Bjarm: A extremidade do Metal sinfônico

Resenha - Imminence - Bjarm

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Mesmo com a internet facilitando a troca de arquivos e acesso ao material de bandas, a cena russa – que é muito prolífica – chega pouco aqui em nossas terras. Um fato infeliz, pois há bandas de muita qualidade, e uma delas é o Bjarm, sexteto oriundo de Severodvinsk.
5000 acessosGuns N' Roses: os Jovens Pistoleiros, sexo, drogas e RnR5000 acessosSom ruim, fezes e urina: Um brinde à farsa de Woodstock

O grupo investe em um Metal extremo sinfônico, que carrega desde elementos do Death e Black Metal (principalmente) até o Gothic Metal, sendo este último mais nos arranjos. Aliás, o gênero é bem difundido na Rússia, ou pelo menos parece ser, devido ao tanto de bandas que investem no Symphonic Metal vindas de lá.

O Bjarm aposta no peso de suas guitarras, com bases muito caprichadas, uma cozinha versátil e vocais que transitam do gutural ao rasgado com naturalidade e ainda contam (em alguns casos) com o apoio da vocalista Anastasiya Angie (também tecladista). Os arranjos nos remetem a orquestrações, assim como o Dimmu Borgir passou a fazer em sua fase mais recente, mesmo a sonoridade de ambas não tendo nada a ver.

Diríamos que o Bjarm está mais para uma linha Graveworm e Trail Of Tears, com menos melancolia em suas composições. Destaque para faixas como Ominous Dreams, The Nine Worlds, Fire Lord's Torment, Oracle e Secret of the Immortals, além da ótima produção e arte gráfica.

https://www.facebook.com/bjarmofficial
http://bjarm.bandcamp.com/

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Bjarm"

Guns N RosesGuns N' Roses
Pobreza, sexo, drogas e Rock n' Roll em nova biografia

Som ruim, fezes e urinaSom ruim, fezes e urina
Um brinde à farsa de Woodstock

Black MetalBlack Metal
Cinco bandas do lado depressivo do satanismo

5000 acessosSlipknot: pornografia inspirou primeiro álbum da banda5000 acessosÓdio musical: os artistas mais detestados em lista da Spinner5000 acessosMetallica: Conheça a lista de exigências do camarim da banda5000 acessosPKN: banda punk formada por membros com Síndrome de Down5000 acessosIron Maiden: Fantasmas e navegadores na melhor música após volta5000 acessosGuns N' Roses: Maurício Meirelles fala sobre shows em Las Vegas

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online