Valknacth: Melódico, épico, mas ainda assim agressivo

Resenha - Le Sacrifice d'Ymir - Valknacth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Impressiona a qualidade das bandas que o selo canadense PRC Music tem soltado no mercado recentemente e estes (também canadenses) do Valknacht é mais um grande exemplo disso.

Oriundo de Quebec, este é terceiro trabalho do quinteto que investe em uma sonoridade sinfônica, mas que se difere da maioria das bandas do gênero. Se mencionarmos que o grupo prima por uma veia Symphonic Black Metal comum estaríamos mentindo, afinal o grupo soa peculiar dentro do estilo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O diferencial está no fato do Valknacht, mesmo com melodia e bons arranjos, manter um clima agressivo e obscuro em sua música pagã. Afinal, as levadas da cozinha e o peso dos riffs não deixam que o som da banda soe excessivamente enfeitado, ganhando muito pontos para o disco.

Aliás, peso é o ponto forte da banda, pois até os vocais urrados (às vezes rasgados) de Thorleïf emana brutalidade destilando letras em francês da maneira mais maléfica e nervosa possível. Além da boa produção, a arte da capa também é belíssima retratando bem a proposta da banda. Um belíssimo trabalho!

https://www.facebook.com/pages/Valknacht/312437888765?ref=ts...
https://myspace.com/valknacht

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: os vocalistas misteriosos da bandaBlack Sabbath
Os vocalistas misteriosos da banda

The Voice: candidato faz power metal cantado em portuguêsThe Voice
Candidato faz power metal cantado em português


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336 GooInArt Cli336