Matérias Mais Lidas

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemRegis Tadeu se garante e não retira uma palavra do que disse sobre Di'Anno e Iron Maiden

imagemDez ótimas músicas do Iron Maiden escritas pelo agitado guitarrista Janick Gers

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA inesperada música do Whitesnake que serviu de inspiração para "Carry On" (Angra)

imagemA "traumática" e "desagradável" experiência de ser preso, segundo Arnaldo Antunes

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemEpisódio de Stranger Things 4 relembra Ozzy Osbourne e a "mordida do morcego"

imagemHelloween divulga vídeo de "Best Time", com participação de Alissa White-Gluz

imagemAC/DC: Angus Young recorda como fazia para ouvir rock em seus tempos de garoto

imagemA estratégia usada por Mille Petrozza, do Kreator, para "reaprender" músicas antigas

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemNando Reis: Como falta de luz e jogo de cartas inspiraram arranjo de "Malandragem"

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica


Stamp

Left Hand: Preparados para uma bela dor de pescoço?

Resenha - Scientifical Plague - Left Hand

Por Vicente Reckziegel
Em 23/12/15

Nota: 8

Se você não gosta de um Metal mais pesado, daquele Thrash Metal que em alguns momentos tem um quê de Hardcore e chega a flertar com o Death Metal pela violência sonora, pode parar de ler esta resenha neste exato momento. Agora, se esse estilo for teu preferido, seja bem-vindo a conhecer o Left Hand e seu segundo EP, "Scientifical Plague".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

E o que a banda carioca apresenta aqui é música do mais alto nível, e a gravação/produção de "Scientifical Plague" ajudou e muito o resultado final, mais um belo trabalho da dupla onipresente do cenário nacional Marcello Pompeu e Heros Trench. E não é a toa que o som da banda é muito voltado para bandas clássicas do Thrash Metal, como Exodus, Claustrofobia e a própria Korzus, mas sem soar mera cópia.

Tudo começa com a furiosa "Countdow for a Life", música que não deixa pedra sobre pedra, e é o perfeito cartão de visita da banda. Mas é com a faixa-titulo que o bicho pega. É difícil compor música tão perfeita no estilo como os caras fizeram. Tudo aqui funciona de forma correta, seja o grande vocal de Lenhador, as guitarras certeiras e matadoras da dupla Rafael e Chicano, inclusive com uma parte um pouco mais melódica em sua metade, ou a cozinha absurda de Castor (Bateria) e Rubens (Baixo). Na minha opinião, se a banda quisesse mostrar uma música que demostrasse perfeitamente o que é o Left Hand, "Scientifical Plague" obrigatoriamente deveria ser a escolhida.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Depois "Fire of Straw" mantém o nível lá em cima, com um clima meio Pantera em alguns momentos. "Last Bitter Tear" fica um pouco aquém das demais, mas ganhou um vídeo-clipe bem legal e divertido. E tudo termina no mesmo nível do inicio com "Submission", com participação do próprio Marcello Pompeu e bateria insana em seu inicio, além de boas variações durante sua duração. Ao final, "Scientifical Plague" mostra que já está mais que na hora da banda soltar seu primeiro Full Length.

Preparados para uma bela dor no pescoço?

5 Faixas – 20:10

Formação:
Lenhador – Vocal
Rafael – Guitarra
Chicano – Guitarra
Castor – Bateria
Rubens – Baixo

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Tracklist:
1. Countdown for a Life
2. Scientifical Plague
3. Fire of Straw
4. Last Bitter Tear
5. Submission


Outras resenhas de Scientifical Plague - Left Hand

Resenha - Scientifical Plague - Left Hand

Resenha - Scientifical Plague - Left Hand

Resenha - Scientifical Plague - Left Hand

Resenha - Scientifical Plague - Left Hand

Resenha - Scientifical Plague - Left Hand

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel.