Deep Purple: Os 40 anos de lançamento do "Burn"

Resenha - Burn - Deep Purple

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Floyd, Fonte: Blog Free Four, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.


O álbum de estreia da MKIII do Deep Purple completou 40 anos do seu lançamento em 15 de fevereiro de 1974. A incógnita "O que viria em seguida à saída do vocalista sensacional e aclamado Ian Gillan e do baixista competente Roger Glover?" ganhava uma resposta.

Deep Purple: queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sairAlice in Chains: mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"

O Purple apresentava ao mundo David Coverdale como frontman e mais um vocalista que assumia também a função de baixista, o "The voice of rock", oriundo da banda Trapeze, Glenn Hughes.

Desse modo o Purple ganhava tons funky-soul, o que logo desagradara o guitarrista Ritchie Blackmore, que perdera a paciência no álbum seguinte "Storbringer" e viria a abandonar o barco.

Só que o disco é excelente. A faixa de abertura, a música título é talvez uma das melhores de toda a carreira do DP, com um riff que não perde em nada para o então já famoso riff de "Smoke And The Water", do álbum "Machine Head", e as imprescindíveis bases de teclado de Jon Lord, que estão inconfundíveis.

O single "Might Just Take Your Life", agora no álbum, emplacou nos shows, um hard rock com pitadas de soul, contribuição de Hughes que participa cantando em alguns trechos. E sobra imponência no vocal principal de Coverdale.

O solo da guitarra de Ritchie Blackmore em "Lay Down, Stay Down", dá o tom clássico que o guitarrista faz questão, pura categoria.

"You Fool No One", nos brinda com um duo vocal harmônico com os novos cantores afinadíssimos, e essa música ganharia proporções maiores ao vivo, sendo constantemente prolongada nos shows.

O "hard-blues" "Mistreated" é daquelas pra ouvir, arrepiar e chorar. Música estupenda de puro feeling, onde Coverdale crava seu nome como um vocalista que veio para brilhar. Essa música foi adotada por Glenn Hughes futuramente nos seus projetos pós Purple, onde solta seus esperadíssimos gritos e faz o público o ovacionar.

Enfim, o Deep Purple respondeu à incógnita acima com muito hard rock por excelência.


Outras resenhas de Burn - Deep Purple

null




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deep Purple"


Deep Purple: queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sairDeep Purple
Queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sair

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Glenn Hughes: produtora de Porto Alegre se pronuncia sobre show canceladoGlenn Hughes
Produtora de Porto Alegre se pronuncia sobre show cancelado

Glenn Hughes: produtora do show no Rio se manifesta sobre show canceladoGlenn Hughes
Produtora do show no Rio se manifesta sobre show cancelado

Glenn Hughes: turnê inteira pelo Brasil, com 9 shows, é canceladaGlenn Hughes
Turnê inteira pelo Brasil, com 9 shows, é cancelada

Em 19/08/1945: nascia a lenda Ian Gillan, do Deep PurpleEm 19/08/1945
Nascia a lenda Ian Gillan, do Deep Purple

Deep Purple: vídeo oficial de "Smoke on the Water" ao vivo em 1988Em 01/08/1951: nasce o talentoso Tommy Bolin

Deep Purple: em trilha sonora de filme do TarantinoDeep Purple
Em trilha sonora de filme do Tarantino

Ian Gillan: veja vídeo de "Hang Me Out To Dry"

Slash: ensinando namorada a tocar Smoke on the Water, do Deep PurpleSlash
Ensinando namorada a tocar "Smoke on the Water", do Deep Purple

Deep Purple: melhoramos muito quando paramos de tocar altoDeep Purple
Melhoramos muito quando paramos de tocar alto

Glenn Hughes: Burn do Deep Purple foi um momento glorioso para ele e CoverdaleGlenn Hughes
Burn do Deep Purple foi um momento glorioso para ele e Coverdale

Deep Purple: Eddie Van Halen toca riffs clássicos de Ritchie BlackmoreDeep Purple
Eddie Van Halen toca riffs clássicos de Ritchie Blackmore


Alice in Chains: mensagem subliminar na capa de The Devil Put Dinosaurs HereAlice in Chains
Mensagem subliminar na capa de "The Devil Put Dinosaurs Here"

Namore um cara que goste de MetalNamore um cara que goste de Metal
Namore um cara que goste de Metal

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1980Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1980

Megadeth: "Magia negra arruinou minha vida", diz MustaineMetallica: A reação de James a famosos usando camisetas da bandaQueen: "Bohemian Rhapsody" é a música do século 20 com mais streamsNirvana: "Kurt entrou no camarim e beijou Eddie Van Halen na boca"

Sobre André Floyd

Amante e ouvinte constante de música. Editor do blog Confraria Floydstock.

Mais matérias de André Floyd no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336