Matakabra: Questões raciais são apresentadas em novo trabalho

Resenha - Marginal - Matakabra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Renan Soares
Enviar Correções  

10

A banda recifense de death metal "Matakabra" lançou recentemente o seu mais novo EP intitulado "Marginal", esse que veio para suceder o já consagrado "Prole", lançado em 2016.

IGN Music: os álbuns de Metal mais influentes segundo o site

Metallica: Perguntas, respostas e curiosidades diversas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim como em seu antecessor, o Matakabra mostrou em seu novo trabalho uma forte influência da banda paulista Project46, apresentando um som bastante pesado, de qualidade, e mostrando letras com fortes críticas sociais.

O EP em questão apresenta apenas três músicas, sendo uma delas uma intro (Orgum).

Enquanto o "Prole" teve como foco criticar diretamente a mídia manipuladora, o "Marginal" ficou mais voltado para a questão histórica racial do Brasil, falando da herança maldita que o país recebeu dos tempos da escravidão e como os negros sofrem com isso até hoje.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A faixa "Orgum", a intro do trabalho, foi uma boa forma de iniciar o EP, apresentando um pouco dos sons da cultura afro, ilustrando o que estar para ser apresentado no EP.

No mais, se você procura por um som pesado, cativante e com letras fortes, tenha certeza que o EP "Marginal" da banda Matakabra não irá te decepcionar, principalmente se você também for fã do Project46.

TRACKLIST:
1- Orgum (intro)
2- No Açoite
3- Mordaça




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


IGN Music: os álbuns de Metal mais influentes segundo o siteIGN Music
Os álbuns de Metal mais influentes segundo o site

Metallica: Perguntas, respostas e curiosidades diversasMetallica
Perguntas, respostas e curiosidades diversas


Sobre Renan Soares

Nascido em Recife no dia 03 de novembro de 1994, Renan adentrou ao mundo do rock/metal a partir dos 13 anos de idade e até hoje permanece fielmente no mesmo. Desde que se formou em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, tem se dedicado a conseguir dar a relevância merecida ao nome do estilo.

Mais matérias de Renan Soares no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280