RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO rockstar que rejeitou duas vezes a Rainha Elizabeth II

imagemA música do Rush que a própria banda considerava "uma das piores"

imagemA mancada pela qual George Harrison disse que Eric Clapton jamais o perdoou

imagemO rockstar rejeitado pela Rainha Elizabeth II que foi condecorado, mas não por ela

imagemThe Cure: 5 bandas que o vocalista Robert Smith já declarou odiar

imagemA incrível banda obscura, brutal e bela que foi o Black Sabbath dos 90s para Scott Ian

imagemTim Ripper diz que sua era como vocal do Judas Priest foi "varrida para debaixo do tapete"

imagemAnúncio do Parkway Drive como headliner do Summer Breeze causa chiadeira

imagemFãs do Guns N' Roses tretam com Regis Tadeu nas suas redes sociais

imagemDe e-mail a rolê com Mustaine, Kiko Loureiro conta como se tornou integrante do Megadeth

imagemOs motivos que levaram Jairo Guedz a sair do Sepultura na época do "Schizophrenia"

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemNovo vocalista do Skid Row já estava na mira da banda há um bom tempo

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemMonise Sousa: falece ex-vocalista do Retaliatory e Baixo Calão, vítima de leucemia


Stamp

Darkthrone: Fenriz lista os 5 álbuns mais influentes do doom metal

Por Emanuel Seagal
Em 20/06/21

"Em primeiro lugar eu gostaria de dizer que não viramos totalmente doom metal", diz o baterista, a respeito do 19º álbum da banda que está por vir.

Desde a sua formação no final dos anos 80, a dupla, que também inclui Nocturno Culto, tem estado em uma jornada musical em constante evolução: do death metal extremo do "Soulside Journey" ao influente black metal de "A Blaze in the Northern Sky" e "Transilvanian Hunger" até o crust/punk de "The Cult Is Alive" e "FOAD". "Eternal Hails" encontra a banda em suas profundidades criativas mais doom metal - e emergindo com cinco músicas, nenhuma das quais tem menos de sete minutos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fenriz comentou: "'Hate Cloak' é certamente a música mais lenta do álbum. Nas músicas do Ted há muitas partes 'rápidas', médias e lentas também. O objetivo de termos músicas longas é a variação de tempo e compasso, por isso é tão épico"

"Desde a infância eu era atraído pelos riffs mais lentos das músicas, 'Waiting for the Sun' do The Doors e a parte final de 'Pilgrim' do Uriah Heep", diz Fenriz. "Isso era o que eu tinha em 1973, 1974, e não consegui mais nada durante os anos 70."

"Nos anos 80 descobri a maior parte do metal por aí e gostava de todos os tempos. Mas voltei a ter uma tendência natural para riffs mais lentos ​​e gosto de tocá-los também" continua. "Então ocorreu que eu poderia encontrar partes doom em muitos álbuns. Não é muito importante para mim que um álbum seja total doom, tipo...tudo lento. Eu não acho que o doom dogmático apareceu até o primeiro álbum do Winter ('Into Darkness', de 1990]. Eu prefiro que os álbuns do doom tenham algo mais rápido/intermediário, como Black Sabbath e...esse estilo de misturar as coisas é feito perfeitamente nos anos 80 por, por exemplo, o Trouble."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Antes do lançamento do "Eternal Hails" em 25 de junho, através da Peaceville Records, a revista Revolver pediu a Fenriz para listar os discos de doom metal que mais o inspiram.

Black Sabbath - Mob Rules (1981)

Esta é a espinha dorsal da minha coleção de metal e uma eterna inspiração. Só de pensar nisso me faz acreditar no metal e me sinto como uma criança que tem doces grátis para sempre. A bateria desse álbum de Vinny Appice está profundamente enraizada em mim, todos os outros componentes do álbum são o sangue da minha vida.

