Matérias Mais Lidas

imagemPrika: "Já esperava saída da Fernanda, mas só em longo prazo e não naquele momento"

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagem"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

imagemFãs de Stranger Things do Tik Tok querem cancelar o Metallica

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemMetallica e as duas músicas do "Black Album" que retratam traumas de James Hetfield

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte

imagemTom Morello explica por que o RATM se reúne, mas não lança novas músicas

imagemDinho lembra quando entrevistou Robert Plant sem poder falar sobre Led Zeppelin

imagemIngressos para o Wacken 2023 se esgotam em tempo recorde

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii com citação de canção soviética sobre defender a pátria

imagemRobert Fripp e a frase que Jimi Hendrix lhe disse que aqueceu seu coração

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel


Dream Theater 2022

Obscurity Vision: A banda domina a musicalidade black metal

Resenha - Dark Victory Day - Obscurity Vision

Por Ricardo Cunha
Em 24/08/19

publicidade

Nota: 8

Balneário Rincão, cidade litorânea de Santa Catarina que fica a 186 km ao sul de Florianópolis, na região de Criciúma, não era um lugar apropriado a uma cena do metal extremo até 1997, quando a Obscurity Vision foi idealizada pelos amigos Luiz Rodriguez (guitarrista) e Rafael Vicente (vocalista). A ideia era buscar no death metal e black metal o alicerce para um som rápido, brutal e que gerasse satisfação ao próprio grupo que, no ano 2000, se completou com Daniel Machado (baixo) e R. Nunes (bateria). O quarteto ensaiava suas músicas acrescentando muita melodia e, assim, o peso foi se adaptando à técnica.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2002 a banda finaliza o seu primeiro trabalho de estúdio, a demo Obscurity Creation. A qualidade hospedada em uma produção crua e direta, fez o grupo se aproximar mais do black metal. 2003 chega e uma mudança importante acontece no lineup, Rafael se ausenta e, em seu lugar, assume Gil Souza. Isso durou até 2005. Após uma longa parada, o grupo retorna em 2010 com Luiz ocupando a bateria e seu irmão João Rodriguez a guitarra. Essa formação que ainda contava com Gil no vocal, trouxe Nery Bauer no baixo. Foi um período construtivo com shows e novas composições, mas que acabou em 2012.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Definitivamente a banda se ergue em 2016 e, com casa arrumada, Luiz Rodriguez retoma a posição de guitarrista e Luiz Tretin assume a bateria. Com o retorno de Rafael ao grupo a banda cai na estrada promovendo alguns shows até entrar em estúdio para a gravação do single I Can See, que foi incluído no relançamento da demo Obscurity Creation nesse mesmo ano. Descoberta por muitos bangers da Região Sul a banda viveu bons momentos conduzidos por este registro, que recebeu muitos elogios. "O grupo foca seus esforços na criação de uma forma brutal de death/black metal, mas adornada com melodias ótimas", resume Marcos Garcia do blog Heavy Metal Thunder. "I Can See" que se tornou carro-chefe da banda, foi produzida no estúdio A Todo Volume, em Forquilhinha/SC. No dia 11 de novembro de 2016, a música estreia no Youtube como lyric video e, de lá pra cá, cresce em número de acessos revelando o interesse do headbanger na música nebulosa da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com novas composições na bagagem, em 2017 o quinteto começa a trabalhar no primeiro full-length, mas sem deixar de lado a rotina de shows. O álbum sai em dezembro e é disponibilizado em dezenas de plataformas de streaming. Dark Victory Day ganhou vida com treze faixas sinônimas em talento, provindas da dedicação do grupo que fez o lançamento físico de forma independente. A música Violência ganhou videoclipe legendado e o álbum chegou com uma produção sem tanta "alegoria", mostrando a crueza dos riffs sujos e pegada valorizando o peso e velocidade, porém, destacando bem a melodia que sempre foi o ponto forte da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2018 segue como ano de desafios e conquistas. As confirmações em grandes festivais undergrounds de Santa Catarina, como "Inferno Metal Fest" e "Brutal Metal Fest" deram mais visibilidade ao grupo que formou parceria com os selos Profanação Metálica Distro e Rono Abrasax Distro Rec. para a distribuição do álbum. Inevitavelmente, a OBSCURITY VISION cairia nas graças da cena extrema nacional, com notas de imprensa em veículos importantes do Brasil, como Roadie Crew, Arte Metal, Heavy Metal Thunder BR, Coletivo La Migra e Roadie Metal.

Devido à incompatibilidade de agenda, Nery teve de sair da banda, pois seu trabalho como produtor musical e outras funções começavam a conflitar com a rotina do grupo. Em seu lugar, o velho conhecido do cenário local, Thiago Junglaus (ex-Forest Of Demons) assume o baixo e já chega mostrando serviço na gravação do single inédito The Deception of Truth, lançado como videoclipe em setembro de 2018. Com o line-up redefinido, a banda assina com a Brauna Music Press para trabalho de representação. A OBSCURITY VISION segue marcando shows pelo Brasil e exterior, enquanto compõe novos "hinos" e promove o seu debut.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dark Victory Day é um disco que coloca a banda, salvas as devidas proporções, no mesmo patamar de nomes como Lycanthropus, Tsjuder e UADA. Deve-se ter em mente que o essencial sobre a música da banda é que domina a musicalidade Black metal e, por isso, nada deve aos grandes nomes da cena underground mundial. Entretanto, um – apenas um – detalhe faz com que o disco não atinja a nota máxima nesta ocasião: a escolha do timbre da bateria que, para este que vos escreve, contrasta enormemente com os demais instrumentos. Todavia, nada que tire o "brilho negro" do disco em questão. O que se ver aqui é uma fúria poucas vezes vistas nos álbuns de estréia de qualquer banda nacional. Mas não apenas fúria, os caras sabem tocar e demonstram profissionalismo na execução. Afinal, não é por ser adepta de um estilo brutal que uma banda deve fazer as coisas de qualquer jeito. Na prática, este disco representa para mim, um trabalho no qual os músicos estão reunindo as condições para o que virá!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Dark Victory Day - Obscurity Vision

Resenha - Dark Victory Day - Obscurity Vision

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?


Sobre Ricardo Cunha

Editor no site Esteriltipo - Marketing de Conteúdo.

Mais matérias de Ricardo Cunha.