Terror Fronte: Tudo que há de mais sujo no Metal

Resenha - Violencracia - Terror Fronte

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade


Relativamente nova, afinal foi formada em 2012, a banda paulista Terror Fronte chega chutando tudo que vê pela frente. O som do quarteto abrange tudo o que há de mais sujo e agressivo dentro do Metal, além de possuir uma faceta Hardcore que emana nas quatro composições de seu primeiro EP, este "Violencracia".

Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosSlipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?

Referências como Extreme Noise Terror, Rotten Sound, Cannibal Corpse, Ratos de Porão e Napalm Death podem ajudar a distinguir a sonoridade da banda, obviamente em suas devidas proporções. Death, Thrash, Grindcore e Hardcore se misturam em quatro composições brutais e de tirar o fôlego.

Os riffs de guitarras podem soar, de certa maneira, simples, mas foram muito bem criados e o timbre foi muito bem escolhido. A bateria possui uma boa pegada e o baixo faz seu papel necessário. O vocalista Thiago Dias urra como poucos e manda letras de protesto e ódio sem pestanejar.

Uma boa produção fez que o trabalho soasse ainda melhor, proporcionando uma audição decente e prazerosa (para quem tem ouvidos fortes). A única ressalva fica para o gosto de 'quero mais' do trabalho, já que as faixas voam em um piscar de olhos. Porém, a notícia de que estão trabalhando em um primeiro álbum faz com que fiquemos aliviados com essa questão. Muito bom!

https://www.facebook.com/TerrorFronte




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Terror Fronte"


Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosCapas de disco
Como seriam se fossem gifs animados

Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336