Matérias Mais Lidas

imagemDez músicas muito legais do Iron Maiden que não são cantadas por Bruce Dickinson

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemPhil Campbell conta como era fácil "comprar" Lemmy pra fazer qualquer coisa

imagemTico Santta Cruz sai em defesa de Juliette na polêmica com Samantha Schmutz

imagemClassic Rock lista 15 músicas do saudoso Chris Cornell que você precisa conhecer

imagemComo o Lollapalooza desmereceu Ozzy Osbourne e ele deu a volta por cima

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemOzzy achou que integrantes do Metallica estavam tirando uma com sua cara durante turnê

imagemLes Claypool, do Primus, explica por que não se tornou baixista do Metallica

imagemMetallica divulga vídeo de "Whiskey In The Jar" ao vivo em Curitiba

imagemQuando Pete Townshend faltou a um show do The Who pra ir assistir o Pink Floyd

imagemGeddy Lee explica o enredo de "2112" comentando cada parte da música


Stamp

Black Metal: cinco bandas do lado depressivo do satanismo

Por Guilherme Niehues
Fonte: Horns Up
Em 06/10/13

O BLACK METAL sempre foi o palco para diversos sub-gêneros, e muito mais do que isso, é claro... uma verdade cultura acerca deste gênero fora criada. A HORNS UP (www.hornsup.com.br) sempre tenta trazer bandas que são desconhecidas para um público em geral, e já criamos vários outras listagens. E claro, não se esqueça de acessar o nosso site e curtir nossa página no Facebook (https://www.facebook.com/site.hornsup) para ficar por dentro das próximas listagens ou até mesmo sugerir bandas e gêneros a serem discutidos.

E hoje, iremos trazer uma listagem de 5 bandas do lado depressivo do Black Metal, que nada mais é do que seu sub-gênero Depressive / Suicidal Black Metal. E, para aqueles menos desavisados, sim, estes dois gêneros existem e são caracterizados como um Black Metal mais crú, como bandas famosas, por exemplo, Darkthrone, Mayhem, Satyricon e Gorgoroth faziam no início da carreira, porém com uma temática voltada a reflexões sobre a vida, consciência e todo o lado negro da força do ser humano propriamente dita. Contudo, a medida que a banda evolui ou lança novo material, existe uma preocupação maior com a produção, e algo mais "limpo" surge, porém, não devem ser ignorados, afinal são ótimos trabalhos.

Antes apenas um esclarecimento, todas as bandas aqui são praticamente desconhecidas, e claro que existem centenas, porém vamos aos poucos expondo essas bandas, e com certeza, existirá uma segundo parte desta listagem com outras bandas.

Thy Light - Suici.De.Pression (2007)

A primeira banda que eu preciso citar é a Brasileira THY LIGHT, não apenas por ser fã da dupla, mas por esta representar todo o contexto de um sub-gênero em algumas poucas faixas. Primeiramente, é preciso creditar a banda pelo excelente nome da demo, afinal retrata bem o conteúdo da demo e o que iremos encarar por cerca de 45 minutos.

Toda a atmosfera depressiva é encontrada em muitos momentos, especialmente na bela introdução "Suici.De.pression (An Introduction to My End)" e na excelente "In My Last Morning...". Liricamente, apesar não serem longas, remetem ao objetivo da dupla em expressar um sentimento singular e único.

Quanto ao instrumental, na minha opinião, ele é excepcional e não deixa em nada a desejar, demonstrando uma técnica melhor do que as outras bandas que irei citar mais a frente, e deve ser encarada como a porta de abertura para este gênero, caso alguém se interesse.

Além do mais, todas as músicas são longas, e devem ser apreciadas lentamente, pois existem alguns detalhes bastante interessantes e intrigantes a serem notados.

A banda em 2013 lançou seu primeiro álbum, intitulado "No Morrow Shall Dawn" e também representa um outro excelente trabalho da banda.

Página Oficial da Banda no Facebook
https://www.facebook.com/officialthylight

Austere - To Lay Like Old Ashes (2009)

Outra banda excepcional do estilo e retrata bem o que é exposto. AUSTERE possui uma singularidade bastante simples, que é a sua linha de vocal. Não espera nenhum vocal "rasgado" ou "gutural", e sim, gritos de agonia e desespero. Aliás, nesse quesito a banda retrata bem o que pretende expor nos quase 55 minutos deste álbum.

