Heavenless: death/thrash/doom metal da mais alta qualidade

Resenha - Whocantbenamed - Heavenless

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9

Grata surpresa vinda de Mossoró/RN, o trio HEAVENLESS surpreende e impressiona até os fãs já acostumados com a qualidade das bandas de metal extremo de nosso urderground.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E isso porque, se trata do primeiro álbum da banda, que foi formada em 2015, e já possui uma maturidade absurda, sendo que parece que estamos ouvindo o trabalho de um grupo já consagrado, com anos de estrada, tamanha a qualidade que encontramos por aqui, tanto de produção, como de composição e execução de cada uma das 09 faixas de "Whocantbenamed".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O som do trio é uma mescla bem coesa e obscura de death, thrash e doom metal, que se encontram de forma orgânica e perfeita, criando uma sonoridade brutal e única, variando entre momentos mais velozes, e outros mais cadenciados (bem mais presentes), e sempre com um peso brutal.

Há também alguns elementos mais modernos, muito bem encaixados, e que fazem toda a diferença por aqui.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os destaques ficam para "Enter Hades" e "Odium", que seguem a linha mais death metal tradicional, e para as porradas "The Reclaim" e "Soothsayer", que trazem bem latentes os elementos de doom metal incorporados à sonoridade da banda.

Um trabalho realmente impressionante, de uma banda que tem um potencial gigantesco, e que precisa ser ouvido por todos os apreciadores da música extrema de qualidade. Se é o seu caso, corra já atrás.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Whocantbenamed - Heavenless
(2017 – Rising)

01 – Enter Hades
02 – Hopeless
03 – The Reclaim
04 – Hatred
05 – Soothsayer
06 – Odium
07 – Uncorrupted
08 – Deceiver
09 – Point-blank


Outras resenhas de Whocantbenamed - Heavenless

Heavenless: Brutalidade em mais alto nível

Heavenless: Celestial apenas no nome!

Heavenless: Técnica, variações e muito peso em sua estreia

Heavenless: Peso e qualidade indiscutíveis




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Johnny Ramone: Não era bom abrir o show do Black SabbathJohnny Ramone
"Não era bom abrir o show do Black Sabbath"

Rob Halford: Uma resposta educada a comentários de DickinsonRob Halford
Uma resposta educada a comentários de Dickinson


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336 Cli336