Dimmu Borgir: A obra prima "Puritanical Euphoric Misanthropia"

Resenha - Puritanical Euphoric Misanthropia - Dimmu Borgir

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Edilson Luiz Piassentini
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Os noruegueses do Dimmu Borgir haviam lançado o álbum Enthrone Darkness Triumphant em 1997, grande clássico da banda até aqui, e o excelente Spiritual Black Dimensions em 1999.
828 acessosDimmu Borgir: clipe ao vivo de Progenies Of The Great Apocalypse5000 acessosA Vida Pós-bilau: vocalista do Life of Agony abre o jogo

Sempre executando um black metal melódico, com alternâncias entre vocais guturais e limpos, com riffs e solos matadores e ao mesmo tempo melódico, com belas passagens de teclados, atmosferas viajantes, uma bateria destruidora e ao mesmo tempo cadenciada, elementos que não são comuns quando falamos de black metal.

Pois bem. Puritanical Euphoric Misanthropia surge para se firmar como maior clássico da banda. Produção impecável, com excelentes músicos e ótimas composições, e com parceira de alguns músicos da orquestra de Gotemburgo.

O álbum começa a obscura introdução Fear and Wonder, digna de filmes de terror, nos preparando para os petardos que vem a seguir.

Difícil apontar destaques, pois todas as musicas são dignas de nota 10, mas aqui vai algumas.

Blessings Upon the Throne of Tyranny inicia os trabalhos, sendo uma das destaques do álbum, seja pela extremidade musical quanto pelas interpretações do vocalista Shagrath.

A próxima pode ser considerada a melhor música já composta pelo Dimmu Borgir. Kings of the Carnival Creation, com um breve introdução sombria, mostra os trabalhos de riffs pesados misturados com uma bateria quebrada, seguida de muita extremidade já ouvida na faixa anterior, sem contar com os belos trabalhos de teclado. Grande destaque da música são as passagens de vocais limpos, executadas pelo baixista Vortex.

Seguindo a mesma linha, a faixa Puritania vem acompanhada de orquestrações muito bem elaboradas. Sympozium resume bem a proposta da composição de todo o álbum. Uma música extrema, com belos trabalhos dos vocais, recheada de riffs melódicos, teclados psicodélicos, bateria fulminante e uma bela performance orquestral.

Para fechar o álbum, um belo cover do Twisted Sister, com a música Burn In Hell.

O Dimmu Borgir vem mostrando ao passar dos tempos o porque é considerado o maior ícone do black metal melódico. Puritanical Euphoric Misanthropia é uma obra de arte, e mesmo que você não curta o estilo, é de extrema importância ter o álbum em sua coleção, pois com certeza não se arrependerá do que vai ouvir.

Dimmu Borgir - Puritanical Euphoric Misanthropia
Ano: 2001
Gravadora: Nuclear Blast

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Puritanical Euphoric Misanthropia - Dimmu Borgir

2423 acessosResenha - Puritanical Euphoric Misanthropia - Dimmu Borgir2969 acessosResenha - Puritanical Euphoric Misanthropia - Dimmu Borgir

Dimmu BorgirDimmu Borgir
"Somos uma banda satânica"

828 acessosDimmu Borgir: clipe ao vivo de Progenies Of The Great Apocalypse670 acessosDimmu Borgir: vídeo de "Gateways" do novo DVD ao vivo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dimmu Borgir"

Dimmu BorgirDimmu Borgir
Silenoz escolhe músicas para o Halloween

Metal norueguêsMetal norueguês
As dez melhores bandas segundo o About.com

Igreja UniversalIgreja Universal
"Curando" fã do Dimmu Borgir?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dimmu Borgir"

A Vida Pós-bilauA Vida Pós-bilau
Vocalista do Life of Agony abre o jogo

BucketheadBuckethead
Uma rara imagem do guitarrista sem a máscara

Iron MaidenIron Maiden
Jurando nunca seguir passos do Metallica em festival

5000 acessosMountain - discografia comentada5000 acessosMorre Diabo: ele aprendeu a tocar guitarra e virou um shredder5000 acessosAvenged Sevenfold: 10 músicas que podem fazer você mudar de idéia5000 acessosSlayer: filha de Tom Araya defende o pai da acusação de homofobia5000 acessosGuns N' Roses: Melissa Reese comenta relação com os músicos4129 acessosPower Ballads: as 10 maiores de todos os tempos

Sobre Edilson Luiz Piassentini

Nascido no interior de SP, na cidade de ITU, é um dos responsáveis pela página Underground Newz no Facebook, onde o objetivo é levar ao público do Rock/Metal notícias, resenhas, agenda e cobertura de shows e entrevistas com bandas nacionais e internacionais. Uma página com um jeito diferente de informar, entreter e debater junto ao publico do Rock'n'Roll.

Mais matérias de Edilson Luiz Piassentini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online