Matérias Mais Lidas

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemO dia que Digão assistiu ensaio da Legião Urbana sem saber que era a banda

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemUriah Heep: a audição de David Coverdale para substituir David Byron

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagemDicionário do Metal: cinco bandas com a letra A

imagemAerosmith cancela segundo show após Steven Tyler adoecer

imagemO malévolo King Diamond registra encontro com Michael Sweet, ícone do rock cristão

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagem"Houve muita escuridão em minha vida", afirma James Hetfield

imagemPaulo Baron e o artista famoso que é roqueiro e admitiu fazer música pop para vender


Samael Hypocrisy
Stamp

Ritchie Blackmore em 2018: "Eu gostaria de fazer um show com o Deep Purple"

Por André Garcia
Postado em 25 de setembro de 2022

O Deep Purple foi formado por Ritchie Blackmore em 1968, e fez sucesso nos anos 70 com a entrada de Ian Gillan e Roger Glover. Foi essa formação, apelidada MK II, que lançou clássicos como "In Rock" (1970), "Machine Head" e "Made in Japan"(ambos de 1972), que levaram a banda ao estrelato e influenciou o surgimento do heavy metal.

Foto: Divulgação - Spotify
Foto: Divulgação - Spotify

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No entanto, o MK II sempre foi marcado pelos constantes atritos entre Gillan e Blackmore, que só chegaram ao fim com a saída em definitivo do guitarrista em 1993. Conforme publicado pela Planet Radio, em entrevista de 2021, o vocalista revelou que sua relação com o fundador da banda melhorou com o passar do tempo desde que eles seguiram caminhos separados.

Entretanto, Ian deixou claro que uma reunião estava fora de cogitação: "Acredito que, provavelmente, tão tarde em nossas carreiras, e com as coisas fluindo tão agradavelmente para a banda, [o retorno de Ritchie Blackmore] seria um circo, seria uma distração de tudo que estamos fazendo, sinceramente. Não seria nada divertido. A gente não funciona mais desse jeito."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Três anos antes, no documentário Memories In Rock II, o guitarrista revelou que desejou se reunir com o Deep Purple para uma apresentação única:

"Eu gostaria de fazer um show com o resto do Deep Purple, só para provar que nós não nos odiamos. Só fazer aquilo e dizer: 'Aí, todo mundo… é uma apresentação única para os fãs que gostam da formação MK II.' Essa era a minha ideia original, mas quando se trata dos empresários do Deep Purple, fica complicado. Eles querem dinheiro por isso, por aquilo…"

"Então não é como você ligar para seus velhos amigos e simplesmente dizer: 'Aí, vamos nos divertir e tocar! Muitos fãs vão querer ouvir. Quando se tem empresários, agentes e produtores envolvidos, fica tão complicado que todo mundo dá para trás dizendo 'É complicado demais'."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vale lembrar que, mesmo caso Blackmore tivesse conseguido realizar seu desejo, aquilo não teria sido de fato uma reunião da formação MK II. Afinal de contas, o tecladista Jon Lord morreu em 2012.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lars Ulrich poderia tocar músicas do Rush com Geddy Lee e Alex Lifeson?

Deep Purple: Ian Gillan lamenta morte de esposa, com quem estava casado há 38 anos

Deep Purple: Ian Gillan detona bandas que usam playback ao vivo

Cinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

Ian Gillan diz que ficou desapontado com "Born Again" e jogou álbum pela janela do carro

Ritchie Blackmore sobre Jimmy Page em 1962: "Sabia que ele seria alguém"

Ian Gillan diz que Blackmore é um pé no saco e manda reunião para o espaço

Judas Priest: "Stained Class" é um dos discos mais sinistros da banda

Judas Priest: "Sad Wings of Destiny" definiu as principais características do heavy metal

Cinco nomes do rock e do metal que morreram antes dos 30 anos - Parte I

Deep Purple: Ian Gillan compara Ritchie Blackmore a "ex-esposa que não queremos de volta"

Cinco músicas lançadas há mais de 50 anos que continuam fazendo sucesso

Como o maior riff da história do Rock foi roubado do Brasil

James LaBrie diz que "Machine Head" é o maior álbum de metal de todos os tempos

Para Ritchie Blackmore, o Deep Purple ficou "meio monocórdico" antes de sua saída

Deep Purple: os álbuns da banda, do pior para o melhor

Álbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rock

Ritchie Blackmore: odeia felicidade, diz que sorrir não é natural

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Os dez maiores picaretas da música internacional


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.