Centúrias: Headbangers podem romper o silêncio sem receio

Resenha - Rompendo o Silêncio - Centúrias

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Willba Dissidente
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Quando um grupo marcante de Heavy Metal, há mais de duas décadas sem soltar registros inéditos, resolve retomar a carreira, os fãs são acometidos de um forte sentimento de empolgação. Esta sensação do público torna-se, porém, expectativa e receio, quando a nova versão de um clássico se propõe a compor e lançar material novo. Os paulistanos do CENTURIAS conseguiram, 25 anos depois, "romper o silêncio" e apresentar duas músicas que irão agradar quem curte os registros antigos e os deixar esperando pelo vindouro álbum completo.
5000 acessosAxl Rose: Um dos vocalistas com maior alcance5000 acessosVitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do Backstage

Com capa idealizada pelo vocalista Cachorrão junto ao artista Arnaldo Colón (responsável pelo desenho do disco "Ninja"), a arte de "Rompendo o Silêncio" mostra uma alusão ao famoso "Proibido Posers" do CENTÚRIAS rompendo uma parede de metal. Tal sacada da banda, remete exatamente ao som apresentado nas duas faixas do disco, a continuação exata do que o grupo apresentou no "Ninja", porém com a qualidade atual de gravação e masterização (captada, respectivamente, nos estúdios Timbre e Maria Fumaça, por Bruno Pompeo, do VOODOOPRIEST). Conseguindo, paradoxalmente, soar anos ointenta sem ser datado, o ouvinte pode esperar pelo baixo pulsante de Ricardo Ravache somado à bateria marcada e bumbos duplos de Julio Principe, com a guitarra ardida de Roger Vilaplana em bases 'bangeantes' e solos arrebatadores, aliados ao vocal inconfundível e potente de Cachorrão.

https://soundcloud.com/centurias/sobreviver

Um dado interessante é que as duas músicas do single foram compostas ao piano e depois trabalhado o arranjo com o grupo toda. A faixa de abertura, "Ruptura Necessária", assinada somente pelo baixista Ricardo Ravache, apresenta um ritmo quebrado que já coloca quem ouve o disco para bater cabeça logo de cara. A progressão do acorde no ótimo solo de guitarra também agradará em cheio quem curte o CENTURIAS antigo. A segunda música, "Sobreviver", tem andamento mais direto e refrão mais grudento, além de uma sacada boa variando no final com ótimos background vocals; sendo candidata a ser a favorita ao vivo. Lembramos que o CENTURIAS novo também registrou a canção "Inúteis Palavras", que está apresentando ao vivo, mas que entrará para a coletânea que acompanhará o documentário Brasil Heavy Metal.

"Rompendo o Silêncio", lançado de maneira independente, vem em embalagem de papel grosso com a citada capa e uma ótima foto de Ricardo Ferreira no verso, com todas as informações da confecção do disco. O cd é em mídia prensada, oficial. Mesmo com todo esse capricho, o custo do single é de R$ 5,00 mais envio; podendo ser comprado via mensagem inbox no facebook da banda (ver link abaixo) ou pelo email: contato@centurias.com.br

Com a ótima recepção de "Rompendo o Silêncio", os bangers ficam na esperança no que no registro completo, o primeiro da nova formação, a banda continue com esta proposta. O vindouro cd, prometido para 2014, será a primeira vez que o CENTURIAS lançará dois registros fonográficos com a mesma formação.

CENTURIAS é:

César "Cachorrão" Zanelli (ex- SANTUÁRIO)- Vocal
Ricardo Ravache (ex- HARPPIA)- Baixo
Roger Vilaplana (ex- NOSTRADAMUS) - Guitarra
Júlio Príncipe (ex- FIREBOX, AGRESSION TALES) - Bateria

Discografia:

SP Metal I (participação em coletânea, 1984)
Última Noite (EP, 1986)
Ninja (LP, CD, 1988)
Rompendo o Silêncio (Single, 2013)

"Rompendo o Silêncio" (tracklist):

01 . Ruptura Necessária
02 . Sobreviver

Sites relacionados (em português):

http://www.centurias.com.br/
http://www.myspace.com/centuriasheavymetal/
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=621335/

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Centurias"

CentúriasCentúrias
Como surgiu a placa "No Posers"?

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Centurias"

Axl RoseAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Collectors RoomCollectors Room
A imensa coleção do apresentador Vitão Bonesso

FrontmenFrontmen
Quando os originais não eram as melhores opções

5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosTradução - Dark Side Of The Moon - Pink Floyd5000 acessosMetallica: Lars sabe que os fãs não gostam do St. Anger5000 acessosSolos de guitarra: os 100 melhores segundo a Classic Rock Magazine5000 acessosMulheres: 10 músicas que ajudarão a conquistá-las5000 acessosIron Maiden: Aquiles Priester fala de sua obsessão por "Somewhere In Time"

Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online