RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemJoe Satriani revela o guitarrista que ele ouve e diz: "Eu jamais alcançarei isso!"

imagemOzzy Osbourne aparece em público pela primeira vez após anunciar aposentadoria das turnês

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemManowar no Brasil? Banda posta bandeira brasileira e fãs ficam empolgados

imagemA inesperada opinião de Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) sobre o rock progressivo

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemRamones: C.J. conta que Johnny se recusou a visitar Joey em seu leito de morte

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemA nostálgica canção de Raul Seixas que propõe abolir a divisão entre o bem e o mal

imagemZakk Wylde tira o corpo fora ao ser questionado sobre cancelamento de shows do Pantera

imagemSlipknot lança novo single, "Bone Church", e também vídeo de "Yen" em versão Director's Cut

imagemSimone Tebet, a banda brasileira e a lenda do rock que fazem a cabeça da senadora


Exilio Angel

Charlie Watts: "Eu culpo o Led Zeppelin por shows de duas horas"

Por André Garcia
Postado em 19 de outubro de 2022

Rolling Stones e Led Zeppelin certamente estão entre as bandas mais importantes do rock: enquanto a primeira foi pioneira do blues na Inglaterra e disseminadora do gênero na Europa, a segunda acrescentou a ele o peso que deu origem ao heavy metal.

Foto: Reprodução Youtube
Foto: Reprodução Youtube

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O mundo da música nunca mais foi o mesmo após o impacto provocado por Jimmy Page e companhia. O Led Zeppelin foi uma banda gigantesca e, para fazer frente a ela, as outras tiveram que se adaptar, o que fez com que tudo no rock se tornasse mais grandioso.

Conforme publicado pela Ultimate Classic Rock, em sua biografia oficial, o baterista Charlie Watts falou sobre tocar em estádios. Aquilo não o agradava, mas ele compreendia a necessidade de tocar em arenas imensas como forma de comportar a enorme demanda: "Você ficaria um mês fazendo show em uma cidade com 30 mil pessoas interessadas, tocando [10 vezes] em uma casa onde cabe apenas 3 mil?"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com o passar do tempo, a banda se moldou àquilo, se tornando assim um dos primeiros nomes do stadium rock. "E foi isso que nos tornamos. Para nosso azar, ou sorte, como você preferir. Foi assim que direcionamos o que fazemos. E seguiu essa direção o mundo daquilo que fazíamos."

"Eu culpo o Led Zeppelin por shows de duas horas de duração! Nós passamos em questão de poucos anos de tocar 20 minutos, todos os hits e acabou. Nós fomos de tocar em clubes — dois sets por noite, que era muito divertido — a fazer isso. Graças ao Led Zeppelin, show de duas horas de duração."

"Se você é Jimmy Page, você pode fazer isso", acrescentou. "E o solo de 20 minutos de John Bonham. Com a gente não tinha daquilo, era outra coisa. Eu não gosto de fazer solo de bateria. Ponto final. Eu não gosto de ouvir essas coisas. Quando o Zeppelin fazia aquilo, no começo dos anos 70, se não me engano, era um trabalho braçal! Porque os retornos não eram lá muito bons."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Agora o equipamento de som é altamente sofisticado. A coisa mais difícil para um baterista naqueles palcos enormes é ser ouvido. [Sem ser ouvido] já era para você, praticamente. A amplificação está lá para que eu possa simplesmente tocar naturalmente, na altura que me agrada. É nessa cela que eu vivo, e eles podem ajustar o volume dela", concluiu.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Metal Hammer: os maiores hits do rock eleitos em votação

Por um triz: quando por pouco a história do Rock não foi a mesma


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.