Degola: O thrash metal moderno nacional em grande fase

Resenha - Tormenta - Degola

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Segundo trabalho dos brasilienses do DEGOLA, "Tormenta" é uma obra, como o próprio nome sugere, "atormentada". Com um peso avassalador, Flávio Lacerda (Vocal), Waldson Faria (Guitarra), Malcolm Macgaren (Baixo) e Inaldo Ramos (Bateria) criaram um trabalho intenso, bruto e muito agressivo, que certamente fará a alegria dos fãs das vertentes mais extremas do metal pesado.

5000 acessosLobão: Titãs é uma "bandinha chechelenta"5000 acessosIGN Music: os álbuns de Metal mais influentes segundo o site

No geral, o som dos caras pode ser classificado como thrash metal moderno, mas há aqui ainda elementos de hardcore, crossover e death metal, tudo aliado de forma orgânica e coesa, culminando em uma sonoridade pesada e ultra agressiva.

Além disso, a técnica apurada dos músicos resta evidente em cada uma das oito faixas do trabalho (todas cantadas em português), com andamentos intrincados e ótimas melodias, mesmo diante do peso sobressalente, como se percebe claramente em faixas como "Acalma o Demônio", "Vejo você no Inferno" e "Ao Acaso".

A ótima produção, feita por Zé Misantrophe vocalista do Omfalos, também contribuiu muito para o resultado final do trabalho, pois embora moderna, soa crua e direta, com todos os instrumentos com timbres matadores.

Assim, temos aqui um trabalho intenso e forte, de uma das maiores promessas do estilo em nossas terras. Não perca!

Tormenta - Degola
(2015 - Atitude/Rising/Black Legion)

01. Acalmo o demônio
02. Vejo você no inferno
03. Mais pesado, mais rápido, mais agressivo
04. Maculado
05. Eu sou a peste
06. Aqui o tempo todo
07. Tormenta
08. Ao acaso

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Tormenta - Degola

325 acessosDegola: Oito faixas de pura violência sonora

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Degola"

LobãoLobão
Titãs é uma "bandinha chechelenta"

MetallicaMetallica
"Master of Puppets" é eleito o álbum de metal mais influente

MetallicaMetallica
"Eles eram bons em tudo", diz Corey Taylor

5000 acessosKiss: Peter e Ace saíram por causa das drogas5000 acessosJames Hetfield: O equilíbrio entre Metallica e vida familiar5000 acessosQueen: garoto de 11 anos canta clássico no The Voice Kids Brasil5000 acessosDavid Lee Roth: vocalista decidiu raspar a cabeça5000 acessosMotörhead: "o metal é um filho bastardo do Rock n' Roll"5000 acessosAvenged Sevenfold: produzido para o mundo pop

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online