Centúrias: Headbangers podem romper o silêncio sem receio

Resenha - Rompendo o Silêncio - Centúrias

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Willba Dissidente
Enviar Correções  


Quando um grupo marcante de Heavy Metal, há mais de duas décadas sem soltar registros inéditos, resolve retomar a carreira, os fãs são acometidos de um forte sentimento de empolgação. Esta sensação do público torna-se, porém, expectativa e receio, quando a nova versão de um clássico se propõe a compor e lançar material novo. Os paulistanos do CENTURIAS conseguiram, 25 anos depois, "romper o silêncio" e apresentar duas músicas que irão agradar quem curte os registros antigos e os deixar esperando pelo vindouro álbum completo.

Elvis Presley: De que ele morreu?Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estilo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com capa idealizada pelo vocalista Cachorrão junto ao artista Arnaldo Colón (responsável pelo desenho do disco "Ninja"), a arte de "Rompendo o Silêncio" mostra uma alusão ao famoso "Proibido Posers" do CENTÚRIAS rompendo uma parede de metal. Tal sacada da banda, remete exatamente ao som apresentado nas duas faixas do disco, a continuação exata do que o grupo apresentou no "Ninja", porém com a qualidade atual de gravação e masterização (captada, respectivamente, nos estúdios Timbre e Maria Fumaça, por Bruno Pompeo, do VOODOOPRIEST). Conseguindo, paradoxalmente, soar anos ointenta sem ser datado, o ouvinte pode esperar pelo baixo pulsante de Ricardo Ravache somado à bateria marcada e bumbos duplos de Julio Principe, com a guitarra ardida de Roger Vilaplana em bases 'bangeantes' e solos arrebatadores, aliados ao vocal inconfundível e potente de Cachorrão.

https://soundcloud.com/centurias/sobreviver

Um dado interessante é que as duas músicas do single foram compostas ao piano e depois trabalhado o arranjo com o grupo toda. A faixa de abertura, "Ruptura Necessária", assinada somente pelo baixista Ricardo Ravache, apresenta um ritmo quebrado que já coloca quem ouve o disco para bater cabeça logo de cara. A progressão do acorde no ótimo solo de guitarra também agradará em cheio quem curte o CENTURIAS antigo. A segunda música, "Sobreviver", tem andamento mais direto e refrão mais grudento, além de uma sacada boa variando no final com ótimos background vocals; sendo candidata a ser a favorita ao vivo. Lembramos que o CENTURIAS novo também registrou a canção "Inúteis Palavras", que está apresentando ao vivo, mas que entrará para a coletânea que acompanhará o documentário Brasil Heavy Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Rompendo o Silêncio", lançado de maneira independente, vem em embalagem de papel grosso com a citada capa e uma ótima foto de Ricardo Ferreira no verso, com todas as informações da confecção do disco. O cd é em mídia prensada, oficial. Mesmo com todo esse capricho, o custo do single é de R$ 5,00 mais envio; podendo ser comprado via mensagem inbox no facebook da banda (ver link abaixo) ou pelo email: [email protected]

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com a ótima recepção de "Rompendo o Silêncio", os bangers ficam na esperança no que no registro completo, o primeiro da nova formação, a banda continue com esta proposta. O vindouro cd, prometido para 2014, será a primeira vez que o CENTURIAS lançará dois registros fonográficos com a mesma formação.

CENTURIAS é:

César "Cachorrão" Zanelli (ex- SANTUÁRIO)- Vocal
Ricardo Ravache (ex- HARPPIA)- Baixo
Roger Vilaplana (ex- NOSTRADAMUS) - Guitarra
Júlio Príncipe (ex- FIREBOX, AGRESSION TALES) - Bateria

Discografia:

SP Metal I (participação em coletânea, 1984)
Última Noite (EP, 1986)
Ninja (LP, CD, 1988)
Rompendo o Silêncio (Single, 2013)

"Rompendo o Silêncio" (tracklist):

01 . Ruptura Necessária
02 . Sobreviver

Sites relacionados (em português):

http://www.centurias.com.br/
http://www.myspace.com/centuriasheavymetal/
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=621335/




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Centúrias: como surgiu a placa No Posers?Centúrias
Como surgiu a placa "No Posers"?


Elvis Presley: De que ele morreu?Elvis Presley
De que ele morreu?

Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo


Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280