Death Metal: mais cinco álbuns nacionais que você deve escutar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Faustino de Oliveira Torres
Enviar Correções  

A cena underground brasileira possui um grande potencial de bandas que surgiram desde os primórdios dos anos 80 até os dias atuais. Abaixo estão alguns dos álbuns que marcaram a cena Death Metal nacional.

Torture Squad: O Doutrinador ganha clipe com versão em inglêsVanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffs

Malefactor: "Anvil of Crom" [2013]

Após sete anos de silêncio, após lançar o "Centurian" [2006], a banda baiana MALEFACTOR ressurgiu com um álbum excelente que concorreu como um dos melhores de metal de 2013.

"Anvil of Crom" mostra a evolução técnica e melodiosa do grupo, assim como uma melhor produção e gravação do que em seus álbuns anteriores, detalhes notados na arte final do álbum que ficou bem diversificado, com uma mescla muito bem executada entre death metal e heavy metal.

Destaques para as faixas "Elizabathory", "666 Steps to Golgotha com participação especial de Felipe Eregion do UNEARTHLY", "A Guerra Virá, com participação especial de Hecate da banda MIASTHENIA", "Anvil of Crom".

Unearthly: "Flagellum Dei" [2011]

A banda carioca UNEARTHLY, após obter um grande sucesso no "Age of Chaos" [2009], lançou seu quarto álbum de estúdio intitulado "Flagellum Dei", que sem dúvida é o full-length que mostra a evolução e o excelente momento em que a banda estava.

Um disco que realmente é tecnicamente e sonoramente perfeccionista do início ao fim, realmente um petardo para os fãs de Death Metal.

Destaques para as faixas "7.62", "My Fault", "Insurgency", "Baptized in Blood".

Como promoção lançaram o vídeo ao vivo da música 7.62, faixa de abertura do álbum.

Torture Squad – "The Unholy Spell" [2001]

A banda paulista TORTURE SQUAD, surgiu em meados dos anos 90, e em 1993 lançou sua primeira demo intitulada "A soul in Hell" e em 1998 seu debut "The Shivering", que foi muito bem recebido na época pela mídia especializada.

Em 1999 lançou seu segundo trabalho, intitulado "Asylum of Shadows", um álbum matador que contém grandes hinos do grupo como "Asylum of Shadows" e "Murder of a God".

Dois anos se passaram e em 2001 o grupo lançou o aclamado "The Unholy Spell" que é um play massacrante do início ao fim, marcando o auge dos paulistas com uma cacetada ao pé do ouvido, com grandes riffs e cadência perfeita contando com os vocais avassaladores de Vitor Rodrigues.

Destaques para as faixas "The Unholy Spell", "Area 51", "War Monger", "Spiritual Cancer".

Claustrofobia: "Fulminant" [2005]

Após o sucesso com o seu debut "Claustrofobia" [2000] e "Thrasher" [2002], a banda paulista lançou seu terceiro álbum intitulado "Fullminant" [2005].

Um disco realmente que mostra o quanto a banda evoluiu e que não existem limites entre estilos como thrash e death metal, mescla realizada com maestria neste excelente lançamento que coroa a fase áurea do grupo.

Destaques para as faixas "Fact", "Two faced", "Eu Quero É Que Se Foda", "Reality Show", e "Necessary Evil, cover da lenda do grindcore NAPALM DEATH".

Sarcófago: "Inri" [1987]

O que pode ser dito do álbum mais influente do death metal brasileiro no mundo?

A banda mineira SARCÓFAGO, foi uma das bandas pioneiras a fazer um álbum de Death Metal no Brasil, uma das primeiras bandas a executar o blast beats na bateria, estilo que faz batidas rápidas e sucessivas marcadas na caixa juntamente com o chimbau ou prato.

"Inri" é a heresia em forma de música, com guitarras e bateria orquestradas pelo senhor das trevas, álbum que influenciou grandes músicos de Black/Death metal ao longo dos anos, cita-se como exemplo o vocalista/guitarrista ADAM NERGAL, da banda polonesa BEHEMOTH, que na sua última passagem pelo Brasil, fez questão de adquirir um Picture de "Inri" e citar que este é um dos mais importantes álbuns do estilo.

Destacar alguma faixa fica difícil, pois todas são perfeitas e barulhentas no sentido mais literal da palavra, grandes odes aos fãs de death/black metal, um álbum sem dúvida único e excêntrico, com a fórmula única da heresia.

(Curiosidade : A faixa Black Vomit foi censurada em vários países e inclusive sua letra não consta nos encartes da época e nem nas edições relançamento).

Veja outras cinco álbuns no link a seguir:

Death Metal: 5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutarDeath Metal
5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutar



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Torture Squad: O Doutrinador ganha clipe com versão em inglês

Café com Ócio: 15 melhores discos do Metal Nacional - 2000 a 2010Café com Ócio
15 melhores discos do Metal Nacional - 2000 a 2010

Heavy Metal: site elege as dez melhores bandas do BrasilHeavy Metal
Site elege as dez melhores bandas do Brasil


Vanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffsVanusa e Black Sabbath
A notável coincidência nos riffs

AC/DC: prostitutas revelam as esquisitices de Phil RuddAC/DC
Prostitutas revelam as esquisitices de Phil Rudd


Sobre Bruno Faustino de Oliveira Torres

Idealizador e chefe do grupo e página Musikkaos e Brazilian Metal Br, estudante de engenharia civil na FATEC/SP, eterno fã de rock e metal assim como colecionador de CDs, LPs e DVDs, tenho gosto musical amplo, desde clássicos como Elvis e Hendrix, até Black Metal e Grindcore.

Mais matérias de Bruno Faustino de Oliveira Torres no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin