Hebosagil: Entre o bizarro e a escrotice

Resenha - Lähtö - Hebosagil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 7


Finlândia com suas bandas de nomes estranhos. Não bastasse o nome estranho, o Hebosagil opta por fazer uma mescla estranha. Hardcore, Thrash Metal, Stoner Metal e até elementos de Sludge é encontrado nas composições deste terceiro full-length da banda.

LA Weekly: as 20 piores bandas de todos os temposSimone Simons: a nudez na capa de Divine Conspiracy

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entre o bizarro e a 'escrotice', os finlandeses conseguem destilar uma sonoridade raivosa e enérgica, mas que não irá agradar os perfeccionistas. Porém, àqueles que preferem a coisa mais crua e algo mais próximo da podridão irão se interessar, já que é o que encontramos em "Läthö".

Técnica não é o forte e nem a prioridade da banda, mas há momentos interessantes no trabalho que possui uma variação simples, mas que facilita a audição do disco. Isso pode ser conferido na faixa Juippi que fecha o álbum e possui riffs e um ritmo bem interessante.

Produção suja, assim como as guitarras e o baixo, deixam o som ainda mais rústico e próximo dos confins do underground. Isso sem contar os vocais na linha 'velho nervoso gritando e resmungando', que dão ainda mais 'escrotice' ao trabalho. Se você aprecia algo diferente e simples, aí está.

http://www.hebosagil.com/




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hebosagil"


LA Weekly: as 20 piores bandas de todos os temposLA Weekly
As 20 piores bandas de todos os tempos

Simone Simons: a nudez na capa de Divine ConspiracySimone Simons
A nudez na capa de Divine Conspiracy


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adGoo336