RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemSite chileno cita data do Iron Maiden no país e medalhões como possíveis bandas de abertura

imagemZakk Wylde tira o corpo fora ao ser questionado sobre cancelamento de shows do Pantera

imagemRamones: C.J. conta que Johnny se recusou a visitar Joey em seu leito de morte

imagemA inesperada opinião de Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) sobre o rock progressivo

imagemAngra anuncia sua turnê "The Best Of 30 Years" com setlist renovado

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemOzzy Osbourne aparece em público pela primeira vez após anunciar aposentadoria das turnês

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemA inesperada banda brasileira que não sai dos ouvidos de Jeff Scott Soto

imagemManowar no Brasil? Banda posta bandeira brasileira e fãs ficam empolgados

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth


Stamp

"A masculinidade tóxica alimentou esta banda", diz Kirk Hammett sobre o Metallica

Por Bruce William
Postado em 01 de dezembro de 2022

O guitarrista do Metallica, Kirk Hammett, chamou a atenção para a es besteira masculina masculina" no núcleo da banda, embora reconhecendo que os ícones do metal de São Francisco podem não estar onde estão hoje sem essa mentalidade agressiva e intransigente os levando adiante.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A masculinidade tóxica alimentou esta banda", disse o guitarrista Kirk Hammett durante conversa com o New Yorker, replicada pelo Loudersound. "Ainda fico ali sentado pensando 'ok, vou fazer um riff muito foda'. Basta ver minha retórica: 'riff sujo, pesado e foda'. É uma agressividade que todos sentem, e que foi bastante intensificada na gente, essa coisa estranha da força do macho'.

Apesar de reconhecer que esta é uma das características que fez com que a banda chegasse onde está, Kirk não se orgulha das coisas que aconteceram ao longo dos anos. "Nós ficávamos bêbados e os trabalhos começavam", conta o guitarrista. "Lembro de uma vez em que James (Hetfield) foi e deu um empurrão em Lars (Ulrich), que literalmente voou pela sala. Nos encontrávamos e começávamos a nos socar uns aos outros. Podíamos estar numa sala com vinte pessoas que iríamos interagir entre nós, ninguém mais importava".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A matéria da New Yorker é um mergulho profundo na psique do Metallica, e Kirk não está sozinho na reflexão sobre os potenciais desafios para a saúde mental de um indivíduo, algo que parece vir de mãos dadas com o tipo de sucesso raro que o Metallica atingiu: "Estar no palco é como estar num mundo de fantasia", diz James Hetfield, que procura se aprofundar em algumas das causas das suas próprias inseguranças que o levaram a se envolver com aditivos para aguentar a pressão: "Todos ficam espalhando o pó da maravilha sobre você, que começa a acreditar naquilo, chega em casa e fica procurando o pózinho mágico, e então percebe que está sozinho com dois gatos tendo que levar o lixo pra fora".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

James reflete ainda sobre o final de seu casamento de 25 anos que aconteceu recentemente e admite que ainda tem muito trabalho a fazer em sua busca pessoal pela felicidade e paz interior: "Procurei por muito tempo nos remédios errados. Eu só queria desligar minha cabeça. Isso funcionou até que um dia deixou de funcionar. Encontrar um novo deus que não seja o álcool... sim, é nisso que ainda estou trabalhando", diz o vocalista e guitarrista.

A longa e detalhada matéria da New Yorker pode ser vista, no original em inglês, clicando neste link.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Exilio Angel


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!
Mais matérias de Bruce William.