Anthares: Evolução e Maestria Undergrounds

Resenha - O Caos da Razão - Anthares

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruno Faustino de Oliveira Torres
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Após 28 anos do lançamento debut “No limite da força”, e de 8 anos inativos (1996-2004), a banda paulista Anthares recentemente lançou seu 2° álbum de estúdio, que intitula-se “O Caos da Razão”.

5000 acessosLed Zeppelin: a inspiração por trás de "Kashmir"5000 acessosVan Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana


Não posso negar que a primeira audição se deu com muita expectativa, pois após muito tempo uma das principais bandas do cenário underground nacional volta a lançar material inédito.

Iniciando a audição temos a faixa “Sementes Perdidas” que logo de cara já mostra uma aula de riffs e agressividade, mostrando que o Anthares não voltou à ativa para decepcionar.

Em seguida vem “Ócio” que segue a mesma cozinha thrash, com um som direto e sem enrolações, destacando-se o vocal de Diego Nogueira.
Seguindo a diante, temos a faixa título, que é simplesmente um pandemonium sonoro, guitarras afiadas, a dupla Topera e Maurício mostrando uma grande afinidade fazendo desta um uníssono, transformando o resultado em maestria.

Destacam-se ainda “No Poço do Obscuro”, (música da qual é iminente a evolução do trabalho de Evandro Jr. e Pardal, ambos da formação original da banda), “Mercador da Fé”, “Sonho Negro” e “Canibal”.
“O Caos da Razão” é realmente um retorno glorioso do Anthares, que sem dúvida além de superar a expectativa, já deixa a esperança de que venha muito mais futuramente.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Faixas :

Sementes Perdidas
Ócio
O Caos da Razão
No Poço do Obscuro
Dor Imortal
Mercador da Fé
Pesadelo Sul-Americano
Sonho Negro
Corporação do Terror
Canibal

Formação :

Pardal Chimello - Baixo
Diego Nogueira - Vocais
Mauricio Amaral – Guitarras
Eduardo "Topperman" Scarellis - Guitarras
Evandro Jr. - Bateria

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de O Caos da Razão - Anthares

648 acessosAnthares: Mais caótico, impossível!

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Anthares"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Anthares"

Led ZeppelinLed Zeppelin
A inspiração por trás de "Kashmir"

Van HalenVan Halen
O constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

Heavy MetalHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

5000 acessosAC/DC: prostitutas revelam as esquisitices de Phil Rudd5000 acessosAC/DC: a história do nome e a idéia do uniforme de Angus5000 acessosO trágico acidente que vitimou o Lynyrd Skynyrd5000 acessosO Metaleiro: versão pesada para Funk do Mortal Kombat5000 acessosSystem Of A Down: brigas durante a gravação de Toxicity5000 acessosBruno Sutter: ouça em primeira mão o 1º single, "The Best Singer in the World"

Sobre Bruno Faustino de Oliveira Torres

Idealizador e chefe do grupo e página Musikkaos e Brazilian Metal Br, estudante de engenharia civil na FATEC/SP, eterno fã de rock e metal assim como colecionador de CDs, LPs e DVDs, tenho gosto musical amplo, desde clássicos como Elvis e Hendrix, até Black Metal e Grindcore.

Mais matérias de Bruno Faustino de Oliveira Torres no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online