Rush: dez coisas que você não sabia sobre a banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos, Fonte: ultimate guitar, Tradução
Enviar Correções  

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

1) YYZ, a mais famosa faixa instrumental do Rush’s, foi batizada com o código de identificação do Aeroporto Internacional Pearson de Toronto.

A introdução da música, tocada em 10/8, repete as letras "Y-Y-Z" em código Morse usando vários arranjos musicais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2) Eles têm fãs muito famosos

O líder do Smashing Pumpkins, Billy Corgan, é fã da banda há muito tempo e até já os entrevistou. O cantor de música country, Tim McGraw, também se intitula "grande fã do Rush". A lista completa de fãs famosos é tão longa que tem pelo menos duas páginas.

3) Neil Peart toca uma infinidade de instrumentos de percussão

No álbum ‘A Farewell to Kings' de 1977, ele recebe os créditos por "uma orquestra de instrumentos de percussão, triângulos, sinos tubulares e muitos outros". No álbum seguinte, ‘Hemispheres’, ele adicionou as famosas sinetas de vaca, gongos, tímpanos e outros.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

4) O verdadeiro nome de Alex Lifeson é muito difícil de se pronunciar

Seu verdadeiro nome é Aleksandar Zivojinovic, seus pais são imigrantes sérvios, mas trocou-o por um nome de palco equivalente em inglês, pois seria muito difícil para as pessoas o pronunciarem.

O baixista Geddy Lee, filho de dois poloneses sobreviventes do Holocausto, trocou o seu nome Gary Lee Weinrib.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5) Raramente eles tiraram férias desde o álbum de estreia de 1974

Sério, embora tenham diminuído o ritmo nos anos recentes, eles vêm produzindo sem parar com 18 álbuns de estúdio e ao vivo. De 1974 até 1993, eles praticamente não pararam.

6) Neil Peart não é somente o principal letrista

Ele é também autor com seis livros publicados desde 1996 com as crônicas de suas viagens como músico e motociclista. Sua obra mais recente, ‘Far and Near: On Days Like These’, foi lançada em outubro de 2014.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

7) Terry Brown co-produziu todos os álbuns desde ‘Fly By Night’ de 1975 até ‘Signals’ de 1982

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas a frutífera parceira foi arruinada por uma música: a monstruosa ‘Digital Man’ com seu baixo reagístico. O trio esteva procurando caminhos mais comercialmente acessíveis, porém Brown relutou a deixar as raízes progressivas.

8) Embora a banda seja de Toronto, o seu primeiro sucesso aconteceu quando a DJ Donna Halper tocou a clássica ‘Working Man’ na estação de rádio WMMS de Cleveland.

Ela se tornou sucesso imediato na rádio local levando-os a um contrato com uma gravadora, e o lançamento de um elepê com a Mercury norte-americana e a abrir para pesos pesados como Uriah Heep e Kiss.

9) O nome Rush foi encontrado de uma maneira não usual

Ele veio por meio de Bill Rutsey, o irmão do baterista original da banda, John Rutsey. Bill Banasiewicz explica na biografia de 1988 ‘Rush Visions’: "A banda estava animada, mas tinha um problema", diz ele, "eles tinham o sonho de tocar, porém negligenciaram a escolha de um nome para o grupo. Uns dias antes de fazer o primeiro show, eles se sentaram no porão do John tentando encontrar um nome apropriado. Não tinham sido felizes até o irmão mais velho do John, chamado Bill vir com 'Por que vocês não chamam a banda de Rush?’, e Rush pegou".

10) O Rush é creditado como sendo um dos maiores power trios ao lado do Cream e ELP, entretanto eles tiveram vários músicos de estúdio contratados ao longo dos anos.

O primeiro deles foi Hugh Syme, que tocou teclado em vários álbuns desde ‘2112’. Syme é mais famoso pelas suas artes visuais: ele desenhou todas as capas da banda desde ‘Caress of Steel’ de 1975.


WhiFin Goo336 GooAdHor Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 GooInArt