The Secret Society: Rites of Fire oficialmente lançado

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Batalha, Fonte: ASE Music, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O The Secret Society, que apresentou oficialmente o álbum de estreia, "Rites of Fire", com um show na "Horror Expo 2019" abrindo para os suecos do Deathstars, disponibilizou o material, lançado pela Red Records, nas plataformas de streaming. O trio curitibano formado por Guto Diaz (vocal e baixo), Fabiano Cavassin (guitarra) e Orlando Custódio (bateria), que pratica um som mesclando a união de elementos de pós-punk, death rock, gothic, metal e hard rock, havia antecipado o lançamento com clipe para "Rubicon", primeiro single extraído do debut.

Seguidores do Demônio: as 10 bandas mais perigosas do mundoRunaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley

Veja o clipe de "Rubicon":

Produzido pelo arranjador Luciano Nunes em conjunto com a banda, "Rites of Fire" foi gravado entre maio e agosto no Nico's Studio e no The Secret Bunker, em Curitiba (PR), contando com mixagem e masterização a cargo de Adriano Daga (Malta). A arte da capa foi desenvolvida por Alysson Pugas e as fotografias são de Dani Durães. O álbum preserva a essência musical do trio, que tem nomes como Killing Joke, Danzig, The Sisters of Mercy, The Cult, Bauhaus, Paradise Lost, The Mission, Joy Division, Christian Death e Nick Cave, entre as suas referências.

O grupo, que passou por apuros em Santiago (CHI) e teve o show, que seria realizado em 20 de outubro ao lado da finlandesa Tarja Turunen, cancelado, se prepara para mais um giro pela América do Sul, agora ao lado da lenda The Sisters of Mercy. "Apresentar as músicas de 'Rites of Fire' abrindo para uma grande referência como o The Sisters of Mercy é algo indescritível. Tem tudo a ver conosco", comemorou Guto Diaz. "Nós passamos por momentos de tensão em Santiago e vimos de perto as manifestações da população. O governo estipulou toque de recolher e colocou um enorme contingente de 'carabineros' e o exército nas ruas. Nosso hotel estava bem próximo da principal avenida de Santiago, e, apesar de termos sido orientados a não deixar o hotel, decidimos ir conferir de perto os protestos. Pudemos acompanhar a movimentação dos manifestantes e a ação dos homens, tanques e caminhões do exército jogando jatos de água com gás lacrimogêneo para dispersá-los. Foi uma pena o cancelamento do show, mas compreendemos a importância desses protestos e damos nosso total apoio. Foi muito emblemático com o lançamento de 'Rites of Fire' termos vivenciado esse momento histórico para o Chile", acrescentou o vocalista e baixista.

Facebook:
facebook.com/wearethesecretsociety

Foto: Daniele Durães



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Secret Society"


Seguidores do Demônio: as 10 bandas mais perigosas do mundoSeguidores do Demônio
As 10 bandas mais perigosas do mundo

Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim FowleyRunaways
Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley


Sobre Ricardo Batalha

Ricardo Batalha, formado em Direito pela FMU, é um dos diretores da empresa ASE Press, integra o conselho editorial do Jornal Momento Notícias e vem trabalhando de forma fixa na Revista Roadie Crew desde 1996. Começou editando os fanzines Deathcore e Silent Rage e se tornou uma biblioteca do Metal brasileiro, colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao Heavy/Rock desde os anos 1980. Suas bandas preferidas são Black Sabbath, Judas Priest e Accept, mas nunca escondeu a predileção pelo Hard Rock dos anos 80, especialmente o Ratt.

Mais matérias de Ricardo Batalha no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336