Aliás, falando sobre os vocais, aqui existe uma dupla de vocalistas, e também é aplicado um pouco de linhas normais de vocais, ou seja, com a voz limpa.

A dupla também se sobressai no quesito instrumental, em especial a bateria que é bastante explorada. Talvez, uma atmosfera mais "depressiva" não é tão explorada pela banda, mas em toda a sua passagem é destacada a agonia, emoção e uma tristeza. Contudo, é necessário ressaltar que em alguns momentos ela é apresentada e percebida, dando ainda mais um gosto as músicas.

Infelizmente, a dupla se separou em 2010, deixando além deste registro, o seu debut álbum de 2007 intitulado "Withering Illusions and Desolation".

Página Oficial da Banda no Facebook
https://www.facebook.com/OfficialAustere

Melencolia Estetica - Hel (2012)

Primeiramente, preciso dizer que MELENCOLIA ESTETICA é um projeto paralelo de Climaxia, que executa toda a linha de guitarra e baixo, e aliás, estamos falando de uma mulher. Este pressuposto já demonstra uma novidade e tanto, ainda mais para este estilo.

O som da banda é bem mais direto e se difere em muito termos de Austere e Thy Light, primeiro que as linhas de vocais são mais de voltados para um Black/Death e musicalmente falando, o instrumental também é mais brutal, sem muitas firulas.

Em contra partida, apesar de apenas um álbum da banda possuir letras expostas, a banda ainda assim fala sobre o tema deste sub-gênero, e se aplica em alguns momentos, apesar de poucos, de uma atmosfera mais cadenciada e enigmática, que também mostra a bela voz de Climaxia ao fundo.

Aliás, o enigmatismo da banda é digno de ser apresentado, afinal este álbum contém músicas com os títulos de Hel I até Hel VI, e apesar de não existirem músicas tão longas, ainda assim são longas o bastante para exibir a criatividade da banda.

E caso queiram conhecer um pouco mais da banda, sugiro também o álbum auto-intitulado de 2006 ou Letum de 2008.

Página Oficial da Banda no Facebook
https://www.facebook.com/pages/Melencolia-Estatica-Official/152540761487080

Sorg - Retour sur ce Voyage (2009)

A francesa SORG que é um projeto de one-man-band, ou seja, de um único homem possui apenas este disco lançado até hoje. E, aqui existe uma mistura bastante interessante do Depressive com o Black Metal tradicional, especialmente pela voz aplicada por Malphas.

A intro já demonstra um pouco do que se pode esperar deste álbum, porém sugiro que para uma melhor opinião, ouçam a música Le Commencement, segundo faixa deste disco.

De todas as bandas listadas até então, esta aqui possui um som bastante direto e sem muitas frescuras, tanto na parte mais ríspida e brutal, quanto nas passagens mais soturnas que utilizam de momentos acústicos ou sinfônicos ao fundo.

As músicas seguem um tradicionalismo maior, e não são muito longas, porém, ainda assim, é possível identificar belos arranjos e riffs entre várias passagens.

Página Oficial da Banda no MySpace
https://myspace.com/sorgbm

Be Persecuted - End Leaving (2009)

E quem disse que a terra do sol nascente ou por aquela região não possui banda desse sub-gênero? Sim! Estamos falando da BE PERSECUTED, que retrata o que eu comentei no inicio desta matéria, um som mais sujo e tradicional que remetem a bandas mais antigas do próprio Black Metal, e nem somente deste gênero.

O som é direto, crú, ríspido em todas as formas. Os vocais são simples e seguem uma mesma linhagem do inicio ao fim e as letras contornam o que aqui é discutido: suicídio.

O que chama a atenção, é a capa bastante bastante sugestiva, apesar de simples, o que também conota o que é o som da banda. E, de todas as bandas citadas, esta é a que você menos deve esperar algo mais soturno ou uma atmosfera mais melancólica.

Caso você ouse ouvir a banda, pode começar pelo álbum I.I (2007) que exibe ainda mais o lado "sujo" de produção e a tendência entre o Black Metal e o seu sub-gênero Depressive.

Página Oficial da Banda no Facebook
https://www.facebook.com/BePersecutedOfficial

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp