Adrenaline Mob: 2º round de riffs matadores e vocais agressivos

Resenha - Men of Honor - Adrenaline Mob

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Victor de Andrade Lopes, Fonte: Sinfonia de Ideias
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Primeiro álbum sem o membro fundador MIKE PORTNOY na bateria, Men of Honor traz um ADRENALINE MOB levemente renovado, mas com um som essencialmente igual ao álbum anterior, Omertà. A mesma fórmula que deu certo em 2011 foi novamente aplicada aqui, para deleite dos fãs sedentos por riffs matadores e pelo canto talentoso de RUSSELL ALLEN.
4188 acessosAdrenaline Mob: Um pouco sobre David Z.5000 acessosSeparadas no nascimento: Pitty e Amy Winehouse

Utilizando um método já adotado por outros grupos, o ADRENALINE MOB foi revelando as faixas do seu álbum em doses homeopáticas, para que os fãs tivessem tempo de se recuperar de cada golpe - porque, sem brincadeira, boa parte das faixas do disco são verdadeiros socos na cara.

A agressividade das músicas varia, mas podemos dizer que há aquelas que são tão fortes que a caixa de som faz o cabelo voar para trás (como a abertura "Mob is Back", "Feeling the Adrenaline" e "House of Lies"); e há também as poucas baladas para o grupo respirar: "Behind These Eyes" e "Crystal Clear". "Come on, Get Up" é um soco duplo na cara, uma vez que sua letra inspira o interlocutor a se levantar de cada momento difícil sem esperar que lhe passem a mão na cabeça ("Pare de agir como se o mundo te devesse algo, porque ele não te deve coisa alguma"). "Feel the Adrenaline" é um ode à vida sobre duas rodas, com letras clichês e um vídeo paradisíaco com longas retas desérticas e curvas perigosas.

Se não trouxe nada de muito novo, Men of Honor ao menos serviu para reafirmar a força do ADRENALINE MOB, que já sai da condição de mero projeto paralelo para ser uma das bandas principais de seus membros.

Abaixo, o vídeo de "Feel the Adrenaline".

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Track-list:
1 - "Mob Is Back"
2 - "Come on Get Up"
3 - "Dearly Departed"
4 - "Behind These Eyes"
5 - "Let It Go"
6 - "Feel the Adrenaline"
7 - "Men of Honor"
8 - "Crystal Clear"
9 - "House of Lies"
10 - "Judgment Day"
11 - "Fallin' to Pieces"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Men of Honor - Adrenaline Mob

2100 acessosAdrenaline Mob: Mais objetivo, novo disco supera expectativas2104 acessosAdrenaline Mob: Sobrevivendo após a saída de Portnoy2234 acessosAdrenaline Mob: Ampliando seu leque de alternativas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 22 de fevereiro de 2014
Post de 23 de fevereiro de 2014

Adrenaline MobAdrenaline Mob
Um pouco sobre David Z.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Adrenaline Mob"

Metal HammerMetal Hammer
As dez piores capas de 2012 eleitas pela revista

Mike PortnoyMike Portnoy
Adrenaline Mob não tem a ver com progressivo

WikimetalWikimetal
Os melhores álbuns da última década

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Adrenaline Mob"

Separadas no nascimentoSeparadas no nascimento
Pitty e Amy Winehouse

Heavy MetalHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo

Iron MaidenIron Maiden
Ouça o baixo de Steve Harris isoladamente

5000 acessosSlayer: Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido5000 acessosZakk Wylde: foto do arsenal de guitarras do músico5000 acessosBlack Sabbath: um Tony Iommi que você não conhecia5000 acessosAC/DC: as lembranças de Angus e Malcolm sobre Bon Scott4837 acessosGuns N' Roses: Beta defende Axl e AC/DC dos haters virtuais5000 acessosRegis Tadeu: agradecendo elogios pela matéria sobre o Iron Maiden

Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 0077507/SP) formado pela PUC-SP e membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil. Paulistano e morador de Carapicuíba (Granja Viana), tem um blog de resenhas musicais e outros assuntos chamado Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cinema, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados. Além de ouvir, também toca piano e teclado, compondo algumas bobagens de vez em quando.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online