Matérias Mais Lidas

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Raimundos: vão cancelar Renato Russo?, diz Digão ao postar vídeo com falas do cantorRaimundos: "vão cancelar Renato Russo?", diz Digão ao postar vídeo com falas do cantor

Brian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentáriosBrian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentários

W.A.S.P.: a condição imposta por Blackie Lawless para entrada de Aquiles PriesterW.A.S.P.: a condição imposta por Blackie Lawless para entrada de Aquiles Priester

Celtic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; admiro imensamenteCeltic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; "admiro imensamente"

Thiago Castanho: pede pra ele tocar guitarra e cantar, diz sobre filho de ChorãoThiago Castanho: "pede pra ele tocar guitarra e cantar", diz sobre filho de Chorão

Queensryche: vocalista não esconde mais seus cigarros e não liga para os críticosQueensryche: vocalista não esconde mais seus cigarros e não liga para os críticos

Deep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeçaDeep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeça

Mötley Crüe: John Corabi sente-se insultado pela forma que foi retratado em The DirtMötley Crüe: John Corabi sente-se insultado pela forma que foi retratado em "The Dirt"

Angra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metalAngra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metal

Megadeth: as músicas que o baterista Dirk Verbeuren mais gosta de tocar ao vivoMegadeth: as músicas que o baterista Dirk Verbeuren mais gosta de tocar ao vivo

Audioslave: a opinião do guitarrista Tom Morello sobre o hit CochiseAudioslave: a opinião do guitarrista Tom Morello sobre o hit "Cochise"

Angra: Kiko Loureiro diz quais álbuns lançados pela banda são os seus favoritosAngra: Kiko Loureiro diz quais álbuns lançados pela banda são os seus favoritos

Slash: o álbum clássico que fez ele mudar do baixo pra guitarraSlash: o álbum clássico que fez ele mudar do baixo pra guitarra

Black Sabbath: Tony Iommi afirma que gostaria de remixar o álbum Born AgainBlack Sabbath: Tony Iommi afirma que gostaria de remixar o álbum "Born Again"


Garimpeiro
Monolito02

Sammy Hagar: Que bom que ainda podemos ouvir o Red Rocker!

Resenha - At Your Service - Sammy Hagar & The Circle

Por Ricardo Pagliaro Thomaz
Em 10/10/15

Nota: 10

Que bom que ainda podemos ouvir o Red Rocker! Eu sou um grande fã desse cara. Descobri o Van Halen através dele, quando era moleque, e desde que ele deixou a banda eu venho acompanhando sua carreira solo e seus outros trabalhos. Vou ser totalmente sincero aqui com vocês, se tivesse hoje, um show do Van Halen e um do Sammy Hagar acontecendo no mesmo dia e horário, amigo, por mais que eu seja fã do Van Halen, eu escolheria o show do Hagar, sem pestanejar! O cara transborda carisma e é um talento nato. E vou dizer mais uma coisa aqui, os puristas vão me matar, mas a banda do Hagar hoje está muito melhor do que a banda dos irmãos Eddie e Alex, pronto, falei. Desculpe quem discorda.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

E se alguém aí ainda duvida, é só pegar este lançamento de 2015, At Your Service, lançado com Hagar e sua nova banda, o Sammy Hagar & The Circle, e ver quem está lá. Mike Anthony, Jason Bonham (filho de Bonzo) e Vic Johnson, guitarrista de longa data de Hagar. Dessa forma, temos metade da formação do Van Halen de 1985 à 1995, o filho de Bonzo comandando as baquetas e um grande guitarrista que já tocou até em banda de R&B e Soul.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O show é um apanhado de Hagar e de sua carreira de forma geral, tanto solo quanto em suas respectivas bandas, o Montrose, o Van Halen, enfim, quase todo o trabalho musical que ele veio realizando durante todos esses anos, reunidos aqui neste showzaço gravado em 2014 em CD duplo. Há também muitas incursões Zeppelianas, que o Red Rocker promove para a alegria de todos, e, acredito eu, especialmente de Jason, cujo pai comandou as baquetas do Led.

Da carreira solo de Hagar, podemos destacar ótimas músicas como "There's Only One Way to Rock", música que inclusive ele costumava tocar com o Van Halen nos shows; temos o grande clássico "I Can't Drive 55", que inclusive vale menção aqui, uma vez que estamos nos aproximando da data em que o Marty e o Doc em Back to the Future II vieram para o futuro, e essa música tocou no filme, no trecho do ano de 1985 alternativo, e eu vibrava toda vez que ela começava a tocar no filme quando Marty se depara com o seu presente alterado; também temos o blues "Little White Lie" e o hardão oitentista "Heavy Metal" encerrando o ótimo repertório de músicas solo de Hagar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Do Montrose, somente temos "Rock Candy", o que eu achei uma pena, porque essa banda tem algumas outras músicas legais no seu repertório que Hagar poderia executar, mas creio que no fim essa é a mais conhecida do grupo mesmo.

O que realmente não falta aqui é Van Halen, aliás, graças a Deus! Há sete clássicos do Van Halen que a banda faz nesse show para delírio de todos que gostam do Van Halen dessa era, e olha, mesmo assim eu ainda achei pouco! Sou um grande fã do Van Halen com Hagar, e escutar estes sons para mim é pura nostalgia. Temos "Poundcake", lembra? Que o Eddie iniciava com uma furadeira? Eu achava isso o máximo! Temos também a clássica "Right Now", essa era, sem sombra de dúvidas a minha favorita da era Hagar, eu simplesmente adoro essa música. Outros clássicos da era Hagar são a balada "When It's Love", "Why Can't This Be Love" e alguns dos grandes hits dessa era, como "Finish What Ya Started" e a ótima "Best of Both Worlds", que inclusive foi também o título da última compilação do Van Halen englobando músicas da era Lee Roth e da era Hagar. Terminando o set do Van Halen, uma versão acústica interessante da belíssima "Dreams", embora eu preferisse muito mais escutar a versão original dela, mas valeu pela versão acústica.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

E para finalizarmos, a banda faz um set animal com quatro dos maiores clássicos do Led Zeppelin, banda que inclusive o Hagar tem profundas influências, não é a toa que ele chamou Jason Bonham para integrar o grupo. Dentre estes clássicos, minha grande favorita é o blues "When the Leeve Breaks" que eu simplesmente adoro, mas também temos sons vintage como "Good Times Bad Times", o clássico zeppeliano "Whole Lotta Love" e a pancada "Rock and Roll". E Jason Bohnam até mesmo emenda em seu solo de bateria um trechinho de "Moby Dick", um dos clássicos exercícios de bateria zeppelianos e um dos solos mais conhecidos do planeta.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Hagar é super carismático em palco. Interage e elogia seus músicos, chama o pai de Jason de mestre, deixa seus músicos se destacarem em momentos individuais, conversa com a plateia animadíssima, enfim, de forma diferente de David Lee Roth que é um showman de nascença, Hagar dá seu show e faz a alegria de todos os presentes. Outra coisa legal é que Hagar vibra com cada introdução de música, citando inclusive o ano da música que vai cantar, como uma grande conquista sua e de seus amigos de banda.

Enfim, um show de celebração do músico em relação a seu trabalho e de o quanto todo este trabalho significou e ainda significa para eles e a audiência. Se você, caro leitor, assim como eu, está morrendo de saudade do Van Halen com Hagar e de ouvir o som vibrante do Red Rocker, este disco é obrigatório para você. Van Halen e seus amigos estão a seu serviço, prontos para te alegrar por uma hora e 35 minutos de show e pura nostalgia.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

At Your Service (2015)
(Sammy Hagar & The Circle)

Tracklist:
Disco 1:
01. There's Only One Way To Rock
02. Rock Candy (Montrose)
03. Good Times Bad Times (Led Zeppelin)
04. Poundcake (Van Halen)
05. I Can't Drive 55
06. Mikey Bass Solo
07. When It's Love (Van Halen)
08. Whole Lotta Love (Led Zeppelin)
09. Little White Lie
10. When The Levee Breaks (Led Zeppelin)

