Matérias Mais Lidas

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemA banda de rock que impressionou Paulo Ricardo e o fez ver grandeza do estilo em São Paulo

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemPaul Stanley, do Kiss, fala sobre os shows da reunião do Pantera

imagemA estratégia do Barão Vermelho para evitar críticas de copiar Titãs nos anos 1990

imagemAngra: Luis Mariutti conta sobre atritos entre Andre Matos e Rafael Bittencourt

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagemLars Ulrich poderia tocar músicas do Rush com Geddy Lee e Alex Lifeson?

imagemMetallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?

imagemGene Simmons admite que "Ace estava certo" sobre o Kiss no começo dos anos 80

imagemNoel Gallagher relembra o dia em que foi ao show de uma banda cover de Oasis


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

O hit de Raul sobre disfarçar efeitos da maconha só aprovada por censura na 3ª tentativa

Por Gustavo Maiato
Postado em 23 de outubro de 2022

A música "Como Vovó Já Dizia", de Raul Seixas e Paulo Coelho, quase não foi aprovada pela censura da ditadura. O ano era 1973 e a dupla precisou alterar duas vezes a letra para que finalmente os censores aprovassem. Confira a história relatada por Júlio Ettore em vídeo do seu canal.

Disfarçar maconha?

"Essa música surgiu de uma história verdadeira e engraçada que aconteceu com o Raul Seixas e o Paulo Coelho lá em meados de 1973. Eles estavam hospedados em um hotel em São Paulo e depois de um baseado, viram que estavam sem colírio. Para disfarçar os olhos vermelhos, sacaram óculos escuros dos bolsos e começaram a cantarolar o verso que repete na música. O Raul pegou o violão e já começou. Bolaram uma melodia e depois foram completando a canção".

Versões iniciais da letra

"A letra original escrita pelo Raul e Paulo era bem diferente. O nome da música era ‘Óculosescuro’, tudo junto mesmo. Os versos eram diferentes e tinha: ‘Uma vez, a gente aceita. Duas, tem que reclamar’. Depois, falava que: ‘Quem não tem presente, acredita no futuro’. Essa primeira versão foi vetada pela censura. Os censores disseram que tinha mensagens negativas de conteúdo social e protesto. A liberação levou 10 meses e teve atuação intensa de um advogado da Philips. Era comum letras serem vetadas e as gravadoras criaram departamentos só para agilizar essa liberação. Senão o disco ficava travado. As gravadoras podiam ter prejuízo. Tinha uma burocracia da censura, com o Conselho Superior de Censura de Brasília. Aí, o advogado conversou com o Raul e Paulo e pediu para eles mexerem a letra. Ele apresentou pedido de reconsideração com a nova letra. Os versos dessa versão também não entraram na versão final. Virou: ‘Uma vez a gente plim, outra tem que blá-blá-blá’, por exemplo. Veio outro veto do órgão censor, que disse que não mudou o tema e isso poderia incitar atitudes negativas contra o sistema vigente".

A liberação pela censura

"Em outubro de 1974, eles alteraram o título para ‘Como Vovó Já Dizia’. Para aprovar a música, eles colocaram vários ditos populares e provérbios, que aparentemente não têm conexão uma com a outra, para ironizar a censura. Colocaram ‘Quem não tem filé come pão e osso duro’. Eles foram incluindo coisas aleatórias. A versão mandada para aprovação finalmente aprovou, mas eles aparentemente não entenderam nada. A parte da maconha e dos óculos escuros foi aprovada".

Foto: Arquivo Nacional - Wikimedia
Foto: Arquivo Nacional - Wikimedia
Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Raul Seixas, pai do rock brasileiro, ganhará boneco action figure

A música de Raul Seixas que critica a seleção brasileira e o futebol

Paulo Ricardo estreia versão incrível de clássico de Raul Seixas que estará em nova turnê

O hit de Raul Seixas que fala sobre roubo de terras e critica governo militar de Geisel

A condição que o verdadeiro Maluco Beleza impôs para Raul Seixas

Morre Claudio Roberto, parceiro de Raul Seixas em "Maluco Beleza"

A frase escrita por Raul Seixas quando criança que explica porque ele se tornou um ídolo

O hit de Raul sobre disfarçar efeitos da maconha só aprovada por censura na 3ª tentativa

Quando Raul Seixas "se vendeu ao sistema", mas deixou escondida uma sementinha anárquica

O dia que Raul Seixas e Tim Maia brigaram porque um preferia maconha e outro cocaína

A chave oculta no disco do Led Zeppelin que Raul usou para abrir as portas do conhecimento

O hit de Raul que censura disse ser "mais pornô do que sertanejo ou música de carnaval"

O hit de Raul que censura liberou, mas traz crítica pesada contra ministro Delfim Netto

O hit de Raul Seixas que cita clássico do Caetano Veloso e foi escrito em 15 minutos

O hit de Raul confundido com mensagem seu pai, mas com significado bem diferente

Provocações: As canções cheias de indiretas entre artistas do rock

Heavy Lero: Gastão e Clemente falam sobre Raul Seixas

Drogas: As melhores músicas sobre o tema

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero


Sobre Gustavo Maiato

Jornalista, fotógrafo de shows, youtuber e escritor. Ama todos os subgêneros do rock e do heavy metal na mesma medida que ama escrever sobre isso.

Mais matérias de Gustavo Maiato.