Matérias Mais Lidas

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemSe vira nos 30: Andre Matos tomou cano de produtor e fez milagre pra agradar fãs

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemO comportamento de Kirk Hammett que facilitou o trabalho de seu professor Joe Satriani

imagemApós resposta de Malmsteen, Jeff Scott Soto rebate guitarrista e diz que deseja paz

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemDaniel Cavanagh, do Anathema, sobrevive a tentativa de suicídio


Rafael Bittencourt diz que parte do conceito do Manowar é a intolerância

Por Mateus Ribeiro
Em 17/01/22

O músico Rafael Bittencourt, guitarrista da banda Angra, recentemente concedeu entrevista ao podcast Ibagenscast. Durante a conversa, o apresentador Caio Maranho falou a respeito do comportamento do headbanger, que não costuma dar atenção para outros estilos musicais que não sejam o heavy metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Caio perguntou para Rafael se o comportamento segregador do fã de metal prejudicou bandas de heavy metal com propostas inovadoras. "Sim, sim. Eu acho que tudo revolve ao redor do tema insegurança, né? Porque essa introspecção tem a ver com a insegurança (...) O grupo se segregar tem a ver também com o indivíduo ser mais introspectivo e tudo o mais (...). Eu também tive isso, quer dizer, quando moleque, eu sei muito bem o que é ser um jovem metaleiro, porque eu fui boa parte da minha vida, né? Agora não pode dizer que sou jovem e [é] muito diferente a maneira que me relaciono com o heavy metal, porque depois de um tempo, muda, né? Mas [o heavy metal] não deixa de ser importante pra mim", respondeu o músico, em trecho transcrito por Mateus Ribeiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rafael complementou sua resposta, afirmando que a "casca" do metaleiro faz com que bandas desistam de tentar mudar algo na sonoridade. "O que eu acho é que nessa insegurança, nessa intolerância, nessa segregação que você falou, eles [os fãs de metal] são também muito cruéis, né? Eles são, muitas vezes muito impulsivos na opinião, uma opinião que é dada sem pensar e uma crueldade também um com o outro. E aí o que acontece? As bandas ficam inseguras de arriscar, inseguras de serem criticadas e aí acaba que a maioria das bandas começa a obedecer a protocolos e molduras e formatos, pré-estabelecidos, poucas realmente têm coragem pra arriscar".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na sequência, o guitarrista explanou seu ponto de vista citando a relação fã-banda mais emblemática do metal. "E se você pegar o Manowar, que é um dos grandes expoentes do power metal, ou criadores do power metal, eles... parte da ideologia deles, parte do conceito da banda é a intolerância, né? É o ‘true metal’, é o metal de verdade e tal, e é uma postura intolerante já partindo da própria banda. Então assim, o power metal tem um pouco isso. É difícil você mesclar dentro do power metal, porque no momento que você mescla, já não é mais power metal".

Segundo Rafael, a soma de todos os fatores acima mencionados resultou no enfraquecimento do gênero musical conhecido como metal melódico. "O power metal na sua essência, ele tem umas regrinhas pra você seguir que são muito fechadas. No momento que você começa a misturar [elementos de outras vertentes], vão falar "influencias progressivas, influências étnicas’, etc. Então, o que que aconteceu é que o próprio power metal se enfraqueceu no mundo".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O vídeo com o corte completo pode ser assistido no player a seguir.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.