo todo", disse o CEO.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O estudo também revelou que:

- 72% dos novos guitarristas procuram o instrumento para ganhar uma nova habilidade;

- 61% dos novos guitarristas apenas querem aprender a tocar músicas para si próprio ou com amigos e familiares, em vez de transformar isso em algo grande;

- 42% dos novos guitarristas veem a guitarra como parte de sua identidade.

Com isso, os responsáveis pela pesquisa interpretaram que a persistência da guitarra no mercado está muito relacionada em tê-la como "uma ferramenta educacional e social". Os analistas enxergam dessa forma porque o rock está cada vez menos popular, tendo perdido o seu posto para gêneros como o hip hop - ou seja, a ideia de comprar um instrumento para "tentar se tornar um rockstar" está cada vez menos em prática.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.