RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de "Gita"

imagemRodinha de mosh gigantesca em show do System of a Down viraliza e impressiona

imagemQuem ganhou e quem devia ter ganhado o Grammy de metal desde 1989, segundo Loudwire

imagemVeja o que esperar da turnê do Mayhem no Brasil

imagemJimmy Page diz não haver gênio no rock - mas um gênio fez ele se contradizer

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemAs 20 melhores músicas do Nightwish, em lista da Metal Hammer

imagemA reação de King Diamond ao ouvir Metallica tocando músicas do Mercyful Fate

imagemRússia pede para que Roger Waters fale com a ONU sobre a situação da Ucrânia

imagemA opinião de Humberto Gessinger sobre movimentos separatistas da região Sul do Brasil

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemIron Maiden está atrás de George Michael e Cyndi Lauper em votação do Rock Hall Of Fame

imagemO ponto fraco de Yngwie Malmsteen segundo Ronnie James Dio, em 1985


Stamp

Halford relembra polêmico show supervisionado por oficial; "hoje seríamos cancelados"

Por Emanuel Seagal
Postado em 13 de janeiro de 2022

Patrick Prince, da revista Goldmine, entrevistou Rob Halford, em matéria que promove "Reflections: 50 Heavy Metal Years of Music", um box set de 42 CDs da carreira do Judas Priest. No bate-papo Rob Halford falou, entre outros assuntos, sobre os polêmicos shows na turnê do "British Steel". Confira alguns trechos da entrevista abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Goldmine: "Vocês realmente começaram a se encontrar com o álbum "Sad Wings of Destiny". Acho que foi quando a banda começou a descobrir sua própria identidade naquele álbum, certo?"

Rob Halford: "Aprendizado rápido. Aprendizado realmente rápido. Sim, pegamos essa experiência de fazer o primeiro disco e percebemos que se você não pegar as rédeas logo no início, você pode ser levado a lugares diferentes por produtores, por gravadoras; eles vão literalmente, não exatamente sequestrar você, em suas mentes eles estão fazendo o melhor trabalho pra você, mas podes perder o controle. Então quando fizemos o segundo disco, que acredito que co-produzimos, sabíamos o que queríamos fazer. Sabíamos pela experiência anterior; sabíamos o que queríamos que saísse dos alto-falantes no estúdio enquanto estávamos gravando. E, claro, tivemos, novamente, em termos de músicas, as músicas que se tornaram clássicos do heavy metal. Saímos da segunda sessão para esse disco em um lugar muito melhor."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Goldmine: "E há duas faixas lá, 'Genocide" e 'Tyrant" — e o álbum 'Unleashed in the East' atestará isso — essas músicas foram, por um tempo, clássicos ao vivo. Eventualmente vocês as abandonaram, mas essas músicas são incríveis ao vivo."

Rob Halford: "Nós não tocamos 'Tyrant' na turnê Firepower"?

Goldmine: "Sim, mas seria bom ter 'Genocide' de volta ao set list."

Rob Halford: "Sabe, nós tínhamos 'Genocide' na lista para esta turnê de 50.º aniversário, e há uma chance de tocarmos em algum momento."

Goldmine: "Acredito que a última vez que vocês tocaram foi na turnê do 'British Steel', e você saiu com uma metralhadora, e isso causou polêmica."

Rob Halford: "Não poderíamos fazer isso agora. Seríamos cancelados, e pelas razões certas. Sim. A metralhadora foi outro dos meus momentos 'tenho uma ótima ideia, pessoal'. Mas era uma referência a, você sabe, um horrível massacre genocida, e nós a usamos para a plataforma dessa música."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2010, em outra entrevista realizada pela Goldmine, desta vez por Pat Prince, Rob Halford deu mais detalhes da controversa ideia de usar uma metralhadora ao vivo:

"Era uma verdadeira metralhadora cheia de balas de festim. Sim, e eu tive essa ideia, no final de 'Genocide', ela fala de genocídio, então eu achei que seria muito legal no final da música pegar a metralhadora (risos) e atirar na galera. E todos pensaram 'Você está louco, caralho?' Na verdade, pegamos uma metralhadora de verdade e um cara nos acompanhou na turnê (para verificar e carregar). Era uma metralhadora completa, uma coisa tipo John Dillinger, e claro, um oficial dos bombeiros vinha e checava a arma sendo carregada e entregada a mim."

"Há uma foto muito famosa minha com aquela metralhadora. Estou atirando e você pode ver as cápsulas saindo, a fumaça e tal. Eu lembro de fazer isso no Palladium, em Nova York, e foi constrangedor porque não funcionou, já que ela às vezes travava."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.
Mais matérias de Emanuel Seagal.