Allen Lande: Um álbum com assinatura de Timo Tolkki!

Resenha - Great Divide - Allen/Lande

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Edilson Luiz Piassentini
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Quando se tem dois dos melhores vocalistas da atualidade para trabalhar, sempre imaginamos que algo bom pode pintar sempre. O projeto Allen/Lande, que foi idealizado pelo guitarrista Magnus Karlsson, do Primal Fear, que ficou a cargo das composições e produções, havia lançado até o momento 3 excelentes álbuns com os vocalistas Russell Allen e Jorn Lande.
3327 acessosDragonforce: Herman Li elege seus cinco riffs favoritos5000 acessosUltimate Guitar: os 100 melhores solos de guitarra

Porém, para esse quarto álbum, a notícia de que Timo Tolkki assumiria o posto de Magnus Karlsson para alguns não foi das melhores. Não que Timo Tolkki seja um mal compositor, mas talvez pelos seus trabalhos lançados após sua saída do Stratovarius, que não foram muito bem aceitos pelos fãs!

Mas um coisa é certa. O quarto álbum do projeto Allen/Lande é o melhor trabalho de Timo Tolkki após a saída do Stratovarius. O fato de ter Russell e Jorn como "protagonistas" pode ter facilitado as coisas, mas isso é mera coincidência.

O som apresentado é bem diferente que Russell e Jorn apresentam em suas respectivas bandas. O álbum todo tem a assinatura de Timo Tolkki.

Come Dream With Me, abre o álbum com Russell e Jorn "duelando" a cada verso, e com um refrão fácil de decorar. Riffs diretos, característicos das musicas de Timo Tolkki.Essa foi a primeira música divulgada para os fãs.

A seguir Down From THe Mountain pode ser apontada como um dos grandes destaques do álbum. Uma música rápida, com riffs cortantes e belas melodias, e o melhor, um performance magnifica de Jorn Lande, principalmente no refrão onde descarrega sua potente voz! Mais um música com dobradinha entre Russell e Jorn, porém é evidente o destaque de Jorn nessa faixa!

Mantendo o mesmo pique, porém com mais melodia, In The Hands Of Time, essa sendo toda interpretada por Russell Allen, que casa perfeitamente com a sua bela voz.

Com teclados na abertura, Solid Ground é mais cadenciada, porém mais pesada e menos melódica, e é toda cantada por Jorn Lande, com mais uma impecável interpretação.

Mantendo a cadencia, Lady of Winter abre com belas passagens de teclado, que serve de ponte para a guitarra pesada e um belo solo no início. A música possui um refrão poderoso. Mais uma faixa cantada perfeitamente por Jorn Lande! Outro grande destaque do álbum.

Aumentando o ritmo, Dream About Tomorrow abre com riff bastante melódico e empolgante, acompanhado dos teclados que se encaixam muito bem com a música, até a caída onde Russell Allen abre os versos da música! Nessa temos mais um dueto entre Russell e Jorn.

Outro destaque fica por conta de Hymn to the Fallen, interpretada por Russell e Jorn. A música começa pesada e logo tem uma caída a lá Whitesnake. Destaque para o excelente solo de Timo Tolkki.

O ponto alto do álbum fica para a música título The Great Divide. Lenta, a música segue de forma arrastada durante seus mais de seis minutos. Nesta, Jorn Lande de forma magistral, da todo o toque especial que uma música título merece!

Reaching for the Stars é toda cantada por Russel, e é simples e direta, com belos trabalhos de teclado, e mais um grande solo de Tolkki. Bela interpretação de Russel.

Para fechar, ninguém melhor para assumir os vocais em Bittersweet. A faixa é toda emotiva, e Russell Allen com uma ótima performance, deixa ainda mais bela essa que pode ser considerada uma das melhores baladas desse projeto!

O que fica claro em The Great Dive é que Jorn Lande tem um domínio maior no álbum, se destacando em todas as participações, o que mostra que Jorn vem mantendo a boa forma, e que sem dúvidas é o melhor vcolista de metal da atualidade.

Russell Allen também tem seu destaque, o que comprova o porque de estar nesse grande projeto, que possui dois grandes vocalistas da atualidade.

E por fim, Timo Tolkki compôs algo diferente do que vinha compondo, resultando em um material excelente e recomendável a todos que gostam do estilo!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 17 de novembro de 2014

DragonforceDragonforce
Herman Li elege seus cinco riffs favoritos

1107 acessosAllen/Lande: Magnus Karlsson está de volta ao projeto0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Symphony X"

2000 a 20022000 a 2002
10 shows/turnês pouco comentados

Metal sinfônicoMetal sinfônico
Os 10 melhores segundo o TeamRock

BurnnBurnn
Os maiores guitarristas Hard & Heavy da história

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Allen Lande"0 acessosTodas as matérias sobre "Jorn Lande"0 acessosTodas as matérias sobre "Symphony X"0 acessosTodas as matérias sobre "Avalon"

Ultimate GuitarUltimate Guitar
Site elege os 100 melhores solos de guitarra

AC/DCAC/DC
Setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose

HumorHumor
Não basta um machado na mão para ser Black Metal

5000 acessosMeet & Greet: Como os roqueiros de verdade se comportam5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada5000 acessosGuns N' Roses: os 10 melhores não-clássicos da banda5000 acessosRock And Roll: as 40 maiores Power Ballads de todos os tempos5000 acessosMetallica: Lars Ulrich largou a cocaína por causa do Oasis5000 acessosSlipknot: insana drum cam de Jay Weinberg tocando "Killpop"

Sobre Edilson Luiz Piassentini

Nascido no interior de SP, na cidade de ITU, é um dos responsáveis pela página Underground Newz no Facebook, onde o objetivo é levar ao público do Rock/Metal notícias, resenhas, agenda e cobertura de shows e entrevistas com bandas nacionais e internacionais. Uma página com um jeito diferente de informar, entreter e debater junto ao publico do Rock'n'Roll.

Mais matérias de Edilson Luiz Piassentini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online