[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Stamp

Motorocker: Originalidade e brasilidade ditam o tom do álbum

Resenha - Rock Brasil - Motorocker

Por Victor de Andrade Lopes
Fonte: Sinfonia de Ideias
Postado em 26 de fevereiro de 2015

Nota: 9

Com um "quê" de patriotismo, Rock Brasil chegou às lojas no ano passado, e é um CD relativamente difícil de ser encontrado (não está no iTunes e outras lojas virtuais, por exemplo). Em São Paulo, está disponível na Galeria do Rock, mais precisamente na Die Hard. E é uma compra que compensa cada centavo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Seguindo os passos dos australianos do Airbourne, que lentamente deixam de ser apenas "aquela banda que parece o AC/DC", os paranaenses do Motorocker deixam mais evidente aqui seu som próprio e entregam um trabalho bem diverso - ficando ainda mais longe do AC/DC que o quarteto também australiano. Músicas como a faixa-título (que também é a abertura), "Curva de Rio", "Loco de Gole" (duas odes seguidas às experiências com etílico) e "Rockeiro Brasileiro" satisfarão os fãs de sempre do quinteto, enquanto que a pesada e agressiva "TCO", a politizada "Periplaneta" e até a calma e surpreendente "Estação das Almas" poderão ajudar a recrutar novos membros para a "malária" ou "bugrada", como o grupo se refere aos fãs.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os riffs cativantes são os pontos fortes deste que é o terceiro disco de inéditas do quinteto, e a originalidade deles demonstra um avanço em termos de capacidade de criação. Um trabalho que passou despercebido, que merecia ter figurado entre os melhores lançamentos do rock nacional de 2014, juntamente a Nheengatu, dos Titãs; modeHuman, do Far From Alaska; e Mercado da Morte, do Hempadura.

De quebra, o CD traz como faixas bônus as três músicas que compuseram o single "Estação das Almas", de 2012.

É gratificante ver que a banda se distancia mais do som do AC/DC e já segue um caminho próprio, ainda que sem perder o quinteto australiano de vista. O patriotismo evidente de algumas das faixas também dá um toque necessário de brasilidade ao trabalho, para deixar claro que, por mais que as bandas gringas tenham influência direta no som do Motorocker, isso ainda se trata de um projeto de brasileiros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abaixo, um vídeo de uma apresentação ao vivo de "Rock Brasil":

Track-list:
1. "Rock Brasil"
2. "TCO"
3. "Curva de Rio"
4. "Loco de Gole"
5. "Periplaneta"
6. "Macho e Fêmea"
7. "Rockeiro Brasileiro"
8. "Para-raio de Encrenca"
9. "Motorocker"
10. "Pegada Seca" (faixa bônus)
11. "Sodoma ou Gomorra" (faixa bônus)
12. "Estação das Almas" (faixa bônus)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outras resenhas de Rock Brasil - Motorocker

Motorocker: Acha que o Rock morreu? Então toma!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Perc3ption: a arte levada ao extremo

Resenha do Álbum do Insânia ao vivo no Underground Nativa III

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Osbourne: pesado, mas antes de tudo moderno

Resenha - Dark Side of The Moon - Pink Floyd

Resenha - Vovin - Therion

Resenha - P.U.L.S.E. - Pink Floyd


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.
Mais matérias de Victor de Andrade Lopes.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS