Slayer: "Nós somos nossos piores críticos", diz Araya

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Emanuel Seagal, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

A Revolver Magazine em dezembro de 2008 entrevistou Tom Araya, baixista e vocalista do SLAYER, que falou sobre a atitude crítica que a banda mantém em relação a si mesma.

5000 acessosKerry King: revelando qual a sua música favorita do Metallica5000 acessosMulheres: as bandas mais famosas em suas versões femininas

Revolver: No momento vocês podem criar uma música do Slayer facilmente?

Tom: "Oh, não. Quero dizer, nós temos uma idéia de como queremos que a música soe; é fazê-la soar como queremos que é difícil. E nós somos nossos piores críticos. E Jeff (Hanneman, guitarrista), cria uma música e ela, para ele, não soa legal, então ele nem se dará ao trabalho de apresentá-la. Os caras tem que gostar das músicas que eles escrevem antes de nós as vermos e ouvirmos. Então desta vez (nas gravações em outubro) ele tinha estas três músicas que ele gostou, e nós fomos ao estúdio com elas e sabíamos como as queríamos, a idéia básica das músicas, e nós precisamos de alguem para se encarregar delas. Não era como se nós fôssemos lá e tocássemos alguns riffs e disséssemos, 'Ok, isso está bom...'"

Revolver: Faz 25 anos desde que "Show No Mercy" foi lançado. Algum plano para comemorar este aniversário?

Tom: "Wow, 25 anos desde aquele álbum, hein? Eu não presto muita atenção nesse tipo de coisa - obviamente (risadas). Você sabe, um dia alguem falou, 'Vocês tem estado juntos por tantos anos'. 'Sério? Wow!' Nós meio que nos olhamos espantados e impressionados. Não é algo que nós tenhamos sentado em algum lugar e falado, 'Nós estamos juntos há cinco anos, vamos fazer uma festa! Nós estamos juntos há 10 anos, vamos fazer uma festa!' ou algo assim. Outras pessoas fazem pra nós. Nós apenas deixamos os anos passarem, 'Cara***, faz tanto tempo?'"

Revolver: O que mantém o Slayer junto neste momento?

Tom: "Nós apenas... fazemos o que fazemos, e somos fãs da banda. Nós sabemos o que podemos fazer e o que não podemos. É porque somos tão fãs do que fazemos que podemos dar um passo atrás e falar, 'Hmm eu não gostaria disso. Isso não seria legal', e os outros caras podem falar, 'É, você está certo'. Ou apenas podemos ouvir algo que gostamos e falar, 'Oh, isso é incrível!' É basicamente como nós vemos as coisas. É assim que nós fazemos como uma banda, então é provavelmente a razão de fazermos o que fazemos por tanto tempo. É simplesmente natural".

A entrevista completa foi publicada na edição "Mega Preview 2009" de fevereiro da Revolver Magazine.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 05 de janeiro de 2013

Kerry KingKerry King
Guitarrista revela qual a sua música favorita do Metallica

762 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores905 acessosBody Count: divulgado videoclipe de covers do Slayer758 acessosBody Count: veja o vídeo para "Raining Blood", do Slayer0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

SlayerSlayer
Fatos sobre Kerry King que o deixariam surpreso

SlayerSlayer
"Tenho orgulho de juntar as galeras do Punk e Metal!"

Big FourBig Four
Astros da cena Heavy escolhem banda preferida

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"

MulheresMulheres
As bandas mais famosas em suas versões femininas

ManowarManowar
A vida real e nada épica dos Reis do Metal?

RockstarsRockstars
As filhas mais lindas dos astros do rock

5000 acessosU2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da banda5000 acessosMarilyn Manson: é do cantor o vídeo mais assustador5000 acessosLemmy Kilmister: A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininha5000 acessosPink Floyd: a banda sustentou a família da atriz Naomi Watts5000 acessosSeparados no nascimento: Tarja Turunen e Laura Muller4632 acessosMachine Head: a experiência de abrir para o Metallica

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online