Disco 2:
01. Jason Drum Solo / Moby Dick (Led Zeppelin)
02. Why Can't This Be Love (Van Halen)
03. Finish What Ya Started (Van Halen)
04. Heavy Metal
05. Vic Guitar Solo
06. Best of Both Worlds (Van Halen)
07. Right Now (Van Halen)
08. Rock and Roll (Led Zeppelin)
09. Dreams (Van Halen, acústica)

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Selos: Mailboat Records

The Circle é:
Sammy Hagar: voz
Vic Johnson: guitarra
Michael Anthony: baixo, voz
Jason Bonham: bateria

Discografia recomendada:
(Obs.: normalmente eu coloco a discografia, mas como o material do disco não está vinculado somente a uma banda ou artista somente, estas referências são os discos contendo as gravações originais das músicas do show)

Van Halen:
- For Unlawful Carnal Knowledge (1991)
- OU812 (1988)
- 5150 (1986)

Sammy Hagar:
- Marching to Mars (1997)
- VOA (1984)
- Standing Hampton (1982)

Montrose:
- Montrose (1973)

Led Zeppelin:
- Led Zeppelin IV (1971)
- Led Zeppelin II (1969)
- Led Zeppelin (1969)

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Site oficial: www.redrocker.com

(Para mais informações sobre música, filmes, HQs, livros, games e um monte de tralhas, acesse também meu blog:
acienciadaopiniao.blogspot.com.br)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Sammy Hagar: ex-vocalista do Van Halen diz que no passado já recebeu visita de ETsSammy Hagar: ex-vocalista do Van Halen diz que no passado já recebeu visita de ETs

Ratt: veja Stephen Pearcy cantando clássico do Led Zeppelin com Sammy HagarRatt: veja Stephen Pearcy cantando clássico do Led Zeppelin com Sammy Hagar

Van Halen: Sammy Hagar diz que banda tentou enterrar trabalhos gravados por eleVan Halen: Sammy Hagar diz que banda tentou "enterrar" trabalhos gravados por ele

Van Halen: Sammy Hagar gostava do som da banda, mas odiava as palhaçadas de Lee RothVan Halen: Sammy Hagar gostava do som da banda, mas odiava as "palhaçadas" de Lee Roth

Van Halen: Sammy Hagar diz por que não tem respeito pelo trabalho de David Lee RothVan Halen: Sammy Hagar diz por que não tem respeito pelo trabalho de David Lee Roth


Sammy Hagar: vocalista fica até envergonhado da sua FerrariSammy Hagar: vocalista fica até envergonhado da sua Ferrari

Sammy Hagar: Os irmãos Van Halen me f***ram quatro vezesSammy Hagar: "Os irmãos Van Halen me f***ram quatro vezes"

Van Halen: Sammy Hagar gostava do som da banda, mas odiava as palhaçadas de Lee RothVan Halen: Sammy Hagar gostava do som da banda, mas odiava as "palhaçadas" de Lee Roth


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo


Sobre Ricardo Pagliaro Thomaz

Roqueiro e apreciador da boa música desde os 9 anos de idade, quando mamãe me dizia para "parar de miar que nem gato" quando tentava cantarolar "Sweet Child O'Mine" ou "Paradise City". Primeiro disco de rock que ganhei: RPM - Rádio Pirata ao Vivo, e por mais que isso possa soar galhofa hoje em dia, escolhi o disco justamente por causa da caveira da capa e sim, hoje me envergonho disso! Sou também grande apreciador do hardão dos anos 70 e de rock progressivo, com algumas incursões na música pop de qualidade. Também aprecio o bom metal, embora minhas raízes roqueiras sejam mais calcadas no blues. Considero Freddie Mercury o cantor supremo que habita o cosmos do universo e não acredito que há a mínima possibilidade de alguém superá-lo um dia, pelo menos até o dia em que o Planeta Terra derreter e virar uma massa cinzenta sem vida.

Mais matérias de Ricardo Pagliaro Thomaz.