Candlemass - Epicus Doomicus Metallicus (1986)

Foi uma revelação - referência do doom! - descobrir. Parecia algo antigo já em 1986, ajudado pelo logotipo de sua gravadora francesa Black Dragon Records. E era do nosso país vizinho, a Suécia. Fiquei encantado e tenho estado desde então. Eu tive competições de bateria imaginária com o (ex-baterista do Enslaved) Cato Bekkevold ouvindo isso em diversas festas há 30 anos. "Epicus Doomicus Metallicus" é um clássico intocável com os vocais de Jonah Quizz (Johan Längqvist) como a cereja do bolo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Revelation - Terminal Destiny and Images of Darkness demos (1987)

Eu (me correspondi) com (o vocalista/guitarrista do Revelation) John Brenner. Essas demos são definitivas pra mim por causa dos riffs e do som da guitarra. É absolutamente incrível, uma sensação total do doom. Acho que ouví Trouble antes de ouvir Revelation. Mas desde que encomendei as (segunda e terceira) demos do Apocalipse (Terminal Destiny e Images of Darkness) e me correspondi com John Brenner, isso chamou mais a minha atenção. Só mais tarde é que descobri os três primeiros álbuns do Trouble, ao mesmo tempo que percebi como o Revelation foi influenciado pelo Trouble.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Trouble - Trouble (1990), Psalm 9, The Skull, Run to the Light

Eu comprei seu álbum autointitulado ao mesmo tempo que gravei nosso primeiro álbum, "Soulside Journey", em setembro de 1990 em Estocolmo, Suécia - e isso me atingiu como uma tonelada de tijolos. Devo ter tido alguns álbuns anteriores do Trouble em fitas cassetes, o que me levou a comprá-lo, mas eles não tinham realmente chamado minha atenção até aquele ponto. Então tudo mudou. Pelo que me lembro comprei os três primeiros álbuns, Trouble (Psalm 9, The Skull, Run to the Light) em CDs e por isso não posso apontar um único favorito, eles ficaram todos confusos em minha mente como um playground do épico heavy metal doomy do mais alto nível. Que incrível!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Solitude Aeturnus - Beyond the Crimson Horizon (1992)

Vocalista incrível aqui (Robert Lowe). É assim que acontece quando os thrashers começam a tocar doom metal - perfeito, claro. Não é tão charmoso quando alguém simplesmente coleciona todo o doom metal do mundo e decide adorar apenas o ritmo lento. É muito mais charmoso quando esses caras lutaram para sair do modus thrash do final dos anos 80 e ir contra a correnteza para criar alguns dos melhores doom que existem, não se sentindo afetados por sons de bateria horríveis em ambos os primeiros álbuns. Eu tenho que me lembrar de ouvir mais seu terceiro álbum (Through the Darkest Hour de 1994)! Os vocais aqui, no final das contas, inspiraram muito do meu canto para o projeto Isengard, já que eu estava ocupado gravando músicas para esse projeto enquanto descobria Solitude Aeturnus.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Recomendações bônus: Metal Church, Metallica, Celtic Frost, Autopsy, Nemesis

O Metallica também tem várias partes doom excelentes, altamente recomendadas. Eu posso ouvir muito doom metal no Celtic Frost também, o lado A do primeiro álbum do Metal Church ('Metal Church' de 1984) tem muitas vibes do doom que eu gosto. Autopsy também, e super recomendada deve ser a banda pré-Candlemass, Nemesis, que também foi inspiradora para mim em nosso novo álbum.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Hate Cloak", a primeira música a ser relevada do novo álbum da banda, "Eternal Hails", que será lançado no dia 25 de junho pela Peaceville Records, pode ser conferida abaixo

FONTE: Revolver Magazine
https://www.revolvermag.com/music/darkthrones-fenriz-picks-5-most-influential-doom-metal-albums

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Darkthrone: Fenriz lista os 5 álbuns mais influentes do doom metal

Darkthrone: Fenriz fala sobre Sepultura, Sarcófago, Gal Costa e Caetano Veloso

The Pit: 10 álbuns extremos surpreendentemente ótimos para ouvir entorpecido

O Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) nacionais

Iron Maiden: o vocal que quase substituiu Bruce Dickinson em 93


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais informações sobre

Mais matérias de Emanuel Seagal.