RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemFatboy Slim confessa ter se arrependido de conhecer David Bowie pessoalmente

imagemA influente banda que acabou causando a "separação" do Guns N' Roses

imagemPor que Jairo Guedz deu força para Andreas Kisser o substituir no Sepultura?

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemFaleceu Thiago Sarkis, colaborador do Whiplash.Net e Roadie Crew entre outros

imagemO megahit dos Beatles inspirado em desenho de amiguinha do filho de John Lennon

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemAs 5 bandas confirmadas no Summer Breeze Brasil que não tocarão em outras cidades

imagemO hit da Legião Urbana que Renato Russo considerava "pretensioso e babaca"

imagemA curiosa origem do apelido "Mago" que Fabio Lione ganhou no Angra

imagemAs polêmicas escolhas do Nirvana para o "MTV Unplugged in New York"

imagemOzzy Osbourne é contemplado com dois Grammy na edição de 2023 do evento

imagemLendário empresário do Kiss se manifesta sobre acusações de playback de Paul Stanley

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas


Def Leppard Motley Crue 2

Bjarm: A extremidade do Metal sinfônico

Resenha - Imminence - Bjarm

Por Vitor Franceschini
Postado em 13 de maio de 2015

Nota: 8

Mesmo com a internet facilitando a troca de arquivos e acesso ao material de bandas, a cena russa – que é muito prolífica – chega pouco aqui em nossas terras. Um fato infeliz, pois há bandas de muita qualidade, e uma delas é o Bjarm, sexteto oriundo de Severodvinsk.

O grupo investe em um Metal extremo sinfônico, que carrega desde elementos do Death e Black Metal (principalmente) até o Gothic Metal, sendo este último mais nos arranjos. Aliás, o gênero é bem difundido na Rússia, ou pelo menos parece ser, devido ao tanto de bandas que investem no Symphonic Metal vindas de lá.

O Bjarm aposta no peso de suas guitarras, com bases muito caprichadas, uma cozinha versátil e vocais que transitam do gutural ao rasgado com naturalidade e ainda contam (em alguns casos) com o apoio da vocalista Anastasiya Angie (também tecladista). Os arranjos nos remetem a orquestrações, assim como o Dimmu Borgir passou a fazer em sua fase mais recente, mesmo a sonoridade de ambas não tendo nada a ver.

Diríamos que o Bjarm está mais para uma linha Graveworm e Trail Of Tears, com menos melancolia em suas composições. Destaque para faixas como Ominous Dreams, The Nine Worlds, Fire Lord's Torment, Oracle e Secret of the Immortals, além da ótima produção e arte gráfica.

https://www.facebook.com/bjarmofficial
http://bjarm.bandcamp.com/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.
Mais matérias de Vitor Franceschini.