[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Centúrias: Headbangers podem romper o silêncio sem receio

Resenha - Rompendo o Silêncio - Centúrias

Por Willba Dissidente
Postado em 27 de dezembro de 2013

Quando um grupo marcante de Heavy Metal, há mais de duas décadas sem soltar registros inéditos, resolve retomar a carreira, os fãs são acometidos de um forte sentimento de empolgação. Esta sensação do público torna-se, porém, expectativa e receio, quando a nova versão de um clássico se propõe a compor e lançar material novo. Os paulistanos do CENTURIAS conseguiram, 25 anos depois, "romper o silêncio" e apresentar duas músicas que irão agradar quem curte os registros antigos e os deixar esperando pelo vindouro álbum completo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Com capa idealizada pelo vocalista Cachorrão junto ao artista Arnaldo Colón (responsável pelo desenho do disco "Ninja"), a arte de "Rompendo o Silêncio" mostra uma alusão ao famoso "Proibido Posers" do CENTÚRIAS rompendo uma parede de metal. Tal sacada da banda, remete exatamente ao som apresentado nas duas faixas do disco, a continuação exata do que o grupo apresentou no "Ninja", porém com a qualidade atual de gravação e masterização (captada, respectivamente, nos estúdios Timbre e Maria Fumaça, por Bruno Pompeo, do VOODOOPRIEST). Conseguindo, paradoxalmente, soar anos ointenta sem ser datado, o ouvinte pode esperar pelo baixo pulsante de Ricardo Ravache somado à bateria marcada e bumbos duplos de Julio Principe, com a guitarra ardida de Roger Vilaplana em bases 'bangeantes' e solos arrebatadores, aliados ao vocal inconfundível e potente de Cachorrão.

https://soundcloud.com/centurias/sobreviver

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Um dado interessante é que as duas músicas do single foram compostas ao piano e depois trabalhado o arranjo com o grupo toda. A faixa de abertura, "Ruptura Necessária", assinada somente pelo baixista Ricardo Ravache, apresenta um ritmo quebrado que já coloca quem ouve o disco para bater cabeça logo de cara. A progressão do acorde no ótimo solo de guitarra também agradará em cheio quem curte o CENTURIAS antigo. A segunda música, "Sobreviver", tem andamento mais direto e refrão mais grudento, além de uma sacada boa variando no final com ótimos background vocals; sendo candidata a ser a favorita ao vivo. Lembramos que o CENTURIAS novo também registrou a canção "Inúteis Palavras", que está apresentando ao vivo, mas que entrará para a coletânea que acompanhará o documentário Brasil Heavy Metal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

"Rompendo o Silêncio", lançado de maneira independente, vem em embalagem de papel grosso com a citada capa e uma ótima foto de Ricardo Ferreira no verso, com todas as informações da confecção do disco. O cd é em mídia prensada, oficial. Mesmo com todo esse capricho, o custo do single é de R$ 5,00 mais envio; podendo ser comprado via mensagem inbox no facebook da banda (ver link abaixo) ou pelo email: [email protected]

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Com a ótima recepção de "Rompendo o Silêncio", os bangers ficam na esperança no que no registro completo, o primeiro da nova formação, a banda continue com esta proposta. O vindouro cd, prometido para 2014, será a primeira vez que o CENTURIAS lançará dois registros fonográficos com a mesma formação.

CENTURIAS é:

César "Cachorrão" Zanelli (ex- SANTUÁRIO)- Vocal
Ricardo Ravache (ex- HARPPIA)- Baixo
Roger Vilaplana (ex- NOSTRADAMUS) - Guitarra
Júlio Príncipe (ex- FIREBOX, AGRESSION TALES) - Bateria

Discografia:

SP Metal I (participação em coletânea, 1984)
Última Noite (EP, 1986)
Ninja (LP, CD, 1988)
Rompendo o Silêncio (Single, 2013)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 5

"Rompendo o Silêncio" (tracklist):

01 . Ruptura Necessária
02 . Sobreviver

Sites relacionados (em português):

http://www.centurias.com.br/
http://www.myspace.com/centuriasheavymetal/
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=621335/

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 6
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!
Mais matérias de Willba Dissidente.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS