Matérias Mais Lidas

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemJulian Lennon relembra quando Paul McCartney escreveu "Hey Jude" para ele

imagemRandy Rhoads gostava de tocar as músicas do Black Sabbath?

imagemTony Iommi: surpreendendo ao eleger seu "Deus do Rock"

imagemA opinião de Rita Lee sobre a fenomenal Cássia Eller

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemAmilcar Christófaro diz que chegou a sondar Vitor Rodrigues para retornar ao Torture Squad

imagemNoel Gallagher revela seu único arrependimento em sair do Oasis

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagem"Raimundos nunca quis ser manual de conduta para ninguém", diz Digão

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemTuomas Holopainen achou que o Nightwish fosse acabar após saída de Marko Hietala

imagemDicionário do Metal: cinco bandas com a letra A


Samael Hypocrisy
Lift Detox

O segredo do som do ABBA, que os Beatles usaram para salvar álbum que não deu certo

Por Bruce William
Postado em 01 de novembro de 2022

O mais recente projeto envolvendo os Beatles, a série "Get Back", mostrou de forma magistral os bastidores do que acabaria sendo o último álbum de estúdio lançado por eles, o "Let It Be".

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na prática, o último trabalho gravado por eles foi o "Abbey Road" que acabou saindo antes por causa da considerável demora para que o "Let It Be" chegasse às lojas, afinal as sessões de gravação já haviam sido realizadas no começo do ano anterior (com outras partes adicionais registradas depois, mas não vem ao caso aqui).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O produtor Glyn Johns ficou encarregado de produzir um álbum das gravações, mas os Beatles não gostaram do trabalho que ele apresentou. Com isso, no início de 1970, as fitas foram entregues ao produtor Phil Spector, responsável pelo single "Instant Karma" de John Lennon, que gostou do resultado e resolveu pedir para Phil ver se poderia "fazer alguma coisa" com aquelas fitas.

Phil havia conquistado reconhecimento pelo seu trabalho com girls groups nos anos sessenta como The Ronettes e The Crystals, e principalmente por ter desenvolvido uma técnica chamada "Wall of Sound" (em tradução literal, "Parede de som"), que consistia, a grosso modo, de criar um som denso, reverberado e com inúmeras camadas que resultava numa sonoridade onde os aparelhos de reprodução da época como rádios e jukebox pareciam emitir um som "cheio", que ocupava todos os espaços. Para isso os arranjos usavam vários músicos como se fossem uma orquestra, e muitas vezes a gravação ainda usava artifícios como câmera de eco para preencher ainda mais o som.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não vamos entrar em detalhes, mas décadas mais tarde Phil, cujas histórias relatam ter sido uma pessoa com temperamento violento e abusivo, seria condenado por homicídio e viria a falecer de COVID, ainda cumprindo a sentença.

Phil mexeu em toda a mixagem, modificou músicas, recortou/inseriu trechos, acrescentou overdubs, instrumentos de cordas, coral e transformou todo aquele trabalho em um álbum sofisticado, bem diferente da intenção original dos Beatles que seria lançar um disco de rock'n'roll "de volta às raízes". Paul não gostou do resultado final, mas Lennon adorou e chegou a dizer em entrevista: "entregamos a ele uma quantidade absurda de porcarias de gravações muito ruins, que carregavam um sentimento muito feio, e ele conseguiu transformar aquilo em algo bom".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os roqueiros não podiam assumir que gostavam do ABBA

Hoje em dia gostar de ABBA é muito comum e aceito por todos. Lemmy, que entendia das coisas, contou que adorava o lendário quarteto sueco, que já foi até tema de tributo de bandas de Metal, e num grupo de dez pessoas é muito difícil encontrar cinco que não abram um largo sorriso e se arrepiem à simples menção do nome da banda. Mas nem sempre foi assim, conforme relata um excelente documentário da DW Brasil chamado "O segredo do sucesso do ABBA", que pode ser conferido, na íntegra, no youtube.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Diversas celebridades frequentavam os shows da banda. As músicas do Abba tinham algo que agradava até mesmo estrelas do rock", diz a narração. "Ninguém realmente viu o que aconteceu em 1978 no (show do) Estádio de Wembley em Londres", conta o jornalista musical Per Sinding-Larsen. "Nos bastidores estavam Joe Strummer do The Clash e Bruce Springsteen. Eles eram grandes admiradores do ABBA. Muita gente tinha consciência que era uma obra prima da música pop".

"Pessoas como Elvis Costello e outros compositores de música pop dizem: 'sempre respeitamos o ABBA'", conta o baterista e compositor Michael Blair. "Mas não podíamos dizer isso. Quando tínhamos vinte e dois anos, também a idade de Costello na época, não podíamos dizer à imprensa algo como 'ouça Super Trouper o dia todo'. Realmente não dava pra dizer isso. Mas todos ouviam", conta entre risos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Admitir isso hoje em dia não é problema para os músicos" relata a voz em off no vídeo, enquanto mostra imagens de Dave Grohl, que assume ser fã do ABBA. "Ele afirma que o Foo Fighters é uma mistura de banda punk rock e ABBA. Mas este status de 'banda cool' só ganhou força dez anos após o fim da banda (1982). De repente, as músicas do ABBA voltaram a ser tocadas".

Um pouco mais adiante, o documentário teoriza que aqueles motivos que faziam o ABBA ser criticado, de repente passaram a ser motivo para amar a banda, e muito disso tem a ver com a perfeição sonora: "O ABBA não faz nada pela metade. A banda trabalha com os melhores músicos e desde o início busca o melhor som para as composições com o lendário 'Wall of Sound': quatro guitarras, duas baterias, quase uma orquestra".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após citar músicas como "Waterloo" e "Dancing Queen", a narração conta que o "Wall of Sound" não foi inventado pelo ABBA, mas a banda fazia uso da técnica de forma brilhante: "Você ouve estas produções e se pergunta: por que soa de forma tão nítida, mesmo sabendo que havia dois ou três teclados, uma marimba, um piano, e essa parede de vozes da Frida e da Agnetha. Por que soa tão nítido?", questiona Michael Blair. A resposta é simples: "Essa gama de sons, eles pensavam em tudo muito bem".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp
Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Julian Lennon relembra quando Paul McCartney escreveu "Hey Jude" para ele

Beatles: Ringo Starr conta como foi o seu último encontro com John Lennon

Julian Lennon relembra como era sua relação com seu pai, John Lennon

Beatles: Ringo Starr relembra como recebeu a "devastadora" notícia da morte de John Lennon

O maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

John Lennon sentia que seu filho Julian "queria que Paul McCartney fosse seu pai"

Ringo Starr recorda assédio a Yoko Ono após assassinato de John Lennon

Por que Kiko Zambianchi rejeitou próprio sucesso mesmo após elogio de Paul McCartney?

Beatles: O motivo pelo qual Ringo era "ruim", segundo George Harrison

A separação dos Beatles segundo a visão de Ringo Starr

Cinco capas de discos simples que ficaram marcadas para sempre

Beatles, Elvis e outras estrelas não durariam uma semana hoje, segundo Nergal

Pattie Boyd conta como superou as separações com George Harrison e Eric Clapton

Cinco músicas lançadas há mais de 50 anos que continuam fazendo sucesso

Eddie Vedder diz que tomar soco de Paul McCartney foi "um grande momento"

Pop meets rock: veja 7 divas pop cantando clássicos do rock

Beatles: como a banda fez o primeiro disco de heavy metal da história

Rolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutos

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.