Vícios: As 10 melhores músicas sobre drogas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Rafael Testa, Fonte: Loudwire e SongFacts
Enviar correções  |  Comentários  | 

Qual é a tríplice sagrada do rock? Sexo, rock'n roll e drogas! Durante a história, as drogas foram responsáveis pela formação de bandas, pela composição de hinos e pela morte de ídolos. Sempre estiveram presentes no mundo do rock seja nos bastidores ou nas próprias composições. Confira um top 10 com o que há de melhor quando o assunto é substâncias incontroláveis.

3857 acessosGuns: em vídeo legendado, crianças reagem ao som da banda5000 acessosRegis Tadeu: a tsunami de lixo musical da atual música brasileira

10- Megadeth - "Use the Man"

Droga: Heroína

Trecho da letra: “Just one shot to say goodbye / One last taste to mourn and cry…” (Só uma injetada para dizer adeus / Mais uma provada para se lamentar e chorar)

Esta canção conta a história de um homem que faleceu depois que teve a sua primeira dose de heroína. Supostamente um amigo de Mustaine.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

9- Black Label Society - "Stoned and Drunk"

Droga: Álcool e remédios

Trecho da letra: "Stoned and drunk completely gone, my world is here to stay. Hide my fears and kill my doubts, whatevers in my way" ( Chapado e bêbado, completamente longe, meu mundo está aqui para ficar. Escondi meu medos e acabei com as dúvidas, não importa o que esteja em meu caminho).

O próprio nome da música já diz, fala sobre a sensação de quando se está drogado e bêbado.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

8- Rush - "A Passage to Bangkok"

Droga: Maconha

Trecho da letra: “Sweet Jamaican pipe dreams, Golden Acapulco nights…” (Sonhos com o doce cachimbo Jamaicano, noites douradas de Acapulco).

Essa música é sobre as dificuldades causadas pelo uso de maconha e ópio, que crescem em Bangkok. Neil Peart admitiu que era usuário de maconha e LSD quando jovem.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

7- Guns N' Roses - "Mr. Brownstone"

Droga: Heroína

Trecho da letra: “I used to do a little but a little wouldn’t do so the little got more and more…” (Eu costumava usar um pouco, mas um pouco não dava. Então o pouco foi aumentando mais e mais).

Browstone é uma referência à heroína, que é marrom. A música é sobre como a droga afetou a banda. A letra diz "o show normalmente começa às 7, subimos ao palco às 9". O atraso de duas horas se dava graças aos efeitos que a droga fazia na banda (Ou é só uma desculpa para as frescura do Axl mesmo).

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

6- Motorhead - "Dead Men Tell No Tales"

Droga: Heroína

Trecho da letra: "But if you’re doing smack, you won’t be coming back…" (Mas se você está fazendo estalo, você não vai mais voltar).

Lemmy jurou nunca mais usar a droga depois que viu uma antiga namorada morrer de overdose. Essa música é totalmente anti-heroína.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

5- Aerosmith - "Combination"

Droga: Heroína e cocaína

Trecho da letra: “You can’t part the three of us once we got a hold…” (Você não pode ser parte de nós três, cada vez que nos abraçamos).

Joe Perry disse sobre a música: "Essa canção é sobre heroína, cocaína e eu."

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

4- Ministry - "Just One Fix"

Droga: Heroína

Trecho da letra: “Life keeps slipping away / Fighting in a war with damnation…” (A vida continua escorregando, lutando em uma guerra com a condenação).

A música fala sobre a dependência de drogas. Curiosamente foi gravada pelo Sepultura e pode ser encontrada no álbum Kairos.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

3- Metallica - "Master of Puppets"

Droga: Cocaína

Trecho da letra: “Pain monopoly, ritual misery, chop your breakfast on a mirror…” (Monopólio da dor, ritual de miséria, mastigue seu café da manhã num espelho).

A música faz referência àqueles que são "escravos" da cocaína.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

2- Black Sabbath - "Snowblind"

Droga: Cocaína

Trecho da letra: "Crystal world with winter flowers turn my days to frozen hours…" (Mundo cristalino com flores de inverno transforma meu dia em horas congeladas)

A banda usou várias drogas, incluindo muita cocaína, enquanto compunha o álbum Snowblind (nome original do Black Sabbath Vol. 4 recusado pela gravadora porque, na época, a cocaína gerou um problema social grave). Ozzy vivia entrando e saindo de clínicas de reabilitação.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

1- Alice in Chains - O álbum "Dirt" inteiro

Droga: Heroína

Trecho da letra: “Nothing better than a dealer who’s high. Be high, convince them to buy…” (Nada melhor do que um fornecedor de drogas que, drogado, nos convencem a comprar).

Jerry Cantrell e Layne Staley escreveram. Foi a maneira que eles encontraram de mostrar o que pensavam sobre o abuso de drogas e como você não consegue entender a mente de um drogado a não ser que você seja um drogado. Infelizmente, Layne Staley morreu de overdose de drogas. O álbum deu notoriedade ao Alice in Chains e possui grandes clássicos da banda como "Them Bones" e "Would?".

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Guns N RosesGuns N' Roses
Em vídeo legendado, crianças reagem ao som da banda

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Skid RowSkid Row
Bach: "Absolutamente nenhum plano de reunião!"

Guns N RosesGuns N' Roses
Slash vai se reunir com a banda? Nunca diga nunca

Guns N RosesGuns N' Roses
Duff diz que os membros nunca perderam contato

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Label Society"0 acessosTodas as matérias sobre "Rush"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"0 acessosTodas as matérias sobre "Aerosmith"0 acessosTodas as matérias sobre "Ministry"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Alice In Chains"

Regis TadeuRegis Tadeu
A tsunami de lixo musical da atual música brasileira

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco

Como se chama?Como se chama?
Conheça os nomes originais de 20 bandas famosas

5000 acessosQueen: 10 coisas que você não sabia sobre Brian May5000 acessosA importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars5000 acessosExodus: "Ninguém é maior que o Maiden na América do Sul!"5000 acessosKiss & Homem-Aranha: megaprojeto cinematográfico da Marvel Comics5000 acessosBlack Sabbath: os 10 momentos memoráveis de Tony Iommi5000 acessosSelena Gomez: e se os fãs de pop ouvissem metal?

Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online