RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemO que faltou para o Overkill entrar no "Big Four" do thrash, segundo D. D. Verni

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemEmpresário do Kiss afirma que a última turnê da banda vai acabar em 2023

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo


Stamp

Anaemia: Death/Doom da Suécia

Resenha - Second Incarnation - Anaemia

Por José Sinésio Rorigues
Postado em 11 de agosto de 2019

Nota: 8

De cara vou avisando: esta banda é um grupo de White Metal. Aviso já na chegada para que você não perca seu tempo lendo esta resenha, caso seja daqueles que acham que religiosidade e Metal não combinam, caso seja daqueles que pensam que bandas de White Metal merecem apenas o puro ostracismo. Mas se você acha que o Metal é um estilo musical que permite a abordagem de qualquer temática (o que é verdade), convido-o a continuar lendo esta resenha (na verdade, pensando bem, é justamente quem tem aversão a bandas de White Metal quem mais deveria ler isto aqui e conhecer o ANAEMIA, você não acha?).

Falemos então de The Second Incarnation, lançamento da banda sueca ANAEMIA, formada em 1994. O CD já empolga por sua embalagem: ele vem numa espécie de book, mais conhecido como digipack. E quando o negócio começa a rodar, já nos deparamos com a faixa-título, uma música que se inicia lenta, num primeiro momento, com um vocal limpo e, em poucos segundos, evolui para uma sonzeira pesada e poderosa, sem resquício de viadagem, com vocalzão gutural vomitado, lembrando o grito de um porco sendo abatido (não é força de expressão: eu morei no sítio, já vi porcos sendo abatidos a facadas e posso garantir que a coisa é tétrica!). Som volátil, mas pesado, muito caprichado, com peso bruto na guitarra. Inclusive, esta música é o grande destaque do trabalho, uma vez que se sobressai em relação às outras. Não que as demais faixas sejam ruins, muito pelo contrário, mas esta primeira tem aquele "quê" capaz de fazer com que ela realmente mereça ser a faixa-título.

As demais faixas são todas excelentes, de forma que é difícil destacar uma ou outra. De um modo geral, todas se enquadram naquilo que podemos chamar de metal agressivo, mas não rápido, trazendo evidentes influências do Gótico, Thrash e Death Metal. O verdadeiro destaque deste grupo são seus integrantes: o baterista faz uso de duplos com maestria, as guitarras são grotescamente pesadas e melodiosas, o vocal apresenta evidentes influências de Thrash Metal. Além da já citada faixa-título, "The Second Incarnation", você precisa ouvir "Beyond The Death", um som com variações interessantes, "Beneath The Sun", que nos mostra influências clássicas, "Enter The Ilusion", com um refrão impactante, "As Darkness Fall", uma das melhores do álbum, "To Bleed", que é muito bem feita, e a ótima "By Nothingness Embraced".

Ah, sim, antes que eu me esqueça: este trabalho é lá de 1999. Mas o som se mantém atual, não deixando nada a dever a nenhum grupo que tenha surgido posteriormente. O negócio é bom demais! Ouva!...

Formação do ANAEMIA na época do álbum The Second Incarnation:
*Tobias Ogenblad – Bateria
*Kim Stranne - Vocal
*Chriss Sundqvist – Guitarra
*Martin Svensson – Baixo (músico convidado)

Track List do álbum The Second Incarnation:
1. The Second Incarnation
2. Enter The Ilusion
3. As Darkness Fall
4. Beyond The Death
5. Beneath The Sun
6. Your Soul Denied
7. To Bleed
8. Abstract Pain
9. By Nothingness Embraced

Bandas Similares:
AVEC TRISTESSE, do Brasil;
MY SILENT WAKE, do Reino Unido;
ALCHEMIST, da Austrália (sem a sonoridade Industrial);
THROES OF DAWN, da Finlândia;
DISTRAUGHT, do Brasil;
DARK TRANQUILITY, da Suécia;
SOUL EMBRACED, dos Estados Unidos;
ESTERTOR, da Bolívia;
CREMATORY, da Alemanha;
VADER, da Polônia;
MUSAKA, da Bósnia-Herzegovina;
CENTURY SLEEPER (Estados Unidos/Reino Unido);
VISIONAIRE, dos Estados Unidos.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal