Syren: Mostrando a força do metal nacional em novo trabalho

Resenha - Motordevil - Syren

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá, Fonte: Entrou na Sala
Enviar Correções  

9


A banda carioca SYREN, capitaneada pelo vocalista Luiz Syren, finalmente chega a seu aguardado segundo trabalho, dessa vez como um quarteto - trazendo ainda em sua formação Guilherme De Siervi (Guitarras ), Mauricio Martins (Baixo) e Julio Martins (Bateria), mas sem nenhuma alteração na sua ótima sonoridade, produzindo um dos melhores discos nacionais do ano até o momento.

Com uma sonoridade bem moderna e brutal, "Motordevil" mostra uma grande evolução da banda em relação ao trabalho anterior, com doses extras de peso, e grande melodias, como todo fã do bom e velho metal tradicional gosta.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pra se ter uma idéia, o disco lembra bastante a fase do álbum "Chemical Wedding", de Bruce Dickinson (alias, os vocais de Syren lembram os do frontman da Donzela de Ferro, mas sem soar como uma mera cópia forçada), com algo de "War of Words", do FIGHT.

Ou seja, é um som pesado, moderno e intenso, mas mesmo assim cativante e de fácil assimilação, graças à competência dos envolvidos em criarem faixas de muito bom gosto, e que certamente colocarão a banda no topo deste subgênero na cena local.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outro fator que faz do trabalho uma verdadeira destruição sonora é o fantástico trabalho de guitarras, com uma avalanche de riffs que tiram aquele sorriso espontâneo do ouvinte em cada música do disco.

Dentre os destaques, cito as ótimas "All Aboard", na qual Syren mostra toda sua técnica vocal, e com riffs absurdos; "Fighter", que traz até alguns elementos de rock de arena em andamentos mais cadenciados, aliados ao peso característico do metal; "Eyes of Anger", com riffs cheios de groove, e influências de thrash; e "My Shadow, My Dear Friend", que mostra bem as mencionadas influências de FIGHT.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas não se engane com as citações dos destaques acima, pois todas as 11 faixas do disco são excelentes, daquelas que a cada nova audição mostram-se ainda mais fortes e viciantes.

Um grande disco, daqueles que dá gosto de saber que foram feito por bandas nacionais, mesmo com o pouco apoio que a cena tem em nosso país. Vá fundo, pois aqui não há como errar!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Motordevil - Syren
(Shinigami Records - Nacional - 2015)

Formação:

Luiz Syren – Vocais
Guilherme De Siervi – Guitarras
Mauricio Martins – Baixo
Julio Martins – Bateria

All Aboard
Rebellion
Fighter
The Power of Something
Eyes of Anger
Stitched
Motordevil
Long Road
My Shadow, My Dear Friend
You're Gonna Die
The Prophecy of Marduk


Outras resenhas de Motordevil - Syren

Syren: Cariocas estão evoluindo plenamente




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Oh, não!: clássicos que foram estragados pelo tempoOh, não!
Clássicos que foram "estragados" pelo tempo

Humor: Não basta ouvir Master Of Puppets para ser ThrashHumor
Não basta ouvir Master Of Puppets para ser Thrash


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 GooInArt