RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemEx-guitarrista do Megadeth não liga para Mustaine e diz que está "fazendo dinheiro para ele"

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemSlash se sente feliz por não existir internet nos primórdios do Guns N' Roses

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger


Adrenaline Mob: Mais objetivo, novo disco supera expectativas

Resenha - Men of Honor - Adrenaline Mob

Por Igor Miranda
Fonte: IgorMiranda.com.br
Postado em 18 de abril de 2014

Nota: 9

Sem dúvidas, o Adrenaline Mob começou pretensioso demais. A pompa de supergrupo atribuiu grandes expectativas ao projeto, que contava com os consagrados Russell Allen (vocalista do Symphony X), Mike Portnoy (ex-baterista do Dream Theater), John Moyer (baixista do Disturbed) e Mike Orlando (guitarrista).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Curiosamente, o desconhecido Orlando foi o que apresentou um trabalho mais consistente no debut do conjunto, "Omertà" (2012). Musicalmente, o disco de estreia do Mob soa confuso. A banda queria soar pesada e mais acessível aos fãs mais tradicionais, visto que Moyer estava em contato com admiradores de correntes mais contemporâneas do metal e Allen e Portnoy, com os apreciadores de gêneros progressivos e técnicos. Faltou objetividade.

Mike Portnoy acabou saindo do grupo no ano passado para se dedicar a outros projetos, em especial o The Winery Dogs, e deixou a vaga para A.J. Pero (Twisted Sister). Pero não é nenhum baterista limitado, mas não é tão técnico como Portnoy. Então, evidentemente, algo mudaria no Mob. Neste caso, para melhor. A saída do ex-Dream Theater parece ter feito bem ao grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Men Of Honor" traz uma espécie de hard n' heavy contemporâneo. A essência metálica do grupo é mantida, especialmente, pela afinação um pouco mais grave dos instrumentos de cordas. A objetividade de A.J. pero na bateria deu o toque necessário para o quarteto. E Russell Allen, um dos cantores mais desperdiçados e versáteis do gênero, voltou a brilhar fora do Symphony X.

Além de pauladas como a abertura "Mob Is Back", a grudenta faixa título e as pesada "Come On Get Up" e "House Of Lies", as baladas se destacam no disco. "Behind Those Eyes", "Crystal Clear" e "Fallin' To Pieces" dão um toque formidável e um pouco mais diferenciado ao registro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com "Men Of Honor", podemos constatar que o título da faixa de abertura, "Mob Is Back", não é condizente à banda. O Mob não está de volta: ele, enfim, chegou de verdade.

Adrenaline Mob: "Men Of Honor"
(Hellion Records, edição nacional, http://www.hellion.com.br/)

Russell Allen (vocal)
Mike Orlando (guitarra)
John Moyer (baixo)
A. J. Pero (bateria)

1. Mob Is Back
2. Come on Get Up
3. Dearly Departed
4. Behind These Eyes
5. Let It Go
6. Feel the Adrenaline
7. Men of Honor
8. Crystal Clear
9. House of Lies
10. Judgment Day
11. Fallin' to Pieces


Outras resenhas de Men of Honor - Adrenaline Mob

Resenha - Men of Honor - Adrenaline Mob

Resenha - Men of Honor - Adrenaline Mob

Resenha - Men of Honor - Adrenaline Mob

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Mike Portnoy e Vinny Appice: assista duelo de bateria

Wikimetal: Os melhores álbuns da última década

Portnoy: "Não precisa de uma calculadora para se divertir"


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.