RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Summer Breeze

Eric Clapton: passado de alcoolismo, racismo e estupro ressurge após falas anti-vacina

Por Emanuel Seagal
Postado em 26 de julho de 2021

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

As opiniões do guitarrista Eric Clapton há algum tempo estão colocando o músico nos holofotes de forma negativa, visto seus comentários anti vacina e afirmações sem comprovação científica. Seu recente anúncio de que não iria se apresentar em locais que exigissem comprovante de vacinação também não foi recebido bem por muita gente, ainda mais ao utilizar o termo "discriminação" no anúncio, que foi um convite para muitos lembrarem o passado controverso do cantor, seus comentários racistas e outros episódios.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eric Clapton: guitarrista não vai mais tocar onde se exige comprovante de vacinação

Eric Clapton: detonado por Ginger, Alex Skolnick e outros; "uma vez FDP, sempre FDP"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A jornalista Virginia Heffernan do Los Angeles Times escreveu o artigo "Clapton não é Deus, apenas outro vil anti vacina" que está parcialmente transcrito abaixo. Entre os momentos que Clapton "pisou na bola" citados pela jornalista estão a associação de Jimi Hendrix à um fetiche sexual, seu discurso racista em um show, e a vez que o músico admitiu estuprar sua ex-esposa.

"Clapton, de 76 anos, foi notícia esta semana - não por causa do rock, mas por sua retórica anti vacina irresponsável. Sua posição perigosa em relação às vacinas forçou mais uma conversa sobre a importância de "separar a música do homem" . Os fãs começaram a argumentar novamente que Eric Clapton era um Michelangelo na música com canções como 'Layla', 'Cocaine' e 'Wonderful Tonight', e que sua má conduta nunca os fará questionar seu trabalho. Alguns parecem ainda ter internalizado o credo de que 'Clapton é Deus' - aparentemente sem saber que o próprio Clapton sugeriu que o meme, que foi pintado em spray por toda Londres em meados da década de 1960, foi inventado por um promotor do Yardbirds.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

[...]

No caso de Clapton, a música e o homem são um e o mesmo - performances arrogantes de "iconoclastia" que atraem principalmente mentes jovens e inseguras, que desejam heróis fora da lei. O pacote Clapton atingiu o ponto em um certo estágio hormonal da vida. Mas então você supera isso, especialmente à medida que tanto a música quanto a personalidade se deterioram.

Ao longo da pandemia, Clapton se uniu às críticas ao lockdown do COVID-19, como se os governos fossem apenas pais da década de 1960 castigando seus filhos por fumarem maconha.

Ele tocou em uma faixa anti-lockdown do colega negador da ciência Van Morrison. Então começou a citar malucos e vídeos do YouTube como evidência de conspirações em torno da pandemia.

Mas Clapton também escolheu ser vacinado. (É quase como se ele não quisesse contrair uma doença mortal.)

[...]

A nostalgia impede que Clapton, o herói da guitarra, seja considerado um perigo para a saúde pública. Ele deveria ter sido puxado de seu pedestal há muito tempo. Quase desde o início, Clapton se revelou racista, violento e agora anticientífico, e você não pode separar isso do pacote "Clapton é Deus".

[...]

Houve aquela época em 1968 em que Clapton falou de Jimi Hendrix na Rolling Stone, usando termos racistas vulgares como a fonte do apelo de Hendrix e o chamando de objeto de fetiche sexual.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Houve uma época em 1976 em que Clapton anunciou em um show, novamente com termos racistas, que queria "manter a Grã-Bretanha branca" e deportar todos os negros.

E é claro que houve um momento em 1999 em que Clapton disse ao London Sunday Times que, movido a drogas e álcool, ele abusou da modelo e fotógrafa Pattie Boyd nos anos 1980, quando se casaram. "Fiz sexo com minha esposa à força e pensei que era meu direito", disse ele.

Agora Clapton, com sua ideologia perigosa sobre a vacina parece estar tomando uma questão de saúde pública de vida ou morte à força, e pensando que é seu direito."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Eric Clapton - As opiniões polêmicas na pandemia

Eric Clapton: ele apoia Van Morrison, critica isolamento e pede ajuda a quem faz shows

Eric Clapton: guitarrista lançará música contra lockdown com Van Morrison

Eric Clapton: sem evidências, ele diz que vacina contra Covid pode afetar fertilidade

Eric Clapton: ele diz que foi relegado pelos amigos por opiniões sobre a pandemia

Eric Clapton: guitarrista não vai mais tocar onde se exige comprovante de vacinação

Eric Clapton: detonado por Ginger, Alex Skolnick e outros; "uma vez FDP, sempre FDP"

Todas as matérias sobre "Eric Clapton - As opiniões polêmicas na pandemia"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Música Fácil: 3 músicas fáceis que você toca errado na guitarra


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.
Mais matérias de Emanuel Seagal.