Degola: Oito faixas de pura violência sonora

Resenha - Tormenta - Degola

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Péricles J. Otero
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A banda brasiliense de thrash metal DEGOLA, após dois anos do lançamento do seu debut “Corrosão”, agora esta lançando pelo selo MS Metal Press o seu segundo álbum intitulado “Tormenta”. A excelente produção ficou a cargo da própria banda junto com Zé Misantrophe vocalista do Omfalos, as gravações foram realizadas no estúdio Cataclismo do DEGOLA. A belíssima arte gráfica do álbum foi produzida por Carlos Fidelis da Art Side.
5000 acessosA História da New Wave Of British Heavy Metal5000 acessosLegião Urbana: Eduardo e Mônica, uma análise psico-neurótica

É notório que houve varias mudanças para melhor neste segundo álbum, é possível ouvir toda a bateria sem perder nenhum detalhe, Inaldo Ramos esbanja técnica e criatividade, além de espanca sem dó nenhuma a sua bateria. Há ótima escolha dos timbres das guitarras deram mais peso ao novo trabalho.

As novas composições soam mais maduras e agressivas, a banda continua apostando nas composições em português, com letras fortes e politizadas, escritas pelo Flávio Lacerda. A banda traz uma cozinha bem coesa, dando um alicerce perfeito para os riffs agressivos e criativos de Waldson Farias.

O álbum traz oito faixas de pura violência sonora, todas as músicas variam de partes entre rápidas e cadencias, para o leitor que procura um som pesado e agressivo para baguear do inicio ao fim, então o “Tormenta” é o álbum certo para você, as faixa em destaque são: Acalmo o demônio, Eu sou a peste, Maculado, Tormenta e Ao acaso.

Confira o vídeo da música “Acalmo o demônio”:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Degola – Tormenta
(2014 – Nacional)

Formação:
Flávio Lacerda (Vocal)
Waldson Farias (Guitarra)
Malcolm Macgaren (Baixo)
Inaldo Ramos (Bateria)

Musicas:
01. Acalmo o demônio
02. Vejo você no inferno
03. Mais pesado, mais rápido, mais agressivo
04. Maculado
05. Eu sou a peste
06. Aqui o tempo todo
07. Tormenta
08. Ao acaso

Facebook:
https://www.facebook.com/bandadegola

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Tormenta - Degola

472 acessosDegola: O thrash metal moderno nacional em grande fase

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Degola"

Além do MaidenAlém do Maiden
A História da New Wave Of British Heavy Metal

Eduardo e MônicaEduardo e Mônica
Uma análise do maior sucesso da Legião Urbana

Novas caras do metalNovas caras do metal
40 bandas que você precisa conhecer

5000 acessosMegadeth: as 10 maiores tretas de Dave Mustaine5000 acessosGastão Moreira: A coleção do VJ, apresentador e jornalista musical5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e Mika Hakkinen5000 acessosKerry King: velho, gordo e careca? Está falando de mim, seu babaca?3644 acessosA7X: Medley insano dos solos de "City of Evil" tocado por garoto5000 acessosBruce Dickinson: "nunca pense que algo é impossível"

Sobre Péricles J. Otero

Péricles J. Otero é analista de sistemas. Além disso é vocalista e compositor. É apaixonado por metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, prog, dark e gothic metal) desde seus 17 anos, e é grande colecionador de álbuns do estilo. Também posta em seu blog Ácidas Palavras letras de musicas e poesias de sua autoria.

Mais matérias de Péricles J. Otero no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online