Matérias Mais Lidas

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha

Youtuber expõe miséria que Spotify repassa a bandas de metal brasileiroYoutuber expõe miséria que Spotify repassa a bandas de metal brasileiro

A música do Metallica que Kurt Cobain não parava de pedir para Kirk HammettA música do Metallica que Kurt Cobain não parava de pedir para Kirk Hammett

Anitta explora rock e punk em nova música Boys Don't Cry, segundo revistaAnitta explora rock e punk em nova música "Boys Don't Cry", segundo revista

Chega de Angra e Megadeth: Quais as favoritas do Kiko Loureiro pra tocar de boa em casa?Chega de Angra e Megadeth: Quais as favoritas do Kiko Loureiro pra tocar de boa em casa?

Black Sabbath: o dia que o jardineiro de Iommi chamou álbum da banda de Eternal IdiotBlack Sabbath: o dia que o jardineiro de Iommi chamou álbum da banda de "Eternal Idiot"

Judas Priest: a surpreendente música que colocou a banda no mainstreamJudas Priest: a surpreendente música que colocou a banda no mainstream

O álbum que mudou vida de Tuomas Holopainen e possibilitou criação do NightwishO álbum que mudou vida de Tuomas Holopainen e possibilitou criação do Nightwish

Iron Maiden: veja Adrian Smith cantando Wasted Years durante show do Smith/KotzenIron Maiden: veja Adrian Smith cantando "Wasted Years" durante show do Smith/Kotzen

Legião Urbana: conheça o casal que inspirou Eduardo e Mônica, que virou filmeLegião Urbana: conheça o casal que inspirou "Eduardo e Mônica", que virou filme

A forte resposta de Cazuza para sua mãe ao ser questionado sobre sua orientação sexualA forte resposta de Cazuza para sua mãe ao ser questionado sobre sua orientação sexual

Kiko Loureiro e shows que fez doente com Megadeth e Angra; contando minutos pra voltarKiko Loureiro e shows que fez doente com Megadeth e Angra; "contando minutos pra voltar"

Black Sabbath: Tony Martin achou que fosse apanhar de Dio no primeiro (e único) encontroBlack Sabbath: Tony Martin achou que fosse apanhar de Dio no primeiro (e único) encontro

Kiko Loureiro comenta sobre sua perda de audição e aconselha fãs e músicosKiko Loureiro comenta sobre sua perda de audição e aconselha fãs e músicos


Crematory: "Live Inssurrection", 17 faixas de puro deleite auditivo

Resenha - Crematory - Live Insurection

Por Ivison Poleto dos Santos
Em 09/09/17

Faz um bom tempo que não ouço falar de álbuns ao vivo. Ou não percebo o seu lançamento. Talvez as duas coisas. Mas é que parece que depois de tudo o que foi dito sobre os famosos overdubbings em álbuns famosos e clássicos, sobre o "Speak Of The Devil" do Ozzy e tudo o mais, os álbuns ao vivo ficaram manjados e os fãs com muitas suspeitas. É natural. Talvez seja apenas uma daquelas fases de recesso. Só isso. Mas receber o "Live Insurrection" do Crematory foi realmente uma surpresa. O Crematory é uma banda com muitos anos de estrada que eu, simplesmente, não conhecia. Fazer o que, não conhecia. Passou batido como muitas outras grandes bandas dos anos 1990 que passaram batido. Vergonhoso talvez, mas fazer o que? Reconciliar-me com o Crematory e escrever uma resenha de "Live Insurrection". Certo?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A minha primeira impressão com "Live Insurrection" foi um grande deja vú. A música do Crematory estava na minha cabeça há muitos anos mesmo nunca tendo ouvido nada da banda. Conheci o tipo de som que o Crematory faz pelas coletâneas da Planet Metal no final dos anos 1990. Foi nelas que escutei pela primeira vez a mistura de vocais guturais com vocais limpos em músicas que não exploravam a velocidade da luz, como eu estava acostumado a ouvir nas primeiras bandas de metal extremo. E eu me lembro de ter ficado extremamente surpreso e impressionado. O uso de teclados para dar aquela atmosfera de horror e densidade para mim era uma completa novidade. Por isso, a sensação de deja vú com este álbum do Crematory que utiliza os teclados com a mesma competência para dar um clima soturno às suas músicas como em "Ravens Calling".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Muitos falam que os anos 1990 foram um desastre para a música pesada. Eu discordo completamente. O Metal se realmente se dividiu em vários subgêneros, mas isso ao invés de o enfraquecer, fortaleceu-o. Essa mistura de vocais limpos com vocais guturais é simplesmente uma das coisa mais legais que já inventada no Metal. Os caras que começaram a fazer isso deveriam ganhar um monumento. O poder de músicas como "Pray" não me deixa mentir. O Crematory foi uma das bandas que conseguiu colocar os teclados como instrumento essencial para o Metal, e o resultado podemos verificar em "Live Insurrection" que possui músicas marcantes como "Everything", que é uma espécie de hino para o Crematory. E fica muito melhor ao vivo. "And everything I lost" não conhecendo o Crematory antes…

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Live Insurrection" possui dezessete faixas de puro deleite auditivo. Mais uma demonstração do que nossos amigos lusos chamam de beleza bestial. O liricismo de "Everything" é simplesmente tocante. Também devo ressaltar o trabalho que a banda faz com os efeitos. Em qualquer outra banda eles soariam ridículos, mas o Crematory consegue integrá-los à sua música de forma magistral. Parece que as guitarras ficam ainda mais poderosas, que a bateria bate mais forte..

Sem saber, foram bandas como o Crematory que me fizeram gostar de metal extremo com os seus contrastes musicais em músicas como "The Fallen", cujo solo de guitarra é tão simples e tocante que fica sensacional. Um realce também para "Höllenbrand", cujo instinto faz a mágica.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A primeira vez com o Crematory foi muito bacana. "Live Insurrection" foi lançado em 8 de setembro pela Steamhammer / SPV. Eu sinceramente espero que eles lancem mais.

Lista de músicas:

1 - Intro
2 - Misunderstood
3 - Fly
4 - Greed
5 - Tick Tack
6 - Instrumental
7 - Haus mit Garten
8 - Ravens Calling
9 - Pray
10 - Everything
11 - Instrumental
12 - Shadowmaker
13 - The Fallen
14 - Höllenbrand
15 - Die So Soon
16 - Kommt näher
17 - Tears Of Time

Assista ao vídeo ao vivo oficial de "Everything" aqui:

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos.