Jethro Tull: Martin Barre em entrevista sobre turnê brasileira

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Molina, Fonte: ROCK BEER - BEM PARANÁ
Enviar correções  |  Ver Acessos

Integrante da formação clássica do Jethro Tull, o guitarrista Martin Barre estará em Curitiba no dia 06 de março para celebrar o aniversário de 50 anos da banda. O show que será realizado no Tork 'N Roll, contará com um set list especial que vai priorizar os primeiros álbuns do grupo, com foco no blues, hard rock e no conhecido rock progressivo que consagrou o Jethro Tull.

Ian Anderson: Resenha do álbum pop em que ele toca flauta (vídeo)Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outra curiosidade é a presença de importantes nomes do rock em âmbito mundial. Vai acompanhar Martin Barre a tecladista Dee Palmer, que esteve com o Jethro Tull durante anos (incluindo a fase inicial) e Adam Wakeman, tecladista que acompanhou o Black Sabbath e filho do consagrado ex-tecladista do Yes, Rick Wakeman. Liderada por Barre, a banda ainda é composta por Dan Crisp (vocal), Alan Thompson (baixo) e Darby Todd (bateria).

Além de Curitiba, o show "50 Anos do Jethro Tull com Martin Barre" acontecerá em São Paulo (05 de março no Espaço das América), Rio de Janeiro (08 de março no Vivo Rio) e Belo Horizonte (10 de março no Sesc Palladium).

Antes de Martin Barre vir ao Brasil, tivemos a oportunidade de conversar com o músico sobre como vai ser o show, os álbuns do Jethro Tull e a carreira solo. Confira:

Curitiba terá o privilégio de receber esta bela homenagem ao Jethro Tull. Como será essa celebração de 50 anos? Quais fases da banda serão lembradas?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tocaremos as faixas mais amadas dos 50 anos de Tull. Há músicas incríveis e nos divertimos muito decidindo sobre a escolha das canções.

O show contará com participações especiais de convidados. Você pode dizer quem são esses convidados? Que papel eles tiveram na banda e em seu trabalho principal?

Os principais membros apresentados são eu e Dee Palmer. As partes da guitarra na música de Tull foram a base do som e da personalidade da banda. Dee escreveu todas as partes das cordas ao longo de muitos álbuns importantes e tocou ao vivo por muitos anos. Sua personalidade se tornou uma característica da banda. Alan Wakeman é filho de Rick Wakeman e, sob todos os aspectos, é incrível nos teclados; ele tocará as partes de órgão de piano Hammond que originalmente foram tocadas por John Evan.

Como surgiu essa ideia de honrar o Jethro Tull com a participação de ex-membros e o que o motivou?

Ninguém fez justiça à lenda que é a Jethro Tull Band, eu não podia deixar essa música importante adormecida em um mundo de grandes bandas ... Ela merece ser ouvida de uma forma tão boa ou melhor que o original.

Quando o Jethro Tull é mencionado, sempre é lembrado pelos álbuns clássicos "Aqualung" e "Thick As A Brick". Existe algum outro álbum que você considere tão importante quanto esse e por quê?

Apresentamos fortemente os álbuns iniciais, que eu acho realmente clássicos, como "Stand Up" and "Benefit", e tocamos músicas de "Songs From The Wood" e "Heavy Horses", pois esses são conceitos inovadores ... Todos os álbuns de Tull têm um lugar na história e eu olho para todos os anos de gravações e encontro coisas incríveis em todos eles.

Qual álbum é o seu favorito do Jethro Tull?

"Benefit". Definiu uma era na música e na reprodução. Ainda está à frente de todas as músicas.

Você esteve com Jethro Tull fazendo show em Curitiba em algumas ocasiões. Lembra-se de alguma apresentação que foi notável?

Todas as minhas memórias da América do Sul são muito preciosas; foram necessários muitos anos para ter a oportunidade de retornar e me lembrar de como os fãs são especiais! Estou muito animado por voltar!

Paralelamente à carreira do Jethro Tull, você construiu uma carreira solo. Quais álbuns você destaca?

Meu último álbum solo é: "Roads less Traveled" e é o meu melhor trabalho até agora ... Adoro escrever e sempre me esforçarei para ser melhor. Acho que é uma maneira perfeita de expressar minha guitarra tocando dentro de minhas músicas.

Qual estilo de música o influenciou mais na criação do rock progressivo do Jethro Tull?

Sempre ouvimos todos os estilos de música de todas as nacionalidades e gêneros, achamos muito importante inspirar-nos em todos que escrevem e tocam música. Dessa forma, temos total liberdade e total capacidade de fazer nosso próprio caminho na música. Ser único é uma ambição muito difícil, mas nunca tivemos medo de tentar e de nos aventurarmos em todas as direções e nossos maravilhosos fãs mantiveram sua fé em tudo.

ENTREVISTA: André Molina
FOTO: site Martin Barre




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Jethro Tull"


Ian Anderson: Resenha do álbum pop em que ele toca flauta (vídeo)

Jethro Tull: Ian Anderson solta comunicado sobre nome da banda para evitar confusõesJethro Tull
Ian Anderson solta comunicado sobre nome da banda para evitar confusões

Ian Anderson: comunicado sobre utilização do nome e shows com repertório do Jethro TullIan Anderson
Comunicado sobre utilização do nome e shows com repertório do Jethro Tull

Ian Anderson: Ouça colaboração com famoso astro synthpop dos anos 80

Steve Harris: A lenda do Rock que ele tem medo de encontrar e agir como um fã bobãoSteve Harris
A lenda do Rock que ele tem medo de encontrar e agir como um fã bobão

Ian Anderson e Jethro Tull: Anúncio oficial da turnê The Prog Years no Brasil em JunhoIan Anderson e Jethro Tull
Anúncio oficial da turnê The Prog Years no Brasil em Junho

Jethro Tull: banda de Ian Anderson virá ao Brasil em 2020Jethro Tull
Banda de Ian Anderson virá ao Brasil em 2020

Jethro Tull: membros da formação clássica vem ao Brasil sem Ian AndersonJethro Tull: Stormwatch será relançado em edição sextupla

Jethro Tull: Ian Anderson viu Elvis chapado no show e não quis ir conhecê-loJethro Tull
Ian Anderson viu Elvis chapado no show e não quis ir conhecê-lo

ELF: ouça Dio cantando Aqualung do Jethro TullELF
Ouça Dio cantando "Aqualung" do Jethro Tull

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuaisLGBT
Confira alguns músicos que não são heterossexuais


Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

De AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rockDe AC/DC a ZZ Top
Origens dos nomes de bandas e artistas de rock


Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina no Whiplash.Net.

adClio336 adClioIL adClio336 adClioIL