Ad Patres: Relançamento de álbum memorável

Resenha - Scorn Aesthetics - Ad Patres

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Originalmente lançado em 2012 no formato de CD, “Scorn Aesthetics” – primeiro full-length destes franceses – foi relançado no ano passado em LP e cassete com uma masterização diferente. Enfim, uma boa endossada na forma de divulgar um material de estreia.
5000 acessosSlipknot: Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey Taylor5000 acessosGuitar World: os 100 piores solos de guitarra da história

E que estreia! Além de ser um trabalho que conta com uma produção primorosa, este primeiro disco do quinteto de Bordeaux traz uma sonoridade extrema e destruidora. O Brutal Death Metal aqui praticado não traz nenhuma novidade, mas é feito com maestria e extrema competência.

Aliando técnica e brutalidade, as faixas são carregadas de ótimos riffs e poucos solos, mas que quando surgem soam bem sobrepostos e com melodia na medida certa. As linhas de bateria mostram uma ótima exploração do kit tendo um baixo discreto, mas que faz bem o seu papel acompanhando.

Destaque para as faixas Scars of Compromise, In Vivo, Emphasize Nihility, Anti e All That Remains. Essa versão ainda conta com To the Fathers retirada da primeira demo da banda lançada em 2010. Vale menção à bela arte da capa. Se o leitor é um apreciador do bom Death Metal, esta é uma grande pedida.

http://www.adpatres.net/
https://www.facebook.com/adpatres?ref=ts

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Ad Patres"

SlipknotSlipknot
"Ozzy Osbourne quis entrar pra banda", diz Corey Taylor

Guitar WorldGuitar World
Os 100 piores solos de guitarra da história

MegadethMegadeth
As 10 maiores tretas da história de Dave Mustaine

5000 acessosBob Daisley: baixista dá detalhes de sua briga com Osbourne5000 acessosFotos de Infância: Lemmy Kilmister, do Motorhead5000 acessosKiss: as 10 músicas mais "demoníacas" da banda5000 acessosGuns N' Roses: Irmão de Slash pede desculpas; Axl está de dieta5000 acessosGary Moore: excesso de álcool no sangue matou músico5000 acessosSeparados no nascimento: Andre Matos e Steve Perry

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online